DestaquesTelevisão

Mulher detona Juma de Pantanal ao vivo na Globo: “Apagada”

Personagem de Alanis Guillen foi questionada

Nesta quarta-feira (15), Maria Cristina, que fez parta da plateia do “Encontro”, detonou Juma de “Pantanal”. Ela foi escolhida por Fátima Bernardes para fazer comentário em torno da novela, que é um grande sucesso na TV Globo.

“Eu sinceramente acho que a Juma tinha que dar mais as caras. Acho que ela está um pouco… Desculpa até dizer, mas um pouco apagada”, disparou ao vivo no matinal. A fala despertou risadas entre os convidados. “É, eu acho…”, reafirmou. “Tem que falar a verdade”, comentou a repórter Tati Machado.

“Eu torço muito pelo casal, ela com o Jove. Acho que a sucuri devia dar mais as caras. O Velho do Rio é um personagem emblemático, maravilhoso e o Osmar Prado é um excelente ator. Nessa novela, tem muitos atores maravilhosos”, prosseguiu Maria.

Ela ainda comentou sobre a atuação de Alanis, destacando que gosta. “Não estou dizendo que a atriz que faz a Juma esteja sendo ruim… Não, ela está ótima! Até li uma matéria dizendo que ela foi escolhida porque as feições dela se parecem com as de uma onça…”, disse.

Continuando no tema, ainda opinou sobre quem gostaria que não continuasse na novela, citando o vilão Tenório. “A sucuri tinha que pegar uns personagens e dar fim deles”. E ainda brincou: “A Bruaca vai se virar bem com os peões”.

Os comentários divertiram os convidados da atração, entre eles, Marcos Mion: “A senhora tinha que ser consultora da novela”.

Cristiana Oliveira descarta comparações com nova Juma de Pantanal

A Juma da primeira versão de “Pantanal” se mostrou incomodada com as comparações feitas com o desempenho da atriz que está fazendo a personagem atualmente, no horário nobre da Globo. A famosa ainda elogiou o trabalho, revelando que tem acompanhado.

“Não se compara, não. Isso é sacanagem. Não tem comparação. Ela faz do jeitinho dela. Eu amo…. Esse negócio de estar chegando aos 60, essa minha história de amadurecimento, me fez perceber que determinadas coisas e sentimentos são bobos. Tenho uma segurança que, quando eu fiz, em 1990, causou a comoção que, naquela época, deveria causar. E peguei uma geração e depois peguei outra no SBT. As pessoas estão com a Juma na memória emotiva. Acho bobagem”, garantiu.

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Leandro Mendonça Cassimiro

Leandro Mendonça é o nosso Editor Chefe. Formado em Administração pela Faculdade Latino Americana de Educação (FLATED). Teve passagem pelo RD1 Audiência, e atualmente também colabora no site NaTelinha, contribuindo com otimização SEO.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.