Televisão

Globo Repórter 24/06/2022 – Festas juninas no Nordeste

Confira os destaques

No “Globo Repórter” desta sexta-feira, dia 24/06, uma grande equipe percorre festas na Bahia, em Sergipe, Ceará e Pernambuco.

A tradição das festas juninas se confunde com a própria história do Nordeste. A chegada do sexto mês do ano sempre marcou a temporada mais festiva dessa região do país. Confira os preparativos dos festejos, após dois anos de sanfonas, triângulos e zabumbas emudecidos pela pandemia. Com as bênçãos de Santo Antônio, São João Batista e São Pedro, santos homenageados nesse período, e de (São) Luiz Gonzaga, rei do baião, de quem os músicos são devotos, o programa pede passagem nesse anarriê, que conta com o auxílio luxuoso de Gilberto Gil. O musico, que completará 80 anos dia 26 de junho e passou a vida festejando aniversários em festas juninas, fala das lembranças que carrega dos tempos de infância, das comidas típicas, da ligação dele com Santo Antônio.

Para a jornalista Camila Marinho, que acompanhou os festejos na Bahia, o sentimento que ela encontrou entre os entrevistados foi de redenção: “Não há nada que represente mais a cultura nordestina do que celebrar o São João. E preparar esse conteúdo especial, depois de dois anos de pandemia, é como devolver a autoestima de toda essa gente. A cada casa que eu entrava, a cada pessoa que eu entrevistava, eu sentia essa energia. A alegria de ter de volta as reuniões em família, da mesa farta com comidas típicas, a devoção aos Santos com as trezenas que deixam de ser virtuais para serem presencias… É uma retomada grandiosa e muito especial”, celebra Camila.

Não há como negar que as comidas são o ponto alto de qualquer festa junina que se preze. Ainda mais no Nordeste. Direto do Ceará, a repórter Aline Oliveira acompanhou desde o plantio até a colheita do milho, item que reina nos principais pratos de um tradicional arraial.

Histórias de quem tirava o sustento do trabalho nas festas e que precisou se reinventar durante a pandemia também serão contadas no programa. “Só quem é nordestino sabe o que os festejos juninos representam pra região e, como nordestina, foi duplamente emocionante ver e mostrar esse retorno no ‘Globo Repórter’. Entre os personagens que entrevistei, está Marcos Siriguela, percussionista de uma banda de forró, que na pandemia foi obrigado a trocar o instrumento pelo volante de um transporte por aplicativo. A única alternativa pra ter renda é manter a família. Hoje, Siriguela está rindo à toa com o retorno da sua banda nas festas juninas”, relatou a jornalista Carla Suzane, que fez a cobertura no Sergipe.

E a música que dá o tom das festas também está no programa. Em Pernambuco, a Orquestra de Pífanos, que reúne músicos de todas as idades, mostra como a tradição é passada há várias gerações.

+ Globo Repórter 17/06/2022 – Alemanha desconhecida

O “Globo Repórter” começa logo após mais um capítulo da novela “Pantanal”, começando a partir das 22h35 (horário de Brasília), na tela da Globo.

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Leandro Mendonça Cassimiro

Leandro Mendonça é o nosso Editor Chefe. Formado em Administração pela Faculdade Latino Americana de Educação (FLATED). Teve passagem pelo RD1 Audiência, e atualmente também colabora no site NaTelinha, contribuindo com otimização SEO.

Veja também

Um Comentário

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.