Ciência

Exercícios podem estragar os dentes, alertam pesquisadores

Um novo estudo afirma que o exercício pode prejudicar o seu sorriso. Pesquisadores alemães descobriram que quanto mais um atleta treina, mais danos são causados em seus dentes. De acordo com a pesquisa, quanto mais um atleta se exercita, menos saliva é produzida, tornando-a alcalina. A saliva alcalina trabalha para estimular o crescimento de bactérias da placa, explicou a equipe de pesquisa.

O estudo vem logo após a publicação de uma outra pesquisa que mostrou os benefícios do exercício. No ano passado, os pesquisadores descobriram que os exercícios teve alguns efeitos positivos na saúde mental. Adolescentes que se exercitaram durante 17,5 horas por semana eram são mais propensos a ter baixa auto-estima, ansiedade e estresse do que aqueles que se exercitaram por 3,5 horas ou menos, disseram.

Para cada hora extra de treinamento a cada semana, o risco de ter placas ou dentes cariados aumenta

Para cada hora extra de treinamento a cada semana, o risco de ter placas ou dentes cariados aumenta

No novo estudo, uma equipe de dentistas no Hospital Universitário de Heidelberg na Alemanha, examinou os dentes de 35 triatletas e 35 não-atletas. Enquanto outros dentistas têm sugerido que os atletas têm dentes ruins porque bebem bebidas esportivas mais açucaradas, este estudo descobriu que não havia ligação entre bebidas esportivas e erosão dentária, afirma o The Times. Saliva alcalina promove o crescimento de bactérias da placa, que causam a cárie dentária, explicaram os dentistas.

Eles sugeriram que a corrida pode diminuir a proteína de proteção de esmalte presente na saliva, o que significa ainda que beber água pode levar ao desgaste do dente. Para cada hora extra de treinamento a cada semana havia um risco aumentado de ter placas ou dentes cariados. No entanto Dr Cornelia Frese, um dentista sênior do Hospital da Universidade de Heidelberg, que liderou o estudo, disse: “A ligação entre as horas de formação [e decadência] não era forte o suficiente para a causação.”.

Ela acrescentou que os atletas deveriam cuidar melhor de seus dentes: “Além disso, há a necessidade de regimes de higiene oral ajustados ao exercício e modificações nutricionais no campo da odontologia desportiva.”

As informações são do Daily Mail.

Read More...

Ciência

Vinho tinto pode prejudicar o feto, diz estudo

A gravidez é um momento especial e único, especialmente para as mulheres, entretanto, é preciso tomar alguns cuidados. Um estudo realizado pela Divisão de Diabetes, Obesidade e Metabolismo e pela Divisão Reprodutiva e Desenvolvimento da Universidade Health and Science, nos Estados Unidos, sugere que as mulheres devem evitar o vinho tinto durante a gravidez. As informações são do Daily Mail.

Estudo revela  que substância encontrada no vinho tinto prejudica a gestação.

Estudo revela que substância encontrada no vinho tinto prejudica a gestação.

De acordo com os pesquisadores, um ingrediente no vinho que normalmente é visto como saudável pode prejudicar o pâncreas da criança em gestação. O resveratrol é tido como protetor contra doenças cardíacas, Alzheimer e uma série de outras doenças. O pesquisador-chefe do estudo Dr. Kevin Gove disse ao Daily Mail: “Este estudo tem relevância direta para a saúde humana. Resveratrol é amplamente utilizado para seus benefícios de saúde reconhecidos, e está prontamente disponível para venda. A mensagem importante neste estudo é que as mulheres devem ter muito cuidado com o que eles consomem, enquanto grávida, e elas não devem tomar suplementos, como o resveratrol, sem consultar seus médicos.”. O Dr. Kevin completou: “O que é bom para a mãe pode não ser bom para o bebê.”

Testes em macacos

Como parte do estudo, o Dr. Grove e seus colegas deram suplementos de resveratrol todos os dias durante a gravidez para macacos obesos que comem uma dieta ocidental. Um segundo grupo de macacos obesos não recebeu o suplemento, e ambos foram comparados com macacos magros alimentados com uma dieta saudável. Os animais foram acompanhados de perto por complicações de saúde, e do fluxo sanguíneo através da placenta foi determinada por ultra-som.

Os fetos foram analisados ​​por anormalidades do desenvolvimento, e os resultados mostraram evidência definitiva de anormalidades pancreáticas. O estudo foi publicado na revista Federação das Sociedades Americanas para Biologia Experimental. Dr. Gerald Weissmann, editor-chefe da revista, disse: “Nós sabemos há muito tempo que o resveratrol é farmacologicamente ativo, e estamos agora realmente começando a entender os prós e contras de consumir altas concentrações deste substância. Quando começamos a estabelecer um perfil de segurança de resveratrol e outros suplementos dietéticos, os resultados como este deve vir sem nenhuma surpresa.”

Read More...

Mundo

Refém do ‘Estado Islâmico’ implora por sua vida em mensagem à família

Detalhes da mensagem não foram divulgados, mas Barbara, a mulher de Henning, respondeu ao material com uma mensagem pedindo a libertação dele ao autodenominado Estado Islâmico (EI). “Eu e as pessoas que me representam continuamos a estender a mão para aqueles que estão com Alan”, disse a esposa, em um comunicado divulgado pelo Ministério do Exterior britânico.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

“O Estado Islâmico continua ignorando nossos pedidos para iniciar um diálogo. Eu vi muçulmanos em todo o mundo questionando o Estado Islâmico sobre o destino de Alan. As pessoas estão falando em alto e bom som”, disse.
Henning, um motorista de táxi de Eccles, em Salford, na Inglaterra, foi capturado quando prestava ajuda humanitária na Síria em dezembro.
“Me disseram que ele foi a um tribunal da sharia [lei islâmica], que foi declarado inocente de ser um espião e que foi considerado uma não-ameaça. Eu imploro ao Estado Islâmico que acate as decisões de seu próprio sistema de justiça. Por favor, libertem Alan.”

Reféns
A declaração foi a segunda divulgada pela família Henning nos últimos dias. No fim de semana, a mulher do taxista disse que havia enviado mensagens para o Estado Islâmico, mas não havia recebido resposta. Na semana passada, líderes muçulmanos britânicos pediram a libertação imediata de Henning em uma carta no jornal The Independent.
Ele está sob ameaça de morte desde a divulgação, no dia 13 de setembro, de um vídeo que mostrava a morte de outro britânico, David Haines. A decapitação de Haines sucedeu a de dois reféns norte-americanos, os jornalistas James Foley e Steven Sotloff, que também foram expostos em vídeos.

Fonte: BBC Brasil

Read More...

Ciência

Aparelhos móveis podem causar câncer? saiba agora:

Os telefones celulares podem causar sérios problemas de saúde, de acordo com Dr. Devra Devis, reconhecido mundialmente por seu trabalho no campo da saúde ambiental e prevenção de doenças.
Na entrevista que Devra Davis concedeu ao canal CBS News, ele chamou a atenção para o fato de que os produtos da Apple, na seção de configurações gerais, foi objeto de uma advertência sobre as microondas emitidas pelos telefones celulares.
O especialista também observou que o iPad e outros dispositivos portáteis foram testados a 20 centímetros do corpo de um adulto do sexo masculino e obtiveram um alto índice de radiação por microondas, o que significa que estes dispositivos não são de uso apropriado para crianças por longos períodos de tempo.

Foto: REUTERS, Adrees Latif

Foto: REUTERS, Adrees Latif

“Se você levar o seu telefone no bolso por um curto período de tempo, não será um problema, desde que ele esteja no modo avião”, disse Davis.
Segundo o pesquisador, em estudo publicado no site EnvironmentalHealthTrust.org, a situação de homens que carregam o celular no bolso da frente da calça é preocupante, já que as ondas emitidas afetam a produção de espermatozoides. Da mesma forma, o especialista citou a história de Tiffany Frantz, que colocou o telefone em seu sutiã durante anos e sofreu uma forma rara de câncer de mama, que apareceu logo abaixo do local onde ela costumava levar o telefone.

Read More...

Mundo

Após fracassar no futebol, filho de brasileira se uniu ao Estado Islâmico (EI)

Católico praticante e ex-jogador de futebol, ele nasceu e foi criado no país, que tem uma das melhores qualidades de vida do planeta, mas, paradoxalmente, é um celeiro de extremistas do Estado Islâmico (EI) – estima-se que mais 300 belgas lutem em nome da jihad no Iraque e na Síria.
Em entrevista exclusiva ao “Fantástico”, da TV Globo, Rosana Rodrigues, mãe de Brian, contou que busca respostas sobre o que levou o filho a se tornar um radical de um dos grupos mais perigosos da atualidade. E revelou que teme que ele se torne um homem-bomba: “Que meu filho não chegue ao ponto de decepar a cabeça de alguém. E no fundo do meu coração eu sinto que ele jamais faria isso. Jamais seria capaz de perdoá-lo se ele fizesse uma coisa dessas. Tenho medo de eles colocarem ele para se explodir”.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A transformação de Brian começou com uma decepção: o jovem queria ser jogador de futebol profissional, mas aos 17 anos foi dispensado do time onde treinava. Entrou em depressão. Foi nesse momento que os extremistas se aproximaram. Ele começou a frequentar uma mesquita no bairro, onde, segundo a imprensa belga, encontrou extremistas de vários países: Afeganistão, Paquistão, Bangladesh. Em menos de dois anos, tornou-se um deles. Em janeiro de 2013, sumiu.
A última notícia que Rosana teve do filho foi que ele estava em Aleppo, na Síria. Ela conta que está disposta a uma ação desesperada para reencontrá-lo: “Eu vou para a Síria. A polícia federal falou que eles vão me matar, me estuprar, vão tirar a minha cabeça. Depois que eu encontrar meu filho, eles podem fazer isso”.

Preocupação na Europa
Um dos grandes medos na Europa é que os jovens extremistas voltem para praticar atos terroristas nos países onde nasceram. E é exatamente isso que os belgas temem que Brian faça. Num vídeo atribuído a ele, o EI ameaça explodir o Atomium, um dos pontos turísticos mais visitados de Bruxelas. Rosana, no entanto, nega que a voz no vídeo – ele não aparece – seja do filho.

Read More...