Famosos

Casagrande detona atuação de Bolsonaro na pandemia: “Retrocesso total”

O comentarista criticou o presidente

O comentarista Walter Casagrande detonou o presidente da República Jair Bolsonaro durante a edição do “Globo Esporte” desta sexta-feira (26). Ele classificou como desastrosa a forma como o mandatário tem lidado com a pandemia do novo coronavírus no Brasil.

“Eu queria destacar o que a seleção norueguesa fez ao entrar em campo pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Vestiram a camisa com uma mensagem lembrando a importância dos direitos humanos, levantando a questão sobre os trabalhadores que estão se dedicando para construir estádios e deixar tudo pronto para os atletas e celebridades. O mundo precisa de mensagens assim. Eu não vejo nada disso no Brasil. Estamos vivendo um momento caótico por conta do Jair Bolsonaro”, disse Casagrande.

Em seguida, o comentarista lembrou de falas polêmicas de Bolsonaro e falou que a nação se encontra em um grande retrocesso. “O futebol é uma arma fortíssima para se passar mensagens. É muito bonito o que os clubes argentinos fizeram essa semana, lembrando dos 45 anos do golpe militar. Mas aqui no Brasil, como um país vai produzir memória desse tipo, se o presidente da república nega que teve golpe militar no Brasil? Ele nega as mortes e as torturas. E ainda disse que essa pandemia não passava de uma gripezinha”, detonou.

Leia mais > Gloria Maria desabafa em entrevista e revela quando deve se aposentar

“Como um país desse vai ter memória? Pela postura do Jair Bolsonaro, Rogério Caboclo e Reinaldo Carneiro Bastos, eu não acredito que todos os jogadores brasileiros são alienados. Acredito que muitos sejam politizados e muitos sofrem com tudo isso que está acontecendo. Só que pela postura ditatorial, autoritária e de intimidação desses dirigentes, os atletas pensam duas vezes antes de se manifestar. É difícil para gente ver um país vizinho totalmente consciente da história e do terror que aconteceu, enquanto a gente aqui pensando em carnaval e continuar jogando futebol. O Brasil está em uma estrada para trás. Estamos em um retrocesso total”, finalizou Casagrande.

Por fim, vale lembrar que o Brasil registrou nesta sexta-feira (26) mais de 3.600 mortes por conta da Covid-19 em apenas 24 horas.

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo