Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Destaques

Assembleia do RN vai homenagear Rogério Marinho

No próximo dia 8 de novembro, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte vai promover uma sessão solene em homenagem ao ex-deputado federal e secretário Especial da Previdência e do Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho. O evento, que vai acontecer às 10h30, é uma proposição do deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB), que

Destaques, Política

Rogério Marinho é nomeado secretário especial da Previdência

O governo do presidente Jair Bolsonaro formalizou a nomeação do economista e deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN) no cargo de secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. O deputado federal Marcos Montes também foi confirmado no comando da Secretaria Executiva do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. As nomeações constam de edição

Destaques, RN

MP processa Ezequiel Ferreira e Rogério Marinho por abuso de poder econômico

O Ministério Público Eleitoral (MPE) no Rio Grande do Norte ajuizou uma ação de investigação judicial eleitoral (AIJE) contra Ezequiel Ferreira de Souza (atual presidente da Assembleia Legislativa), Rogério Marinho (deputado federal), Deusdete Gomes de Barros e Nataly da Cunha Felipe de Souza, que são prefeito e secretária de Saúde de Angicos, respectivamente. Segundo o

Destaques, Política

Rogério Marinho vai assumir Secretaria da Previdência no governo Bolsonaro

O deputado federal Rogério Simonetti Marinho (PSDB-RN), 55 anos, assumirá a Secretaria Especial da Previdência Social. A escolha foi feita pelo futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, e confirmada em nota oficial divulgada pela assessoria. Marinho deverá ser um dos principais articuladores entre o governo de Jair Bolsonaro e o Congresso Nacional para avançar na reforma

Destaques, RN

MPF abre investigação contra Rogério Marinho por lavagem de dinheiro

O Ministério Público Federal (MPF) investiga o deputado Rogério Marinho (PSDB–RN) por crimes supostamente praticados na campanha eleitoral para a Prefeitura de Natal em 2012. De acordo com o que foi levantado pela Polícia Federal, há indícios de que o parlamentar teve participação em crimes de falsidade ideológica eleitoral, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.