Brasil

Taxa de desemprego diminuiu no segundo trimestre de 2014, comunica IBGE

Pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) juntamente com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicilio (Pnad), relata que taxa de desemprego no Brasil cai para 6,8% no segundo trimestre deste ano tendo 0,3 de pontos percentuais a menos que a dos três meses atrás. O índice havia sido elevado com 0,8 do percentual em relação ao fim de 2013, permanecendo com 7,1%.

Quando comparado com o segundo trimestre do ano passado, veremos que houve uma queda de 0,6 dos pontos percentuais, indicando 7,4%. A pesquisa também relata o nível de ocupação da população, e a porcentagem daqueles que estavam trabalhando naquele período, segundo as informações do IBGE, a taxa estava em 56,9%, contra 56,7% do primeiro trimestre de 2014 e 56,9% do segundo trimestre de 2013.

Conforme o IBGE, as pesquisas realizadas no segundo trimestre do ano atual, forma 92,1 milhões de pessoas que permaneciam ocupadas e 6,8 milhões desocupadas. No primeiro trimestre deste ano, os números mostram 7 milhões de pessoas desempregadas e o de empregados foram 91,2 milhões. Nos três primeiros meses de 2013, essa parte da população somavam 7,3 milhões e 90,6 milhões.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.