Famosos

Ator da série “Todo Mundo Odeia o Chris” morre vítima de câncer

Clarence Williams tinha 81 anos

O ator Clarence Williams, que integrou o elenco da série “Todo Mundo Odeia o Chris” morreu vítima de câncer segundo informações divulgadas na última segunda-feira (07).

Clarence, que tinha 81 anos, lutava contra m câncer de cólon há vários anos. Ademais, em “Todo Mundo Odeia o Chris” ele deu vida ao personagem Sr. Tate, o misterioso homem que aluga o apartamento da família de Chris no episódio “Todo Mundo Odeia Basquete”.

Contudo, além da produção, ele atuou em ‘The Mod Squad’, ‘Miami Vice’, ‘Star Trek’, ‘Twin Peaks’. Além disso, nos filmes ‘Purple Rain’ (1984), ‘A Filha do General’ (1999) e ‘O Mordomo da Casa Branca’ (2013).

Clarence Williams em “Todo Mundo Odeia o Chris”. Imagem: Reprodução

Além da morte do ator de “Todo Mundo Odeia o Chris”, leia mais: Datena revela internação do filho com Covid-19 e preocupa com estado de saúde

José Luiz Datena revelou durante o “Brasil Urgente” da tarde da última segunda-feira (07) que um de seus filhos está internado com Covid-19. Segundo apuração do site NaTelinha, trata-se do caçula José Luiz Datena Junior. Abatido, o comunicador lamentou a situação em uma conversa com Cátia Fonseca.

“Meu filho está internado lá no Sírio Libanês, mas não é um problema meu, é um problema do Brasil. O país tem quase 500 mil mortes e esses caras dando esses (maus) exemplos. Qual objetivo de ter Copa América aqui com tanta gente morrendo, com tanta gente internada? Eu, por exemplo, estou preocupado agora com meu filho no hospital, mas não sou só eu. Sabe quantos milhões de brasileiros foram contaminados? 17 milhões”, lamentou o jornalista.

Em seguida, Cátia perguntou sobre o estado de saúde do filho de Datena, e o apresentador contou que ele não é dos melhores. “Não está bem. Espero que ele melhore. Espero que grande parte da população brasileira acometida pela Covid tome cuidado e receba o melhor cuidado possível. Claro que meu filho está em um hospital de primeira qualidade, tem muita gente que não têm acesso a isso. Por essas pessoas eu rezo muito para que elas estejam bem”, desejou.

“Eu queria ter ficado em casa porque no hospital não dá pra você entrar. Eu não vou quebrar a regra, mas não estou com muita cabeça pra trabalhar não”, completou Datena.

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo