Treinadores mais bem pagos do mundo na temporada 2019/20

maio 5, 2020 0 Por Rafael Nicácio
Treinadores mais bem pagos do mundo na temporada 2019/20

Segundo a France Football, treinador mais bem pago recebe mais de 40 milhões de euros na temporada

O ano de 2019 foi marcante para o futebol brasileiro, especialmente para o Flamengo, que dominou não apenas o futebol no país, com o título do Brasileirão, mas como no continente, com a conquista da Copa Libertadores da América. Muito desse sucesso é responsabilidade de um estrangeiro, o treinador português Jorge Jesus, que assumiu a equipe já no decorrer do campeonato nacional e conseguiu implementar um padrão de jogo imponente.

Evidentemente que, o Clube de Regatas Flamengo quer contar com o português no cargo por um período maior, ainda mais com a paralisação do futebol em 2020. Assim, Flamengo e Jorge Jesus negociam uma extensão contratual, e uma notícia dada pela mídia portuguesa divulgou que o treinador teria pedido cerca de 7 milhões de euros por temporada, além de outras bonificações. No entanto, esse valor não faria com que ele entrasse nem no Top 20 dos treinadores mais bem pagos do mundo na temporada 2019/20, divulgado pela France Football.

O valor supostamente pedido por Jorge Jesus pode ser alto para o padrão do futebol brasileiro. Entretanto, não chega nem perto do que ganham os principais treinadores do mundo. Por isso, a Betsul, o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, trazemos mais informações sobre quem são os cinco técnicos mais bem pagos atualmente, de acordo com a France Football:

José Mourinho

O compatriota de Jorge Jesus é quinto treinador mais bem pago do mundo. Mesmo longe dos dias vitoriosos e domínio do futebol europeu, a história de Mourinho é inegável. As conquistas com Porto, Chelsea e Inter de Milão foram marcantes e agora, no Tottenham, o treinador busca retomar o caminho das conquistas. Para isso, conta com um alto salário de cerca de 23 milhões de euros por temporada com os Spurs.

Jürgen Klopp

Algoz de Jorge Jesus na conquista do Mundial de Clubes de 2019, o alemão faz mais um trabalho excepcional na carreira com o Liverpool. Depois do sucesso com o Borussia Dortmund, ao derrubar a hegemonia do Bayern de Munique na Alemanha e chegar até à final da Liga dos Campeões, Klopp chegou aos Reds e conquistou o mundo. Além disso, estava prestes a encerrar o jejum histórico de títulos do Liverpool na Premier League, de forma dominante, até a suspensão do campeonato devido à pandemia. Por temporada, o treinador recebe cerca de 24 milhões de euros.

Pep Guardiola

Após revolucionar o futebol europeu com o Barcelona, Guardiola se tornou o treinador dos sonhos de muitos times e até seleções. Por isso, o treinador espanhol é o terceiro mais bem pago do mundo, cerca de 27 milhões por temporada. Desde que saiu do time blaugrana, o treinador ainda busca uma nova conquista de Liga dos Campeões, conseguiu ser dominante no cenário nacional com Bayern de Munique e com o atual clube, Manchester City, mas ainda falta um novo título europeu.

Antonio Conte

O caso de Antonio Conte é bem particular, pois a sua presença em uma posição tão alta da lista se dá pelo fato de o treinador receber de dois clubes diferentes. De acordo com a France Football, parte do salário do italiano vem, obviamente, do atual clube, Inter de Milão, e a outra parte do antigo clube, Chelsea, que o mandou embora. Demitido do clube inglês em 2018, o treinador ainda recebe cerca de 9,8 milhões de euros dos Blues. Portanto, somados os dois valores, Conte recebe cerca de 30 milhões de euros nesta temporada.

Diego Simeone

Desde 2012 no Atlético de Madrid, Simeone é responsável por colocar o Atlético de Madrid como uma das forças do futebol europeu, e o argentino é muito bem recompensado financeiramente por isso. Simeone é o treinador mais bem pago do mundo na temporada 2019/20, o seu salário é de cerca de 40,5 milhões de euros.

Top 20 dos treinadores mais bem pagos do mundo na temporada 2019/20

TreinadorClubeSalário (€)
Diego SimeoneAtlético de Madrid40,5 milhões
Antonio ConteInter de Milão30 milhões*
Pep GuardiolaManchester City27 milhões
Jürgen KloppLiverpool24 milhões
José MourinhoTottenham23 milhões
Zinedine ZidaneReal Madrid23 milhões
Ernesto ValverdeBarcelona**19 milhões
Fabio CannavaroGuangzhou Evergrande14 milhões
Massimiliano AllegriJuventus**13,5 milhões
Rafael BenítezDalian Yifang13 milhões
Carlo AncelottiEverton12 milhões
Manuel PellegriniWest Ham**10,5 milhões
Maurizio SarriJuventus10,3 milhões
Leonardo JardimMonaco**10,2 milhões
Vítor PereiraShanghai SIPG10 milhões
Mauricio PochettinoTottenham**9,4 milhões
Brendan RodgersLeicester City9,1 milhões
Thomas TuchelPSG8,5 milhões
Ole SolskjaerManchester United8,3 milhões
Bruno GenesioBeijing Guoan8 milhões

*Cerca de 9,8 milhões são pagos pelo Chelsea, seu ex-clube.
** Ex-clube que ainda paga o salário, após demissão.