UFRN lança ‘Auxílio Inclusão Digital’ para estudantes inscritos no CadÚnico
Foto: Amazonas Atual

UFRN lança ‘Auxílio Inclusão Digital’ para estudantes inscritos no CadÚnico

junho 3, 2020 0 Por Rafael Nicácio

Os estudantes da UFRN que estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica e fazem parte, como prioritários, do Cadastro Único, podem solicitar o Auxílio de Inclusão Digital. O benefício foi aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da Universidade, com objetivo de “subsidiar a contratação de pacote de dados de internet para acompanhamento de atividades acadêmicas em formato remoto durante o Período Letivo Suplementar Excepcional 2020.3”.

Até a próxima sexta-feira, 5 de junho, a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proae) lançará edital simplificado para selecionar os beneficiários desse auxílio.

Para solicitar o auxílio, os alunos precisam estar matriculados em disciplinas ofertadas no Período Letivo Suplementar, que também foi aprovado na reunião do Consepe. Os alunos contemplados irão receber um auxílio de R$ 150,00, concedido em uma única parcela.

De acordo com o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Edmilson Lopes Júnior, a medida visa garantir que os estudantes possam acompanhar as atividades remotas oferecidas durante o período suplementar. “A proposta inicial era de R$ 100,00, mas o Consepe acatou uma demanda dos estudantes, formulada pela representação estudantil presente no colegiado, de que o auxílio levasse em conta a média mensal de um bom pacote de acesso de dados, pois as atividades de ensino necessitam de um suporte maior de dados”, explicou.

Para receber o Auxílio de Inclusão Digital, o aluno deve autodeclarar que não tem acesso à internet para o acompanhamento das atividades; não pode ultrapassar o limite de R$ 900,00 nas somas dos benefícios recebidos (de acordo com o Ofício Circular n 16/2009 CGRE/DIPPES/SESU-MEC); e não pode ser morador de residência universitária com autorização de permanência durante o período da quarentena.

Atualmente, segundo Edmilson Lopes Júnior, 9.533 estudantes são identificados como prioritários (a partir dos seus dados socioeconômicos) pelo Cadastro Único da Instituição. A Proae vai enviar mensagens eletrônicas aos estudantes indicando os procedimentos necessários para acessar o auxílio.