TRT leiloa imóveis comerciais e residenciais em Natal e no interior

TRT leiloa imóveis comerciais e residenciais em Natal e no interior

novembro 20, 2020 0 Por Rafael Nicácio

A prática dos leilões virtuais foi mais uma das inovações introduzidas pelo Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) durante a pandemia do novo coronavírus que veio para ficar, em razão dos resultados positivos alcançados em suas três primeiras edições.

O quarto leilão virtual, o último de 2020, que está marcado para o dia 2 de dezembro, a partir das 10h, terá 30 lotes de bens penhorados pelas Varas do Trabalho de Natal e do interior do Estado, a exemplo e hospitais, um motel e um restaurante, além de outros imóveis.

O leilão será realizado pela Lance Certo Leilões (lancecertoleiloes.com.br), sob a presidência da juíza Jólia Lucena da Rocha Melo. As inscrições para participação podem ser feitas pelo site da empresa.

A maior parte dos bens que serão leiloados são imóveis, com destaque, em Natal, para as instalações do 9, em Mãe Luíza, com seus 45 apartamentos, que estão sendo leiloadas por R$ 1,7 milhão (1º leilão) e, caso não haja comprador, por R$ 850 mil (2º leilão).

Outro destaque da capital é uma casa próxima ao campus da UFRN, com três pavimentos, garagem coberta para três carros, piscina com jardim e churrasqueira, suítes (uma delas com banheira), várias salas de estar e cisterna de 10 mil litros, avaliada em R$ 1,7 milhão (1º Leilão) e R$ 875 mil (2º Leilão).

Há, também, um apartamento de 108 metros quadrados no Condomínio Parque das Rosas, na Avenida Ayrton Senna, em Capim Macio, alienado ao Banco do Nordeste e avaliado em R$ 200 mil (1º leilão) e R$ 100 mil (2º leilão).

Um lote no condomínio Palm Springs, na praia de Muriú, também será leiloado por R$ 95 mil (1º leilão) ou R$ 47.500 (2º leilão) e um restaurante na praia da Redinha, com área total de 274 metros quadrados, avaliado em R$ 274 mil (1º leilão) e R$ 137 mil (2º leilão).

Em Mossoró, serão leiloados vários imóveis, entre eles um prédio comercial no bairro Bom Jardim, igualmente alienado ao Banco do Nordeste, com área de construção de 456 metros quadrados, avaliado em R$ 396.584 e R$ 198.292, no 1º e 2º leilão, respectivamente.

Em Caicó, o prédio do Hospital Milton Marinho, no bairro Recreio, com área de cinco hectares, será leiloado pelo valor de R$ 4,5 milhões (1º leilão) e 50% desse valor no 2º leilão.

O TRT-RN também vai leiloar os prédios das Associações de Proteção e Assistência à Maternidade e à Infância (APAMI) de Apodi e de Governador Dix-Sept Rosado.

O imóvel da APAMI de Apodi, avaliado em R$ 1,7 milhão (1º leilão), poderá ser vendido por até R$ 850 mil (2º leilão). São 2.200 metros quadrados e toda a estrutura de uma maternidade.

Já o prédio da APAMI de Governador Dix-Sept Rosado mede 2.688 metros quadrados e está avaliado em R$ 332.732 (1º leilão) e, em segundo leilão, em R$ 166.366.

Os equipamentos de uma outra APAMI, também na Região Oeste, em São Miguel, serão igualmente leiloados, por R$ 74 mil (1º leilão) e 50% a menos no segundo leilão.

O destaque entre os bens penhorados pela Vara do Trabalho de Macau é uma área às margens da Rodovia 221 (Km 01), bairro da Cohab, medindo 4.734 metros quadrados, avaliado em R$ 250 mil (1º leilão), podendo ser arrematado por até R$ 125 mil (2º leilão).

Outro imóvel que vai a leilão é um terreno de 34,89 hectares na zona rural de Jandaíra, na região do Mato Grande, com três poços novos de 300 metros de profundidade, tanques para produção de camarão com estrutura de despesca, avaliado em R$ 1 milhão (1º leilão), que poderá ser arrematado por até R$ 500 mil (2º leilão).

Para maiores informações sobre os 30 lotes de bens que serão leiloados, é só acessar o site lancecertoleiloes.com.br/leilao/021220TRT1.