Audiência da TV

Com Luciano Huck, Melhores do Ano afunda e tem pior audiência da história

Premiação foi rejeitada do público

Em seu primeiro ano com apresentação de Luciano Huck, a premiação do “Melhores do Ano” registrou a pior audiência da história do formato na Globo. Em comparação com a última edição, apresentada por Faustão em 2019, antes da pandemia, a atração encolheu 25%.

Segundo dados do Kantar Ibope, o “Melhores do Ano” anotou 13,9 pontos de média. Em 2019, a média foi de 18,5. Já em comparação com o até em então pior índice da história, o resultado supera a edição com os melhores de 2015, que teve 15,8 pontos.

Os números são já consolidados. Cada ponto equivale a 74.666 domicílios e 205.755 indivíduos na Grande São Paulo.

Luciano Huck faz ‘pergunta do milhão’ na Globo e cumpre promessa: “Não sei se volta mais”

Luciano Huck conseguiu fazer a esperada ‘pergunta do milhão’ durante o quadro “Quem Quer Ser Um Milionário do domingo (26), na Globo. Assim, o apresentador comentou sobre a promessa que fez durante as nove temporadas da atração.

“Eu prometi que enquanto eu não fizesse a pergunta do milhão esse quadro iria seguir no ar”, comentou Luciano Huck. Em seguida, ele disse que não tem certeza se o quadro retornará. “Nem sei se volta mais no Domingão. Meu sonho era fazer a pergunta do milhão, eu fiz a pergunta do milhão”, confessou o animador.

Apesar de ter feito a pergunta do milhão, Rafael Cunha, participante que conseguiu chegar até a questão, não levou o prêmio máximo para casa. Após passar por 14 perguntas, ele teve pela frente a seguinte: “A tecnologia da comunicação ‘Bluetooth’ tirou seu nome de: A – Um rio; B – Um rei; C – Um general; D – Um castelo”. Sem ter certeza da resposta, Rafael desistiu e levou para casa 500 mil reais.

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo