TV Paga

CNN Brasil escala William Waack para comentar caso de racismo e é criticada na web

Internautas criticaram a CNN Brasil na noite desta sexta-feira (29) por ter escalado William Waack para comentar a onda de protestos motivada pelo assassinato de um homem negro por um policial branco nos Estados Unidos. Os atos antirracistas já duram quatro dias. George Floyd, de 46 anos, foi asfixiado até a morte na última segunda (25) na cidade de Minneapolis.

+Rafinha Bastos pede desculpas por Bolsonaro: “é culpa do CQC”

As críticas se devem ao histórico de Waack. Em 2017, o jornalista foi demitido da TV Globo por causa de um vídeo que vazou na internet dos bastidores do “Jornal da Globo”. As cenas, gravadas durante a cobertura das eleições americanas de 2016, mostram William irritado com um barulho que vinha da rua, momentos antes de entrar no ar.

“Tá buzinando por quê, seu merda? Eu não vou nem falar porque eu sei quem é, né? É preto. É preto”, disse Waack, na ocasião.

Repercussão da escolha de Waack para comentar caso de racismo nas redes sociais

O nome de William Waack chegou até os trending topics do Twitter no momento de sua participação. Enquanto alguns usuários usaram ironia, como “é sempre bom contar com um especialista no assunto”, outros usaram tom de revolta, apontando que “o racismo brasileiro é estrutural e cínico”.

https://twitter.com/Pablito_pbf/status/1266787013577134082?s=20

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.