Televisão

Renata Vasconcellos tropeça nas palavras e quase comete gafe no JN

Jornalista quase deu 'bom fim de semana' em plena segunda-feira

Renata Vasconcellos se confundiu no encerramento do “Jornal Nacional” desta segunda-feira (14) e quase desejou um bom fim de semana aos telespectadores. A jornalista percebeu a falha a contornou bem no início. Enquanto isso, o companheiro de bancada William Bonner deu um discreto sorriso com a situação.

“Depois de Império, tem Tela Quente e o Jornal da Globo”, anunciou Bonner. Em seguida, Renata Vasconcellos disse: “Boa noite e um bom f… Boa noite e até amanhã”, contornou a jornalista.

Renata Vasconcellos se atrapalha e chama Bolsonaro de ‘ex-presidente’ no JN

Renata Vasconcellos cometeu outro deslize durante o “Jornal Nacional” do último dia 19 de maio ao chamar o Jair Bolsonaro de ex-presidente.

Primeiramente, a âncora fazia a chamada de uma matéria sobre o depoimento do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello na CPI da Covid. Assim, ao dizer que o depoente agiu para blindar Bolsonaro, Renata Vasconcellos disparou o erro.

“A CPI da Covid ouviu hoje o depoimento do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. A sessão foi tensa, teve discussões. Pazuello irritou os senadores por tentar blindar o ex… o presidente Bolsonaro e foi chamado de mentiroso”, disse a jornalista, que se corrigiu rapidamente. Confira o vídeo abaixo.

Leia mais: Carlos Alberto de Nóbrega detalha briga com Silvio Santos e desabafa: “Eu ia embora do SBT”

Carlos Alberto de Nóbrega, um dos principais nomes da história do SBT, já teve uma briga com Silvio Santos e quase deixou o canal. Ele detalha a história em uma entrevista cedida para Dani Bavosa e Flavio Ricco no R7. Segundo ele, outra estrela de TV motivou o desentendimento.

“Ela foi muito ingrata, muito injusta. Eu a que lancei, ela se tornou muito conhecida. Ela ia pra Globo, o Silvio (Santos) segurou, deu um salário altíssimo e na cláusula ela queria: ‘Eu só não faço a Praça’. Eu não briguei com ela, simplesmente na Praça ela não entra”, disse Carlos Alberto sem citar nomes. “Fiquei muito mais zangado com o Silvio, que deixou. Eu ia embora”, relembrou o apresentador do humorístico “A Praça é Nossa”.

Além disso, Carlos Alberto de Nóbrega contou que está prestes a lançar um livro sobre sua trajetória na TV. Ademais, a publicação ainda não está completa, mas já tem 120 páginas de histórias dos 64 anos de televisão. “Eu pirei, sou muito agitado, não consigo ficar parado, gosto de fazer coisas. Eu estava ficando ruim, eu estava chato, não gostava de nada. Qualquer coisa eu chorava, eu já sou chorão por natureza. Aí, eu falei, não, tenho que parar com essa neurose e pensei no livro”, disse o humorista sobre a motivação para escrever o livro

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo