‘Tem que reabrir’, diz Bolsonaro após recorde de casos de Covid-19

maio 14, 2020 0 Por Rafael Nicácio
‘Tem que reabrir’, diz Bolsonaro após recorde de casos de Covid-19

O presidente Jair Bolsonaro voltou a cobrar nesta quinta-feira (14) o fim das medidas de isolamento em cidades e estados, após o Brasil ter batido recorde no número de novos casos diários na pandemia do novo coronavírus.

“Vamos ser fadados a ser um país de miseráveis, como tem alguns países da África Subsaariana. Nós temos que ter coragem de enfrentar o vírus. Vai morrer gente? Tá, lamento, mas vai morrer muito, mas muito mais se a economia continuar sendo destroçada por essas medidas”, disse Bolsonaro no Palácio da Alvorada.

A África Subsaariana é formada pelos países que ficam ao sul do deserto do Saara. Segundo o monitoramento da Universidade John Hopkins, dos EUA, o continente africano inteiro tem pouco mais de 70 mil casos do novo coronavírus confirmados, menos da metade dos 188.974 contabilizados pelo Ministério da Saúde no Brasil.

A pasta ainda registrou na última quarta-feira (13) o maior número de novos casos em um dia desde o início da pandemia: 11.385. Já os óbitos somam 13.149. “Tem que reabrir, nós vamos morrer de fome, a fome mata”, acrescentou Bolsonaro.

No mesmo pronunciamento, ele cobrou um pedido de desculpas dos governadores e prefeitos que impuseram medidas de isolamento. “Essa história de lockdown, de fechar tudo, não é esse o caminho, esse é o caminho do fracasso, vai quebrar o Brasil”, disse.

Contrariando recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da comunidade científica, Bolsonaro é contra a imposição de medidas de isolamento social, como o fechamento do comércio, apesar de essa estratégia ter sido eficaz no controle da pandemia na maioria dos países.

(Agência Italiana de Notícias – ANSA)