Facebook é proibido nestes 3 países

Facebook é proibido nestes 3 países

Nos tempos modernos a Internet está presente em quase todos os aspectos de nossas vidas, e parece impossível que existam locais com fortes restrições de acesso à web. Por exemplo, em alguns países o Google não é o principal motor de busca, seja porque é proibido ou porque existem outras alternativas.

Isso também acontece com as principais redes sociais do momento, e o Facebook não pode ser exceção. Isso mesmo, a popular rede social de Marck Zuckerberg é restrita em alguns países e aqui vamos contar quais são eles.

Confira:

Irã

Facebook é proibido nestes 3 países

O Irã é um dos países em que o Facebook tem uma proibição severa, no entanto, alguns de seus líderes políticos usam a plataforma independentemente de seu bloqueio. O governo iraniano proibiu o Facebook em 2009, depois que ativistas o usaram para ganhar apoio para a oposição durante as eleições presidenciais daquele ano.

A restrição durou inicialmente algumas horas, mas foi posteriormente reinstaurada sem explicação e está em vigor desde então. Vários líderes religiosos e políticos iranianos têm seus próprios perfis no Facebook, apesar das proibições. Além disso, de acordo com alguns relatórios, grande parte da população contorna as restrições do governo usando uma VPN.

Coreia do Norte

Facebook é proibido nestes 3 países

A Coreia do Norte é um dos países mais reservados do mundo devido às suas fortes restrições a viagens e comunicações. Desde 2016, o país asiático anunciou oficialmente as restrições no Facebook, bem como no Twitter e no YouTube, logo após um período de vários meses de bloqueio “informal”. A proibição parecia ser destinada a visitantes e residentes estrangeiros, já que os norte-coreanos não tinham acesso às redes sociais devido à proibição geral do uso da Internet.

O objetivo da restrição é dificultar aos visitantes ou à pequena comunidade de residentes estrangeiros a publicação de informações em tempo real sobre a Coreia do Norte. Isso também limita ainda mais a capacidade dos norte-coreanos com acesso à Internet de ver informações sobre seu país publicadas em outros lugares.

China

Facebook é proibido nestes 3 países

A China tem uma longa história de censura e regulamentos rígidos da Internet, então não é de se admirar que o Facebook também tenha restrições. Vários relatórios apontam que a China bloqueou o Facebook em todo o continente após os distúrbios de 2009 que ocorreram em Urumqi, Xinjiang. Aqui, alguns ativistas da independência de Xinjiang aparentemente usavam essa plataforma como parte de sua rede de comunicações.

Na época, a rede social se recusou a revelar a identidade dos manifestantes, já que a empresa argumentou que os ativistas estavam exercendo sua liberdade de expressão por meio da plataforma. Esse bloqueio adicionou o Facebook à lista de empresas de Internet ocidentais anteriormente restritas, incluindo todos os serviços do Google, Twitter e Microsoft.

O Facebook não desistiu de seus esforços para retornar à China, mas com alternativas locais como Weibo, WeChat e Renren, é improvável que consiga fazê-lo. Mas, as pessoas que desejam usar o Facebook ainda podem fazê-lo de alguns lugares na China, incluindo Hong Kong e Macau, ou usando uma VPN.

Quão eficazes são as restrições do Facebook?

A verdade é que, independentemente das restrições em vigor nesses países, os usuários ainda podem acessar o Facebook se quiserem. Na China, os habitantes de áreas autônomas (Hong Kong, Macau, entre outras) têm acesso à plataforma, e para os que vivem na China continental bastará utilizar uma VPN.

A proibição na Coreia do Norte é provavelmente a mais eficaz, mas isso ocorre principalmente porque poucas pessoas têm acesso à Internet. Portanto, é provável que a restrição tivesse sido menos eficaz se o país tivesse livre acesso à web.

E você, conhece algum outro país onde o Facebook é proibido?

Rafael Nicácio

Rafael Nicácio

Co-fundador e redator do Dinastia, é um dos responsáveis pela administração do site. Conta com a experiência de ter atuado nas assessorias de comunicação do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da Universidade Federal do RN. Trabalha com administração e redação em sites desde 2013 e, atualmente, também administra a página oportaln10.com.br.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: