DestaquesFamosos

Leo Dias desaparece na web após pedir perdão a Klara Castanho

Jornalista não apareceu mais na web

Desde o último domingo (26), Leo Dias desapareceu de seus perfis nas redes sociais e de sua coluna sobre famosos. O jornalista vem sendo alvo de críticas e acusado de ser um dos responsáveis de expor o caso da gravidez de Klara Castanho, e chegou a fazer um pedido de perdão público.

A última publicação feita por ele tem o título de “Preciso me explicar a vocês e pedir perdão para Klara Castanho”. Desde então, nada mais foi movimentado por ele, nem mesmo em seu espaço no portal Metrópoles. Por meio de um texto, ele assumiu que não agiu de forma correta.

“Errei ao publicar qualquer linha a este respeito. Mesmo que a revelação da história não tenha partido de mim, mesmo que Klara tenha escrito uma carta pública narrando a dor que sentiu com toda esta violência e que eu só tenha escrito sobre o assunto após a carta dela ser publicada”, disse um trecho do texto publicado.

Leo Dias no The Noite

O fofoqueiro participou do “The Noite”, no último dia 16. Na ocasião, ele foi questionado por Danilo Gentili se sabia alguma informação, que tinha vontade de contar, mas que acabou guardando por conta do teor. Nesse momento, ele contou a história, sem citar nomes.

“Vivi um dilema recentemente, muito recente, esse mês. É coisa inacreditável, coisa da sociedade se questionar muitas vezes, mas envolve uma atriz… É muito pesado”, começou, sendo questionado pelo apresentador se o assunto era algo polêmico como o “surubão de Noronha”, suposto encontro entre globais que viralizou na web em 2019.

“Não é uma coisa feliz, é uma coisa…”, começa a dizer, quando é interrompido por Gentili: “Não precisa falar”. “Tá bom. É muito denso”, afirma. E emenda: “O carma vai ser grande”.

Nesse momento, Danilo insiste no tema, e questiona se tem alguem famoso que está enganando todo mundo, o jornalista concordou e acrescentou: “Envolve vidas”.

“Você está me dizendo que tem uma pessoa pública, que é uma atriz, que vende uma imagem que todo mundo acha que é santinha, que é uma pessoa do bem…”, diz o contratado do SBT. “Mas tem uma história de trama inacreditável”, confirma. “Mas a conta vai chegar”, completa.

Assim que Klara trouxe o assunto à tona, Dias chegou a publicar uma nota, dando mais detalhes de como tinha tomado conhecimento do caso. Dando o dia exato onde tudo aconteceu, até mesmo o sexo da criança.

Antes disso, no dia 24 de maio, Matheus Baldi trouxe o assunto à tona, afirmando que Klara teria dado a luz a uma criança. No “Fofocalizando” da última segunda-feira (27), ele explicou que chegou a entrar em contato com a assessoria, que não comentou inicialmente. Depois de publicado, recebeu uma ligação, onde soube toda a história, e assim, optou por excluir tudo. Chris Flores chegou a criticá-lo ao vivo.

Antonia Fontenelle ameaçou expor Klara Castanho

O assunto tinha ficado em aberto, e ninguém sabia muito bem do que se tratava, até Fontenelle resolver repercutir no seu canal no YouTube. Ela mostrou o trecho da entrevista de Leo, e começou a comentar que a informação era em torno de uma atriz que teria escondido a gravidez e ainda entregou a criança para a adoção.

“Segundo as informações que ele [Leo Dias] têm, pediu que o hospital apagasse a entrada dela no hospital e pediu que nem queria ver o filho”, relata. Fontenelle continua o vídeo, se mostrando indignada falando que, quando o colunista entrou em contato com a jovem, a atriz afirmou que foi vítima de estupro e não fez o aborto legal devido à sua crença religiosa.

“A coisa que mais me doeu foi: cadê essa criança?”, disse. Ainda de acordo com ela, a mãe da atriz tem conhecimento sobre o caso e foram pagos 50 mil reais para que o parto fosse feito de forma sigilosa e que o registro fosse apagado.

“No meio disso tudo, eu não quero saber de nada, eu só quero saber cadê essa criança, para quem essa criança foi doada, se estão criando essa criança direito”, disse, completando em tom de ameaça: “Nem ouse me ligar chorando. Eu não vou dar seu nome, eu não tenho esse direito, mas não ouse me ligar chorando porque eu posso perder minha paciência e dar seu nome”.

Klara Castanho se pronuncia

Após o assunto começar a ganhar mais visibilidade, a atriz resolveu divulgar uma carta aberta, em suas redes sociais, onde contou o que realmente tinha acontecido.

“Fui estuprada. Relembrar esse episódio traz uma sensação de morte porque algo morreu em mim”, declarou em trecho, ainda contando que descobriu quase no final da gravidez, pois não sentiu nem mesmo alterações em seu corpo.

Quando descobriu, no momento em que fazia exames por se sentir mal, ela ainda teve que ouvir uma pessoa no hospital fazendo pressão. “Esse profissional me obrigou a ouvir coração da criança, disse que 50% do DNA eram meus e que eu seria obrigada a amá-la…”, disse.

Por fim, garantiu que o processo de adoção foi feito dentro da lei. “Passei por todos os trâmites: psicóloga, ministério público, juíza, audiência, todas as etapas obrigatórias. Um processo que, pela própria lei, garante sigilo para mim e para a criança. A entrega foi protegida e em sigilo”, pontuou.

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Leandro Mendonça Cassimiro

Leandro Mendonça é o nosso Editor Chefe. Formado em Administração pela Faculdade Latino Americana de Educação (FLATED). Teve passagem pelo RD1 Audiência, e atualmente também colabora no site NaTelinha, contribuindo com otimização SEO.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.