Notícias

Colocou atestado e depois publicou imagens dançando em festa: justa causa!

Funcionária apresentou atestado de 30 dias por trauma no tornozelo e foi flagrada dançando em festa residencial. Decisão foi mantida pelo TRT-RN

A Justiça do Trabalho do Rio Grande do Norte (TRT-RN) manteve a demissão por justa causa de uma recepcionista que publicou imagens no Instagram dançando em uma festa residencial, uma semana depois de apresentar atestado médico de 30 dias por trauma no tornozelo. A trabalhadora era empregada da Clinicor.

A empresa alegou que a postura da funcionária era incompatível com o estado de saúde descrito no atestado médico e apresentou cópias das postagens e vídeos como prova. Em sua defesa, a trabalhadora afirmou que não frequentou ambientes públicos e que a festa era um churrasco com amigos.

No entanto, o desembargador Bento Herculano Duarte Neto, relator do processo no TRT-RN, destacou que os registros audiovisuais apresentam a recepcionista em um “arraial“, uma festa residencial com cerca de quarenta pessoas. Ele ressaltou que os vídeos foram gravados em menos de uma semana após a concessão do atestado médico, de modo que a trabalhadora ainda deveria estar em recuperação.

O desembargador ainda enfatizou que a trabalhadora se ausentou do serviço por um período prolongado devido a uma enfermidade que a impediria de ficar de pé por muito tempo e, no início do afastamento, se apresentou publicamente dançando em uma festa sem qualquer tipo de cuidado ortopédico. Para ele, houve uma quebra da fidúcia necessária para a manutenção do vínculo empregatício.

Diante disso, a 2ª Turma do TRT-RN decidiu, por unanimidade, manter a decisão da 6ª Vara do Trabalho de Natal (RN), que validou a demissão por justa causa nos termos do art. 482, ‘b’, da CLT, que trata da falta grave cometida pelo empregado.

A decisão do TRT-RN reforça a importância da conduta ética e compatível com o estado de saúde do trabalhador, mesmo durante o período de afastamento médico. O empregador tem o direito de fiscalizar e exigir que o empregado cumpra as suas obrigações contratuais, sem prejuízo da sua saúde e segurança. Afinal, a relação de trabalho deve ser pautada pela confiança e lealdade entre as partes envolvidas.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Rafael Nicácio

Estudante de Jornalismo, conta com a experiência de ter atuado nas assessorias de comunicação do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da Universidade Federal (UFRN). Trabalha com administração e redação em sites desde 2013 e, atualmente, também administra a página Dinastia Nerd. E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Enlatados x Frescos: Quem Leva a Melhor? Dicas rápidas para facilitar a limpeza dos indesejáveis pelos de seu pet! Antes de mudar a cor do cabelo, veja como funciona o processo! Brilho e Saúde: Escolhendo o Melhor para Seus Fios Beleza em Movimento: A Ginástica Facial e Seus Benefícios Lactose e Você: Uma Relação Delicada Oito Minutos para um Físico de Ken: Veja o segredinho de Ryan Gosling. Desvendando o Jejum: Menos é Mais! Detox: O Caminho Fresco para o Bem-Estar Regulando Açúcar com Horas Contadas: O Poder do Jejum

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.