Loterias

Tem um apostador de Curitiba que não quer ficar rico

Não é a primeira vez que alguém deixa de receber valores altos. Este ano mesmo, um ganhador da Mega da Virada – que teria direito a cerca de 162 milhões de reais – não foi receber seu prêmio

É essa conclusão que temos de uma pessoa que apostou na Mega-Sena concurso 2.410, em Curitiba, no sorteio acontecido no último dia 19 de setembro. Um desconhecido ganhou aproximadamente 12,5 milhões de reais e, até a data de hoje, não consta como tendo recebido sua bolada.

Terá esquecido de conferir o bilhete premiado? Perdido o comprovante ou, infelizmente, sido mais uma vítima da pandemia de coronavírus? Ninguém sabe, resta apenas especular o que teria acontecido para que alguém com tanta sorte tenha abdicado de uma quantia tão generosa de dinheiro.

Não é a primeira vez que alguém deixa de receber valores altos. Este ano mesmo, um ganhador da Mega da Virada – que teria direito a cerca de 162 milhões de reais – não foi receber seu prêmio. Ele apostou via internet e provavelmente se esqueceu de conferir o resultado.

Qualquer apostador tem 90 dias correntes para resgatar suas premiações, seja qual for o valor. A loteria garante que mais de 90% das pessoas corre a uma agência bancária no primeiro dia útil após o sorteio, atrás de sua grana, mas acontece de um pequeno percentual ser retardatário. O apostador de Curitiba tem até o dia 20 de dezembro pra pegar sua grana.

Tem outra bolada esperando um vencedor

como calcular distribuição do lucro do FGTS
Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil Economia

Se você não quer fazer como o curitibano distraído, corra até uma lotérica – ou melhor aposte sem nem sair de casa, utilizando de um site de apostas na internet – e faça alguns jogos na Mega-Sena, que será sorteada no próximo sábado. Ela vai pagar cerca de 10 milhões e meio de reais a aqueles que acertarem seus 6 números da sorte.

A Mega costuma sempre pagar as maiores premiações do país, com a Quina e a Lotofácil correndo de perto, principalmente nos sorteios especiais de São João e de Independência. Ambas entregaram, só em 2021, uma quantia aproximada de 400 milhões de reais, uma grana pra ninguém botar defeito.

É provável que ninguém ache ruim acordar com 10 milhões e meio de reais na conta bancária, não é? Pra ganhar tem que apostar… São 6 números dentre 60 disponíveis por volante, super fácil de participar. Jogar pela internet é exatamente igual a marcar os números no papel.

Tem Surpresinha e Teimosinha, dá pra jogar vários bilhetes, marcar mais de 6 números por bilhete, numa aposta mais especial (é possível marcar até 15 deles, mas você vai precisar pagar quase 23 mil reais pela façanha) e dá para participar de bolões também.

Você pode participar de grupos de apostadores anônimos, com os números escolhidos pelo computador, ou realizar uma aposta especial única, sua e de seus amigos ou parentes. Dá para fazer fechamentos e tudo o mais que você desejar. Quer algumas dicas para melhorar sua sorte? Se ligue!

  • Peça para o computador escolher os números pra você. Quando se joga, acaba-se escolhendo sempre os mesmos números, dê uma refrescada na sorte.
  • Divida as dezenas entre números ímpares e pares. Nunca houve um sorteio onde todos fossem apenas um ou outro, tá sempre bem divididinho.
  • Espalhe as dezenas por todo o bilhete, é bem mais raro uma sequência de números ser sorteada. Nunca ninguém ganhou tendo apostado mais de 3 números consecutivos.
  • Se possível, marque mais números do que a aposta mínima. Quanto mais dezenas forem marcadas, mais probabilidade de ganhar você terá. 8, 9, 10 números podem mudar sua vida pra sempre! Se o valor ficar caro, chame seus irmãos e primos e divida o valor. Todo mundo vai ficar rico junto! E ninguém vai pedir dinheiro emprestado a ninguém…

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo