Televisão

Repórter Record Investigação 27/01/2022: Ação de guerrilheiros na fronteira do Brasil com o Paraguai

Confira os detalhes do jornalístico

O “Repórter Record Investigação” desta quinta-feira (27) mostra a fronteira do Brasil com o Paraguai, que é considerada um dos corredores de drogas mais disputados por traficantes. Na região, o Exército do Povo Paraguaio, o EPP, como é conhecido na região, impõe o terror na população e comete extorsões, sequestros e assassinatos.

Ademais, a equipe de reportagem, formada por Daniel Motta, Larissa Werren e Michel Mendes, passou pela região onde atuam os guerrilheiros, no meio da mata. Além disso, entrevistou vítimas e conseguiu imagens inéditas da organização.

“Para eles, nós brasileiros somos invasores, eles querem que a gente saia daqui. No dia que eu vi os guerrilheiros, eu tava indo pra casa. Ia passar numa balsa. Eles já chegaram atirando, foram 62 tiros. Eram oito, vários menores com fuzil”, diz Cristhofer, chamado de brasiguaio, que mora há 20 anos no Paraguai e escapou de um atentado em 2015.

Leia mais: Faustão na Band 27/01/2022: Na Pista do Sucesso com Tirulipa e Mayte Piragibe

O programa ainda conta a história do grupo, que surgiu em 2008 como braço armado do Partido Pátria Livre. A ideia do Exército do Povo Paraguaio era expulsar estrangeiros do país para promover a reforma agrária. Contudo, em suas operações, eles já realizaram pelo menos 16 grandes sequestros que renderam quase 17 milhões de reais. Além disso, enquanto a equipe da Record estava na região eles sequestraram um agricultor. O valor do resgate cobrado: dois milhões e setecentos mil reais. “Nós cumprimos o pedido do EPP para libertar meu filho”, diz David Reimer, pai do jovem raptado.

O “Repórter Record Investigação” começa logo após mais um capítulo de “A Bíblia”, por volta das 22h30, na RecordTV.

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.