Televisão

Funcionários da RedeTV! cruzam os braços e anunciam greve; entenda

Colaboradores protestam por falta de reajustes salariais

O Radialistas que trabalham na RedeTV! anunciaram que farão greve na emissora a partir de meia-noite desta terça-feira (00h). O motivo: os profissionais não tem reajuste salarial desde o triênio 2016/2018. Então, em uma assembleia realizada no Sertesp (Sindicato dos trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão no Estado de São Paulo), a paralização foi confirmada.

Ademais, segundo o Notícias da TV, a RedeTV! tentou barrar a greve com a proposta de um reajuste de 3,8% dos salários. Contudo, os funcionários recusaram a proposta, visto que, segundo eles, os vencimentos já estão defasados em 18,72%.

Leia mais > Mamma Bruschetta vive romance com homem 43 anos mais novo; saiba quem

Além disso, os radialistas entendem que a emissora não está com falta de dinheiro. “Além dos sorteios de prêmios que ajudam a manter a receita da RedeTV!, a emissora fechou contratos milionários com a Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Petrobras, Ministério da Saúde, Ministério da Educação, , governo do estado de São Paulo e outras importantes instituições públicas”, disse o Sindicato dos Radialistas na Assembleia.

“A RedeTV! também recebeu investimentos milionários do Bradesco, Itaú, Facebook, Ultrafarma, Vivo, Casas Bahia, Sky Pré-Pago, Bigtrail e Cartão de Todos. Tem ainda os merchandisings e os horários vendidos a igrejas neopentecostais”, completou o representante da categoria.

Com isso, os funcionários da RedeTV! cruzarão os braços, deixando a emissora com diversas produções paradas e em condições precárias. Não há previsão de um acordo entre as partes.

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo