Ciência

Google lançará em 2015 Chrome e YouTube adaptados para a “criançada”

O Google está projetando versões especiais para seus usuários com faixa etária de 12 anos. A noticia foi confirmada pela vice-presidente de engenharia da empresa, Pavni Diwanji. Ainda não se sabe ao certo quais os serviços estariam disponíveis nas versões inovadoras e nem exatamente quais serão as mudanças. O navegador e o site de vídeos, contudo, são grandes alvos de mudanças e adaptações por atingirem vários públicos e idades.

Em uma reportagem feita ao jornal USA Today, Diwanji esclareceu que muitos trabalhadores do Google começaram a terem seus filhos, o que consequentemente aumentou e influiu na consciência da empresa sobre esse assunto. “Nós sabemos que esta medida pode ser controversa, mas a realidade é que as crianças já tem acesso a tecnologia – em casa ou na escola – e a melhor intenção é garantir que elas sejam usadas da melhor forma possível”, explica.
Algumas das mudanças mais esperadas são os filtros de censura e controles de privacidade diferentes, que ampliem o controle dos pais sobre como as crianças usam a Internet e resultados de busca adaptados ao universo infantil, dando preferência a desenhos animados ou videogames livres para crianças.

Para Diwanji, este é considerado um dos grandes desafios da empresa. “Nós almejamos criar uma base sólida e ter certeza que toda a experiência do Google seja otimista para a criançada ”, conclui. A Google possui um histórico de projetos para o público infantil, como por exemplo feiras de ciências e projetos de criação de Doodles. Os novos projetos devem começar a ser criados em 2015, mas ainda não se sabe o dia do lançamento da novidade.

Read More...

Mundo

Começa a remoção de acampamentos e barricadas em Hong Kong

Agora sim, de forma definitiva, tudo aquilo que envolvia os protestos pró – democracia em Hong  Kong está tendo o seu final, as ações policiais preponderam e consequentemente vão encerrando essa fase meio turbulenta daquele país.

Foi dado início a remoção daquele que era o principal acampamento dos manifestantes em Hong Kong nesta quinta – feira (11). Com autorização das autoridades, dúzias de trabalhadores começaram a desmanchar barricadas que foram montadas pelo manifestantes em um dos extremos do principal acampamento do movimento pró – democracia, situado próximo a sede do governo. Enquanto isso os manifestantes que durante dois meses protestaram pela instauração do voto universal na eleição de 2017, aguardavam um confronto com policiais, que não veio a acontecer de fato.

A ordem de remoção de barricadas e acampamentos partiu da Alta Corte de Hong Kong.

Read More...

Mundo

O ano de 2014 tem a possibilidade de ser o ano mais “calorento” dos últimos tempos, diz pesquisa da OMM

O ano de 2014 está quase no seu fim e poderá ser considerado como o ano mais quente já registrado até hoje. A informação vem da Organização Meteorológica Mundial (OMM), que mostrou seus primeiros estudos na Conferência Climática das Nações Unidas, localizado em Lima, no Peru.

No passar da “COP 20”, a agência da ONU mostrou também um antecipado relatório nomeado de “Status Global do Clima 2014”, onde esclarece que de janeiro a outubro de 2014, a temperatura média global, inclusive os oceanos, foi de 14,57 graus centígrados, ou seja, 0,57 graus acima da media registrada entre os anos de 1961 a 1990, tempo esse usado com referência pela Organização Meteorológica Mundial.

O maior índice era de 0,55 grau centígrado acima da média e o mesmo tinha sido mencionado em 2005 e 2010. De acordo com a OMM, se a temperatura do mês de novembro, com o mês de dezembro, continuarem a seguir esse índice, o ano de 2014 com toda a certeza será considerado o ano mais quente desde 1850, quando se deu início a essas pesquisas.

Ainda estando relacionado, a primeira pesquisa mostrada na COP 20, a OMM também diz que a informação oficial acontecerá somente no primeiro trimestre do próximo ano, mas ela mesmo já tem em mente que já é possível identificar que dos últimos 15 anos mais quentes da história pesquisados por especialistas, 14 deles foram constantes no século 21.

Em nota, o secretário-executivo da Organização Meteorológica Mundial, Michel Jarraud, disse que: “O que estamos vendo nesse ano é consistente com o que esperamos de um clima em mudança; as emissões altíssimas de gases-estufa, juntamente às concentrações de gases na atmosfera estão levando o planeta para um futuro perigoso e incerto”.

Vale destacar que a pesquisa da OMM é baseada a partir de dados resgatados pela Agência Americana Oceânica e Atmosférica, conhecida também como NOAA, incluem-se também outras duas agências que contribuem com algumas informações obtidas, bem como a Agência Espacial Americana (NASA) e a Universidade de East Anglia, do Reino Unido.

Read More...

Mundo

Casal é preso após forçar filha a ingerir refrigerante, causando sua morte

Os pais de uma criança norte-americana não foram felizes na hora de escolher o castigo da sua filha e acabaram causando um grande estrago. Nos EUA, um casal foi condenado a 35 anos de prisão por ter causado a morte de sua filha de 5 anos de idade após forçá-la a ingerir uma grande quantidade de refrigerante e água como forma de castigo. Randall Vaughn, 42, e sua esposa Mary, 59, madrasta da menina, foram autuados por serem culpados em segundo grau do assassinato e por negligência infantil, conforme notificação em uma sentença judicial no estado de Tennessee (EUA), segundo informa o New York Post.

O fato ocorreu 2012 e eles foram condenados este ano. O casal forçou sua menina de 5 anos de idade a beber cerca de dois litros de refrigerante e água para mais de duas horas, porque a criança tinha bebido outro refresco que pertencia ao casal. O consumo de grandes quantidades do liquido causou uma inflamação no cérebro da criança, que morreu dois dias depois de ser internada no hospital.

Read More...

Ciência

Divisão do Mar Vermelho pode ter uma explicação científica, revela estudo

De acordo com uma publicação do jornal The Washington Post, um dos eventos mais épicos da Bíblica, a divisão do Mar Vermelho por Moisés, pode ter acontecido por causa das leis da física e teria uma explicação completamente científica. Apesar da maioria dos cristão aceitarem o episódio como um milagre divino, Carl Drews, engenheiro do Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica dos EUA (NCAR, sigla em Inglês), acredita que poderia haver outra explicação para a salvação dos protagonistas do Êxodo.

Drews, tido como “um dos muitos cristãos que aceitam a teoria científica da evolução”, relata que a história da divisão do Mar Vermelho descrito no livro do Êxodo poderia ter sido produzido na vida real como um fenômeno meteorológico . “Eu estou argumentando que o evento histórico que aconteceu em 1250 a.C. e as memórias dele foram registrados no livro Êxodo”, disse Drews, em um artigo publicado no jornal.

Simulações com tecnologia digital revelou que um forte vento do leste poderia ter causado o retrocesso da água de duas bacias antigas mescladas em uma curva ao longo do Mediterrâneo, para criar uma ponte de terra de cerca de dois quilômetros de comprimento abrindo largamente para o povo de Moisés. “As simulações combinam bem com o que está descrito em Êxodo”, disse Drews, em um estudo publicado na revista PLoS ONE .

 

Read More...