Portal N10

William Waack é demitido após comentário racista

Comunicado interno informou que a emissora e jornalista afirmam que essa foi a melhor saída

Apresentador do Jornal da Globo, William Waack foi demitido da emissora após a polêmica de um comentário racista feito em novembro. Desde então ele estava afastado e nesta sexta-feira a TV Globo soltou um comunicado da decisão de encerrar as atividades do jornalista.

“Em relação ao vídeo que circulou na internet a partir do dia 8 de novembro de 2017, William Waack reitera que nem ali nem em nenhum outro momento de sua vida teve o objetivo de protagonizar ofensas raciais. Repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças. Pede desculpas a quem se sentiu ofendido, pois todos merecem o seu respeito.

A TV Globo e o jornalista decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham.

A TV Globo reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestações. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV Globo e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração.”

Quem assume o posto de Waack é a jornalista Renata Lo Petre, que já estava substituindo o apresentador.

Relembre o caso

O vídeo foi gravado em 2016, porém divulgado neste ano. As filmagens mostram William Waack se preparando para uma entrevista com Paulo Sotero, diretor do Brazil Institute. Em seguida alguém buzina na rua. Logo o apresentador fala: “Tá buzinando por quê, seu merda do cacete? Não vou nem falar porque eu sei quem é. É preto. É coisa de preto. Sim, com certeza.”

Leave A Reply

Your email address will not be published.