Televisão

Rodrigo Bocardi se revolta e responde mensagem de internauta contra a Globo ao vivo

Âncora do "Bom Dia São Paulo" rebateu crítica contra emissora

Rodrigo Bocardi se revoltou ao vivo durante a edição do “Bom Dia São Paulo” desta terça-feira (24). O âncora não gostou da mensagem de um internauta contra a emissora e soltou o verbo.

Primeiramente, o telejornal matinal mostrava a situação da capital com a greve da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Então, entre os entrevistados, uma repórter conversou com uma mulher que disse que ia para seu primeiro dia de trabalho após um ano desempregada.

Com isso, um telespectador se incomodou com a situação e alfinetou: O Bom Dia São Paulo acha para entrevista exatamente uma senhora que está começando hoje. Essa Globo é uma piada”, disse ele, que teve a mensagem lida por Rodrigo Bocardi ao vivo.

Assim, o jornalista se revoltou e rebateu a crítica. “A piada está na sua mensagem, não no nosso comportamento. Fomos ouvindo as pessoas de forma aleatória. Talvez não seja o seu caso, mas quantas pessoas não estão aí em seu primeiro dia no meio de uma pandemia, conseguindo um emprego?”, disparou o apresentador.

Enquanto Rodrigo Bocardi se irrita na Globo, Sobrinho de Silvio Santos revela valor pago em resgate de Patricia Abravanel

Silvio Santos
Foto: Divulgação

Guilherme Stoliar, sobrinho de Silvio Santos, revelou o valor que foi pago no resgate de Patricia Abravanel. Há exatos 20 anos, a filha número quatro do dono do SBT foi sequestrada e o país parava na frente da TV para acompanhar o caso.

Ademais, Guilherme, em entrevista ao UOL, disse que intermediou as negociações. Ele ainda revelou que pagou uma quantia em dinheiro no encontro com os sequestradores. “Não me lembro quanto eles pediram, mas pagamos a eles algo como R$ 500 mil ou coisa que o valha”, pontuou. “Eu fui com o motorista em um local marcado por eles. E entreguei o dinheiro”, completou ele, que disse que não se lembra do local do encontro.

O sobrinho de Silvio Santos afirmou que a negociação foi demorada e que passou a se comunicar diretamente com os bandidos após uma conversa com o tio. “Silvio me contou o que estava acontecendo e disse que precisaria de alguém que fosse da confiança dele para fazer as negociações com os sequestradores. Eu falei para ele que sim, que eu estava à disposição”, afirmou.

“Por isso que eu tive que fazer a negociação, ele estava muito passional para resolver esse assunto e eu tive que ajudá-lo. É uma coisa muito difícil”, reconhece. Se ficou algum trauma do que passou há duas décadas? Stoliar responde: “Não. Só a alegria de ter conseguido resolver o problema”, completou Guilherme Stoliar, que falou que Silvio Santos não estava preparado para conversar com os sequestradores de Patricia Abravanel.

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo