YouTube revela pela primeira vez sua receita com publicidade

YouTube revela pela primeira vez sua receita com publicidade

fevereiro 4, 2020 0 Por Rafael Nicácio

A empresa-mãe do Google, a Alphabet, revelou pela primeira vez a receita de publicidade gerada por sua plataforma de vídeo do YouTube: mais de US $ 15 bilhões somente em 2019, representando um aumento de quase 100% desde 2017.

Em seu relatório de ganhos do quarto trimestre, a Alphabet ofereceu informações outrora desconhecidas sobre o YouTube, pintando o retrato de uma empresa lucrativa que se valorizou apesar de ter sido sujeita a escrutínio nos últimos anos por hospedar vídeos extremistas e sensacionalistas

Durante anos, a Alphabet se recusou a oferecer detalhes sobre quanto dinheiro o YouTube gera em receita com publicidade. É a primeira vez desde que o Google comprou o YouTube em 2006 que a empresa revela o dinheiro com o qual os anúncios nos vídeos da plataforma contribuem para a receita total do gigante das buscas.

Segundo o relatório, o YouTube gerou cerca de US $ 8,1 bilhões em 2017, US $ 11,5 bilhões em 2018 e US $ 15,1 bilhões em 2019, contribuindo assim para aproximadamente 10% da receita total do Google.

O mecanismo de pesquisa e a nuvem

Por sua vez, o braço de computação em nuvem do Google, o Google Cloud, registrou receitas de quase US $ 9 bilhões em 2019, enquanto seu onipresente mecanismo de pesquisa gerou cerca de US $ 98 bilhões.

É apenas uma fração da receita total da gigante da tecnologia, que atingiu quase 161 bilhões de dólares em 2019, representando um aumento de 18% em relação ao mesmo período de 2018.