Destaques, Política

Rosa Weber autoriza abertura de inquérito para investigar Robinson e Fábio Faria

Após autorização da ministra Rosa Weber, o Supremo Tribunal Federal (STF) abriu inquérito para investigar o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), e o deputado federal Fábio Faria (PSD), com base nas delações dos executivos do Grupo JBS. Ambos os políticos são suspeitos de terem cometidos os crimes de corrupção passiva e

Política

Rosa Weber nega pedido de Lula para manter casos no STF

(ANSA) – A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou nesta terça-feira (22) o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para manter na Corte a investigação sobre o petista na Operação Lava Jato. Os advogados de defesa contestaram a decisão do ministro Gilmar Mendes, que barrou a nomeação de Lula

Brasil

Maioria do STF decide que homofobia é crime equivalente ao de racismo

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram, nesta quinta-feira, dia 23 de maio, a favor da criminalização da homofobia, equivalente ao crime de racismo. Apesar de apenas seis dos onze ministros terem votado, o julgamento foi suspenso e será retomado no dia 5 de junho. Já votaram a favor da criminalização da

Brasil, Destaques

Ministro da Segurança defende punição para quem produz fake news

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse nesta quarta-feira (10) que a produção de fake news sobre o sistema de urna eletrônica é crime de falsidade ideológica e deve ser punido. Jungmann quer se encontrar ainda esta semana com a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Rosa Weber, para tratar do problema de divulgação

Destaques, Política

Bolsonaro será julgado nesta terça-feira (11) por denúncia de racismo

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) retoma na tarde de hoje (11) o julgamento da denúncia de racismo feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência. Ele é acusado de promover manifestações discriminatórias contra quilombolas, índios, refugiados, mulheres e lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBTs). O