Falcão e o Soldado Invernal: Resenha do episódio 04 – [Com spoilers]

Falcão e o Soldado Invernal: Resenha do episódio 04 – [Com spoilers]
John Walker - Falcão e o Soldado Invernal - Episódio 04

O episódio 04 de Falcão e o Soldado Invernal disponibilizado pela Disney+ nesta sexta-feira (09), trouxe revelações sobre o passado de Bucky Barnes (Sebastian Stan) em Wakanda. E da importância da Dora Milaje, Ayo (Florence Kasumba) e da Shuri para a desativação do código do Soldado Invernal implantado no herói pela H.Y.D.R.A.

Logo nas primeiras cenas, é possível ver Bucky e Ayo falando sobre o fato dele ter libertado Hamut Zemo (Daniel Brühl), o mesmo terrorista que promoveu o atentado que deu fim à vida do Rei T’Chaka. Em um ultimato, a guerreira dá ao Lobo Branco, oito horas para resolver o que tivesse de resolver com Zemo, antes das guerreiras wakandanas irem pega-lo.

Informação que Bucky compartilha com Sam Wilson (Anthony Mackie) e o próprio Zemo, diálogo que é interrompido pela informação de que Karli Morgenthau (Erin Kellyman) explodiu o prédio da CRG (Conselho de Repatriação Global). O que dá a Sam a ideia de procurar informações sobre quando e onde será o velório da mulher responsável por criar a líder dos Apátridas, Donya Madani, em uma ocupação dos refugiados.

Enquanto o Falcão sonda informações pela instalação, Bucky pergunta sobre Donya no andar de baixo. Já Zemo, mostra que ele não é um vilão que “roubaria até doce de criança“, mas nada que o impeça de as coagir para conseguir a informação de onde o velório ocorrerá.

Falcão e o Soldado Invernal

Agora o Barão tem uma informação preciosa e tenta fazer Bucky e Sam continuarem como “reféns dele“. Com poucas opções, o contato com Sheron Carter (Emily VanCamp) pode levantar informações importantes, porém a ex-Agente 13 ainda parece bem suspeita ao falar sobre a ira do Mercador do Poder, mas promete usar seus recursos para ajudar.

Já no lado Apátrida da história, embora no movimento ainda tenha quem continue vendo Karli com uma grande heroína, as consequências de suas ações já começam a causar aparentes dúvidas no grupo, sobre seus métodos.

Enquanto isso Zemo vai guiar a dupla, pela Letônia, até seu “contato” que mostrará o local do velório, onde os heróis acreditam poderem conversar com a líder dos Apátridas, mas não antes de ganharem a companhia do “fake Capitão América”, John Walker (Wyatt Russell) e Lemar Hoskins (Clé Bennett), o Estrela Negra.

Sem muitas opções além de deixar a dupla se unir ao trio, o grupo vai em direção ao “contato”. Uma criança é quem revela Zemo ao local do encontro. Mas Sam pede a todos que deixem ele ir na frente e falar com Karli, em uma tentativa de resolver a situação com o diálogo.

Walker discute com Bucky e os demais sobre permitir que Sam converse com Karli

Ao encontrar com ela, o herói quase consegue convencer a líder dos Apátridas de que está combatendo com bons ideais, mas que seu método está errado e vai de encontro ao que a mesma acredita. Mas nada disso, John Walker não consegue esperar, no seu claro descontrole (o homem está desesperado para provar algum valor), interrompe a conversa tentando prender Karli.

A vilã foge e é perseguida por todos, sendo parada apenas por Zemo que a esperava com uma arma e atira nela. Baleada, ela deixa cair as amostras do Soro, que esperava compartilhar com os outros membros do grupo extremista.

Mas o Barão, que tem no combate aos Super Soldados o seu maior foco, destrói quase todas as amostras, mas uma sobra quando o vilão é derrubado por Walker, que na “mão grande” escode em seu bolso a última amostra. Ao passo que Karli consegue escapar e agora quer um novo embate cara a cara com Sam, para separar Wilson e Barnes de Walker e Lemar. O novo objetivo é acabar com novo Capitão e para marcar o encontro, vale tudo, até mesmo ameaçar a irmã do Falcão.

Enquanto isso, conforme prometido Ayo e outras Dora Milaje chegam para pegar Zemo, o que Walker não pode permitir“. Ledo engano, o soldado toma uma belíssima surra das guerreiras wakandanas (deu nem pro cheiro). Enquanto as guerreiras lutas e Sam e Bucky tentam separar a briga, Zemo vai saindo de fininho e foge no melhor estilo “El Chapo“, como ironiza Sam.

Walker tenta enfrentar as Dora Milaje

Depois da surra, o ego ferido de Walker entrega o que ele vai fazer a seguir. Lemar, “sua voz na consciência“, não sabe sobre John ter uma amostra guardada e sem perceber acaba o encorajando a usar.

Com o encontro marcado com Sam, Karli inicia seu plano. Porém a “dupla de heróis” do CRG continua seguindo os passos dos extremistas, até caírem em uma armadilha. O plano dos Apátridas acaba não dando tão certo quanto o esperado, quando na tentativa de matar Walker (que agora tem o soro do super soldado correndo em suas veias), eles acabam vitimando seu parceiro, Lemar, o que acontece com Karli dando o golpe fatal.

Consumido pela raiva, o “Capitão” persegue um dos Apátridas que está tentando fugir e em seu surto, o mata em praça pública, usando o escudo como arma. Não o bastante, isso ocorre aos olhos de todos e com vários celulares filmando, enquanto ele segura o escudo manchado de sangue.

Nem Sam, nem Bucky, puderam fazer nada, já que quando conseguem alcançá-lo, já era tarde demais, o maior símbolo do Capitão América – Steve Rogers, agora já estava figurativa e literalmente manchado.

O novo Capitão América é um assassino

Esse episódio revelou muitas coisas, mas como de costume acabou por criar várias outras dúvidas, como o futuro de Walker agora que está claro que o novo Capitão é um assassino. Já Karli, será que vai tomar um rumo ainda mais extremista ou a visão do soldado matando seu amigo pode muda sua perspectiva? E Zemo, para onde o vilão fugiu? Vamos finalmente descobrir quem é o Mercador do Poder?

Essas e outras dúvidas o Dinastia N vai busca solucionar seguindo cada pequeno caminho explorado em Falcão e o Soldado Invernal. Continua com a gente, compartilha essa matéria com seus amigos e vamos seguir com mais e mais conteúdo do mundo dos heróis.

Quer receber as principais notícias do Dinastia Nerd no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Hiago Luis

Hiago Luis

Co-fundador e redator do Dinastia Nerd, é um dos responsáveis pela administração do site. Leitor de HQs, gamer, amante de cinema, séries e documentários. Que posso dizer? Mais do que apenas ler sobre histórias, sempre quis escrever as minhas próprias. Jornalista de formação e coração, busco acima de tudo contar histórias e fazer isso aumenta meu Ki, alinha meu chakra, desperta meu sétimo sentido. CDF? Nerd? Geek? Viciado em games? Sim e com muito orgulho! E enquanto existir um leitor que precise ser informado, irei em busca da notícia, pois o Batman é o que Gotham precisar!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.