Televisão

TV Gazeta demite 15 profissionais após o fim da greve dos jornalistas

Após o fim da greve dos jornalistas em Alagoas, a TV Gazeta iniciou o processo de demissão dos profissionais que aderiram ao movimento. Inesperadamente, entre os afetados que não fazem mais parte do quadro de funcionário estão apresentadores e redatores.

De acordo com as informações do Observatório da Televisão, somente nessa quinta-feira (04) foram dispensados 15 jornalistas. As demissões ocorreram antes mesmo da publicação do acordo no Diário Oficial do Estado pelo TRT-AL.

A TV Gazeta de Alagoas pertence à Organização Arnon de Mello, que tem como um dos controladores o ex-presidente da república e atualmente senador Fernando Collor de Mello. A emissora é afiliada da Rede Globo e está sediada em Maceió, capital do estado+

Entenda os motivos da paralisação

Ao todo foram nove dias de paralisação que contou com jornalistas de todo o estado de Alagoas. A greve iniciou em 25 de junho e foi encerrada nesta quarta (03), pois o Tribunal Regional do Trabalho (TRT-AL) decidiu pelo aumento de 3% do piso salarial da categoria.

Anteriormente, as empresas de comunicação defendiam uma redução de 40% ao qual foi considerado ilegal. Agora, o novo piso salarial dos jornalistas em Alagoas é de R$ 3.672,22. O reajuste será de forma proporcional, concedido em 0,75% por mês, equivalentes aos salários de maio, junho, julho e agosto.

Conforme informações do Sindicato dos Jornalistas, 90% de toda a categoria aderiu à paralisação. Entre eles, estão profissionais de emissoras de TV e rádio. Além de trabalhadores de jornais impressos.

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Caio Foltran

Jornalista, curioso, amante da TV e Internet, crítico e produtor. Pós-graduando em Produções e Práticas Jornalísticas na Contemporaneidade pela Faculdade Cásper Líbero e formado em jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.