Famosos

Datena parte para cima de Lula ao vivo na Band: “Tá podre”

Jornalista rebateu fala do ex-presidente

José Luiz Datena decidiu partir para cima do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva durante o “Brasil Urgente” desta quarta-feira (20). O jornalista, que diz ser pré-candidato à presidência em 2022, rebateu uma fala do político.

“Lula disse que eu era o Enem, que o Luciano Huck era o Enem da política, que tornava a política pobre, que tinha que procurar fora da política. Lula, você nem para o Enem serve, porque a política está podre por causa de gente como você”, disparou Datena.

Em setembro, Lula disse que a busca pela ‘terceira via’ parece um vestibular, como o Enem. “Parece que pela primeira vez na história do País setores da imprensa estão procurando candidatos. Já tentaram o [apresentador Luciano] Huck, agora o [apresentador José Luis] Datena. É como se estivessem fazendo um Enem para procurar um candidato quando tudo poderia ser resolvido da forma simples”, afirmou o líder petista na ocasião.

Datena aparece irritado ao vivo e expõe confusão nos bastidores

Em setembro, José Luiz Datena surgiu sem paciência no início do “Brasil Urgente” O jornalista surpreendeu Cátia Fonseca durante o “Papo de Janela”, tradicional conversa entre os dois contratados da Band.

“Não vale assim, não me avisaram que eu ia entrar na janela. Posso entrar daqui a pouquinho?”, perguntou o âncora, que recebeu uma resposta positiva da colega. Em seguida, Datena decidiu expor o clima nos bastidores de seu programa. “Eu estava quebrando o pau aqui que você não tem ideia”, disparou. Cátia Fonseca indagou se ele estava nervoso, e ele confirmou: “Me dão motivos pra eu ficar nervoso”.

A apresentadora do “Melhor da Tarde” tentou amenizar a situação ao dizer que o signo de Datena estava bom para esta semana. “Então está errado o signo, deve ser de outra pessoa. Vou dizer uma coisa. Não vou dizer muita coisa porque eu não quero, mas as pessoas precisam ter responsabilidade pra trabalhar“, afirmou o jornalista.

“Se não tiver responsabilidade pra trabalhar, é difícil, é complicado. Todo mundo tem que ter responsabilidade de realizar seu trabalho. Depois dizem que eu sou invocado, mas não é. Se todo mundo fizesse sua parte direitinho, estava ótimo, porque você não prejudica editores, jornalistas, repórteres…”, completou.

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo