Mundo

Filho de testemunha de caso Odebrecht é morto na Colômbia

(ANSA) – O filho de Jorge Enrique Pizano, principal testemunha no escândalo de pagamento de propinas realizado pela construtora brasileira Odebrecht na Colômbia, foi envenenado três dias depois da morte de seu pai. O falecimento do arquiteto Alejandro Pizano Ponce de León foi confirmado nesta terça-feira (14) pelo Instituto Médico Legal e pela procuradoria geral

Destaques, Política

E-mails mostram FHC pedindo doações a Marcelo Odebrecht

(ANSA) – Um laudo da Polícia Federal (PF) mostrou uma troca de e-mails entre o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e o executivo Marcelo Odebrecht em que o tucano pede doações em dinheiro para as eleições de 2010. Em uma mensagem, de 13 de setembro daquele ano, FHC passou sua conta bancária a Marcelo Odebrecht

Brasil, Destaques

PGR denuncia Dilma, Lula, Palocci e Gleisi por propina da Odebrecht

A Procuradoria-Geral da República denunciou nesta segunda-feira (30) ao Supremo Tribunal Federal (STF) os ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro Antônio Palocci, além da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e o ex-ministro Paulo Bernardo, marido da parlamentar. Todos são acusados dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, a partir de delações premiadas

Destaques, Política

Romero Jucá vira réu em processo ligado à Odebrecht

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou nesta terça-feira (13), por unanimidade, denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o senador Romero Jucá (MDB-RR) pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, em um desdobramento da Operação Lava Jato. Com isso, o senador passa, pela primeira vez, a figurar como réu no STF,

Destaques, Política

Raquel Dodge pede inclusão de Temer em investigação sobre Odebrecht

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu nesta terça-feira (27) ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, a inclusão do presidente Michel Temer no rol de investigados no inquérito que apura o suposto favorecimento da empreiteira Odebrecht pela antiga gestão da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. Entre 2013 e 2015,