Copa América 2019, Destaques

Vice da CBF aposta que Neymar pedirá dispensa da seleção

Vice da CBF aposta que Neymar pedirá dispensa da seleção (foto: ANSA)

(ANSA) – O vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Francisco Noveletto, apostou nesta terça-feira (4) que o atacante Neymar, do Paris Saint-Germain (PSG), pedirá dispensa da seleção por conta da denúncia que teria estuprado uma mulher na França. O dirigente ainda mencionou a existência de um novo vídeo sobre o caso.

Se deixar a seleção brasileira, o jogador de 27 anos ficará de fora da Copa América, que será disputada no Brasil, entre os dias 14 de junho e 7 de julho.

“Veja, se eu tivesse que apostar, se eu tenho 10 fichas e me perguntassem no que eu apostaria? Aposto que ele não virá e que ele pedirá licença. Ele não tem condições psicológicas para enfrentar uma Copa América e um batalhão de jornalistas”, disse Noveletto, em entrevista ao “SBT”.

O dirigente ainda citou que possui um amigo do Rio de Janeiro que possui um vídeo sobre o caso para ser “jogado na rua”.

Por fim, Noveletto afirmou que a ausência do camisa 10 da seleção brasileira seria melhor para a CBF e ao elenco que disputará a Copa América. “Ele não vai render. Já deixou a desejar na Copa do Mundo. Imagina essa carga emocional? Acaba ganhando todo mundo se ele não vier jogar”, afirmou.

Já o presidente da CBF, Rogério Caboclo, informou nesta quarta-feira (5) que os comentários de Noveletto foram “de acordo com a consciência” e “não falou” pela entidade máxima do futebol brasileiro. Caboclo também garantiu que o astro brasileiro disputará a Copa América.

Já sobre o possível novo vídeo do caso, o dirigente afirmou que não há “nenhuma preocupação”.

O Caso

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias em seu e-mail. O artigo continua após o formulário!

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

O suposto estupro teria ocorrido em 15 de maio, em um hotel de Paris. A mulher, que conhecera o craque pelas redes sociais e viajara à França para encontrá-lo, diz que ele estava “embriagado” e “agressivo”.

Neymar, por sua vez, expôs nas redes sociais uma conversa de WhatsApp com a jovem – que gerou um novo inquérito, no Rio de Janeiro, por vazamento de fotos íntimas – para tentar provar que a relação teria sido consensual. Além disso, a assessoria de imprensa do craque relatou uma suposta tentativa de “extorsão” por parte da mulher.

A polícia de São Paulo, por sua vez, quer ouvir novamente a jovem que está acusando Neymar, com objetivo de esclarecer algumas informações que ficaram em aberto.

Alguns dias depois do encontro com Neymar, a mulher procurou um especialista em aparelho digestivo e o laudo médico apresentou um distúrbio estomacal, bem como transtorno ansioso e depressivo. O resultado também apontou hematomas e arranhaduras nas pernas e glúteos da jovem.

Ela também relatou aos advogados que o caso que teve com Neymar foi consensual, mas que durante o ato, o jogador ficou violento e a atacou.

Apesar da denúncia, Neymar está confirmado como titular no amistoso desta quarta-feira (5) diante do Catar, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.