Viajar de avião estando resfriado pode ser perigoso

agosto 2, 2017 0 Por Romário Nicácio
Viajar de avião estando resfriado pode ser perigoso

Durante o inverno surgem muitas dúvidas sobre as doenças mais comuns dessa época, como gripes, resfriados e inflamações na garganta. Mas, o que fazer se uma delas chegar antes de uma viagem de avião? Durante um voo, muitas pessoas sentem um mal-estar principalmente nos ouvidos, mas quando o passageiro está gripado ou resfriado, há uma chance dessa sensação causar um desconforto ainda maior.

Para entender o que acontece com o nosso ouvido durante o pouso e a decolagem é preciso compreender como funciona a equalização da pressão. Segundo, Heloísa Santos, otorrinolaringologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, o ouvido tem uma ligação com o nariz através da tuba auditiva, que é formada por músculos envolvidos na mastigação e deglutição, ou seja, quando mastigamos ou engolimos, também abrimos e fechamos a ligação para o ouvido.

“Durante o pouso em um avião, a pressão atmosférica vai aumentando e a do ouvido acaba ficando menor, gerando aquele desconforto do ouvido tampado. Uma das melhores formas de melhorar essa sensação é mastigar, pois assim a tuba auditiva irá abrir e fechar, equalizando a pressão de dentro do ouvido com a atmosférica”. Mas a médica alerta que, se estivermos com alguma gripe ou inflamação, isso pode piorar. “Se existe algum tipo de secreção ou obstrução na tuba auditiva, ouvido ou nariz, como nos resfriados, esse sistema fica prejudicado, podendo causar dor, vertigem, zumbido, perda auditiva temporária ou até mesmo a ruptura do tímpano, gerando sequelas permanentes.”

Além das alterações de pressão, a umidade e o oxigênio dentro do avião também contribuem para a piora de diversas doenças. O ideal é sempre consultar o médico otorrinolaringologista para avaliar se é possível viajar de avião ou não.