Três filmes do RN no 30º Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo

agosto 20, 2019 0 Por Rafael Nicácio
Três filmes do RN no 30º Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo

Três produções do Rio Grande do Norte participam do 30° Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo: Codinome Breno, Em Reforma e Filho de Peixe. O evento, que acontece entre 22 de agosto e 1º de setembro de 2019, acompanha a evolução tecnológica da película à realidade virtual.

Na Mostra Brasil, o representante do estado é Codinome Breno (Manoel Batista), que conta a história de Manoel e sua busca por reconstruir o mosaico das memórias. O público pode assisti-lo nos dias 23 de agosto, às 21h30, no CineSesc; no dia 24, às 17h, na Cinemateca Brasileira – sala BNDES; e no dia 28, às 15h, no Centro Cultural São Paulo.

Compondo a inédita Mostra Competitiva, que premia produções nacionais, o curta Em Reforma (Diana Coelho) apresenta Bianca, uma professora da rede pública que está contando os minutos para se aposentar e resolve reformar a casa para receber sua filha por um tempo. Ele tem sessões nos dias 24 de agosto, às 21h, na Cinemateca Brasileira – sala BNDES; 26, às 19h30, no CineSesc; e 30, às 19h, no Centro Cultural São Paulo.

Já Filho de Peixe (Igor Ribeiro) está na programação das Oficinas de Realização Audiovisual. Ao longo da história, o público descobre que o filho de um peixe pode ser o que quiser. O filme será exibido nos dias 22 de agosto, às 15h, no Cine Olido; 26, às 17h, no Cine Olido; e 29, às 19h, no Centro Cultural São Paulo.

Celebrando 30 anos ininterruptos de realização, o Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo, dirigido por Zita Carvalhosa e organizado pela Associação Cultural Kinoforum, apresenta gratuitamente 324 filmes de 53 países, em diferentes salas de cinema da capital paulista.