DestaquesTelevisão

William Bonner e Renata Vasconcellos quebram protocolo no JN e criticam tenista que não de vacinou: “Mico”

Jornalistas emitiram opinião no principal telejornal do país

William Bonner e Renata Vasconcellos deram o que falar na internet na noite da última quarta-feira (05) ao comentarem sobre o tenista Novak Djokovic, que foi barrado de participar de um torneio na Austrália após entrar no país sem ter se vacinado contra a Covid-19. Os âncoras avaliaram a atitude do esportista como negativa.

Ademais, no início do texto da notícia, William Bonner já começou cutucando o tenista, classificando o episódio como “vexame planetário”. “O tenista número um do mundo foi impedido de entrar na Austrália. O vexame planetário do sérvio Novak Djokovic foi por não ter se vacinado contra o coronavírus. Ele foi retido logo ao desembarcar hoje, no aeroporto de Melbourne”, iniciou o jornalista.

“Organizadores do Torneio Alberto da Austrália tinham dado uma autorização especial que o isentava da vacina, mas as autoridades australianas não aceitaram o documento, negaram o visto de entrada e informaram que ele vai ter que deixar o país nas próximas horas. Os advogados de Djokovic vão recorrer da decisão”, complementou.

Em seguida, William Bonner relembrou outras polêmicas envolvendo Novak Djokovic. “O Djokovic já precisou se desculpar em 2020 por ter promovido um torneio de tênis na pandemia, desrespeitando todos os protocolos sanitários. Ele e outros participantes contraíram Covid”.

Por fim, Renata Vasconcellos não se segurou e avaliou o episódio: “Vexame, hein?”, disse ela. “Mico”, completou William Bonner. Confira o momento abaixo.

William Bonner faz desabafo sobre ataques políticos na Globo: “Não foi fácil”

William Bonner foi um dos convidados do “Melhores do Ano” do último domingo (02) e aproveitou a ocasião para fazer um desabafo. Indicado à estatueta de Jornalismo, vencida pela colega Renata Vasconcellos, o editor-chefe do “Jornal Nacional” falou sobre os desafios de se fazer jornalismo hoje em dia.

“Ela é uma parceira incrível. A gente passou por maus bocados. Eu, Renata, equipe do JN, jornalistas e o pessoal da área técnica. Não foi fácil. Esse prêmio para a Renata é muito merecido. Estou muito emocionado. É muito justo”, disse ele sobre a vitória da parceira.

Em outra parte do programa, William Bonner comentou sobre ataques políticos e como conviver com extremismo. “Eu acho que nós estamos passando por um momento, não só no Brasil, mas no planeta de uma polarização excessiva e a imprensa independente não tá aqui pra agradar ninguém. E ela [imprensa] tá aqui pra cumprir seu dever e ao cumprir esse compromisso pode desagradar os extremos“, categorizou o jornalista.

“Eu tenho que te dizer que um momento como esse, no Melhores do Ano, nos permite ver como fazemos um trabalho complementar. Porque enquanto nós, jornalistas, estamos informando, combatendo a desinformação, dentro da grade de programação da Globo, nós estamos ali convivendo com entretenimento, show, novela, arte… e informação e arte salvam o país, meu amigo. Estamos no mesmo barco”, completou William Bonner.

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.