DestaquesEmpregos e EstágiosMundo

Visto EB-3 gera oportunidades de trabalho para quem deseja imigrar para os EUA

Advogado Daniel Toledo conta que o visto é uma porta de entrada para aqueles que não possuem qualificação profissional ou inglês fluente

Imigrar é um sonho para muitas pessoas, seja no Brasil ou fora dele. A chance de boas oportunidades em outros países é um dos maiores motivadores para esses indivíduos e existem muitas possibilidades para alcançar esse objetivo. No entanto, se o desejo é ir para os Estados Unidos, é importante estudar as modalidades de visto viáveis.

O advogado e especialista em Direito Internacional, Daniel Toledo, da Toledo Advogados Associados e da LeeToledo Law PLLC, explica que atualmente existem muitas oportunidades para residir no país de forma legal e com mais segurança. Um dos vistos recomendados é o EB-3, modalidade que existe para viabilizar a residência e trabalho sem qualificação específica.

Toledo explica que esse visto foi criado para atender uma demanda de trabalhos que americanos não têm interesse em realizar que geram muitas vagas que não são preenchidas. “Para que as empresas não fechem por falta de mão de obra e também para aquecer essas áreas, o governo americano criou o visto EB-3, assim, essas pessoas podem ser contratadas morando ainda em outros países e trazidas para o país legalmente com a autorização de trabalho”, relata.

A categoria se tornou popular também pela facilidade de processamento. Não se trata de um processo rápido, mas sim menos criterioso e com menor quantidade de documentos e evidências. Para solicitar o EB-3 é importante não ter nenhum tipo de passagem criminal, não é necessário ter nível superior de ensino, experiência profissional, inglês fluente e nem comprovação de investimentos no país.

Vale esclarecer que esse é um visto de trabalho baseado em uma oferta de emprego que concede o Green Card para o aplicante e sua família, sendo cônjuge e filhos solteiros menores de 21 anos. “Sempre ressaltamos sobre a autorização para família viver nos Estados Unidos, porque muitos possuem dúvidas sobre quais são os requisitos e se é possível conseguir para os filhos maiores de 21 anos, o que não é permitido. Nesses casos, é importante que o próprio busque por outra modalidade de visto”, finaliza Toledo.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo