UFRN lança ‘Auxílio Inclusão Digital’ para estudantes inscritos no CadÚnico

UFRN lança ‘Auxílio Inclusão Digital’ para estudantes inscritos no CadÚnico

UFRN lança ‘Auxílio Inclusão Digital’ para estudantes inscritos no CadÚnico

Rafael Nicácio junho 3, 2020 Destaques

Os estudantes da UFRN que estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica e fazem parte, como prioritários, do Cadastro Único, podem solicitar o Auxílio de Inclusão Digital. O benefício foi aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da Universidade, com objetivo de “subsidiar a contratação de pacote de dados de internet para acompanhamento de atividades acadêmicas em formato remoto durante o Período Letivo Suplementar Excepcional 2020.3”.

Até a próxima sexta-feira, 5 de junho, a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proae) lançará edital simplificado para selecionar os beneficiários desse auxílio.

Para solicitar o auxílio, os alunos precisam estar matriculados em disciplinas ofertadas no Período Letivo Suplementar, que também foi aprovado na reunião do Consepe. Os alunos contemplados irão receber um auxílio de R$ 150,00, concedido em uma única parcela.

De acordo com o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Edmilson Lopes Júnior, a medida visa garantir que os estudantes possam acompanhar as atividades remotas oferecidas durante o período suplementar. “A proposta inicial era de R$ 100,00, mas o Consepe acatou uma demanda dos estudantes, formulada pela representação estudantil presente no colegiado, de que o auxílio levasse em conta a média mensal de um bom pacote de acesso de dados, pois as atividades de ensino necessitam de um suporte maior de dados”, explicou.

Para receber o Auxílio de Inclusão Digital, o aluno deve autodeclarar que não tem acesso à internet para o acompanhamento das atividades; não pode ultrapassar o limite de R$ 900,00 nas somas dos benefícios recebidos (de acordo com o Ofício Circular n 16/2009 CGRE/DIPPES/SESU-MEC); e não pode ser morador de residência universitária com autorização de permanência durante o período da quarentena.

Atualmente, segundo Edmilson Lopes Júnior, 9.533 estudantes são identificados como prioritários (a partir dos seus dados socioeconômicos) pelo Cadastro Único da Instituição. A Proae vai enviar mensagens eletrônicas aos estudantes indicando os procedimentos necessários para acessar o auxílio.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial.

Outros artigos