Notícias

Após ser rejeitado por ser surdo, cão é adotado por estudante também surdo

Uma história da adoção de um cachorro chamou atenção em Florianópolis, Santa Catarina. Uma família, ao descobrir que seu cão era surdo, resolveu devolver o animal para o local onde ele foi adotado.

Contudo, após tomar conhecimento do caso, João Gabriel Duarte Ferreira, Doutorando em estudos da tradução na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), resolveu dar um novo lar ao cãozinho. Detalhe, João também é surdo.

Amigos de João souberam do caso pelas redes sociais da Dibea (Diretoria de Bem-Estar Animal). Em seguida, os estudante entrou em contato para adotar o animal, já que ele sempre teve vontade de ter um cão surdo.

Após uma série de avaliações, Jögan, nome do cachorro, já estava com seu novo dono. “Estamos felizes com ele. E temos muita empatia nele, por causa da identidade surda. Ele está feliz, porque temos nossas estratégias de adaptação para casa. Para nós, surdos, com os nossos costumes. Como apagar e ligar luz toda vez pra chamar o Jögan como fazemos conosco”, indicou João.

Ademais, o estudante disse que o novo animal de estimação se deu bem com Gabi, cachorra que ele já tinha em casa:  “Já sabe sabe alguns sinais de Libras [Língua Brasileira de Sinais] e desde quinta aprendeu os sinais de passear, pedir pra sair, esperar”.

Jögan mudou também de nome, já que ele se chamava Pirata: “Alguns dias antes de souber da adoção, eu estava lendo sobre Jögan, um tipo de olho. É de anime japonês. Aí apareceu o cachorro com esse olho igualzinho”, relatou João Gabriel.

Quer receber as principais notícias do Todo Canal no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Claudio Augusto

Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), com passagem pela Rádio Universitária (UFG) e TV Anhanguera de Goiânia.

Veja também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo