DestaquesFamosos

Ratinho agarra braço e dá puxão em Milene Pavorô no SBT

Apresentador tirou funcionária de perto de um panetone

Ratinho protagonizou mais um momento com Milene Pavorô durante o quadro “Dicas da Minha Mãe” da última quinta-feira (16). Desta vez, o animador tomou um panetone das mãos da assistente de palco, deu o doce para o auditório e chegou a dar um puxão na funcionária.

Ademais, tudo aconteceu após Milene Pavorô ensinar a cortar um panentone de uma forma diferente. Contudo, após o fim da dica, Ratinho pegou a comida e foi em direção à plateia. Irritada, a assistente de palco pediu ao menos um pedaço do doce, mas o contratado do SBT negou.

“Dá um pedaço pelo menos”, pediu Milene Pavorô. “Não vai comer não”, disse Ratinho enquanto agarrava o braço e puxava a funcionária de perto das colegas de trabalho. Confira a cena abaixo.

Ratinho ameaça deputada com ‘metralhadora’

Ratinho fez uma sugestão polêmica durante o programa “Turma do Ratinho”, da rádio Rede Massa. Segundo ele, uma deputada do PT deveria ser “eliminada” com uma “metralhadora”. Ademais, o alvo foi a parlamentar Natália Bonavides, eleita pelo Rio Grande do Norte.

O apresentador fez a ameaça após informar que a deputada teria apresentado um projeto no qual sugeria a retirada das palavras “pai” e “mãe” das certidões de nascimento. Contudo, Natália nega que seja autora do texto.

“Natália, você não tem o que fazer, não? Você não tem o que fazer, minha filha? Vá lavar roupa a caixa do teu marido, a cueca dele, porque isso é uma imbecilidade querer mudar esse tipo de coisa. Tinha que eliminar esses loucos… Não dá para pegar uma metralhadora, não?”, disse Ratinho.

Natália Bonavides revidou e disse que tomará as medidas cabíveis contra o contratado do SBT pela fala. “O apresentador Ratinho sugeriu que eu fosse metralhada, em programa visto por milhares de pessoas. Incitar homicídio é crime! Ele coloca a minha vida e minha integridade física em risco. Ratinho ainda disse que eu fosse lavar as cuecas de meu marido”, iniciou a parlamentar em seu Twitter.

“Essas ameaças e ataques covardes não ficarão impunes. O apresentador utilizou uma concessão pública para cometer crime. Vamos acioná-lo judicialmente, inclusive criminalmente”, completou ela. Confira abaixo.

Vale lembrar, que o projeto 4004/21 trata unicamente do respeito à diversidade na celebração dos casamentos civis. Não há nada nesse projeto, nem em nenhum outro de autoria da deputada, que trate de mudanças em certidões de nascimento ou alterações de nomes de pai e mãe nos registros.

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.