Esporte

Belfort e seu nocaute histórico em Dan Henderson no UFC SP

Vitor Belfort precisou de apenas dois minutos e sete segundos para nocautear Dan Henderson e encerrar com vitória a histórica trilogia entre os lutadores. Frente a um Ginásio do Ibirapuera lotado por torcedores brasileiros, neste sábado (7), pela luta principal do UFC SP, o ‘Fenômeno’ foi arrasador e sequer deu chances ao norte-americano.

“Primeiramente quero agradecer a todos os brasileiros que viraram a madrugada para ver essa luta. Quero agradecer também ao meu time, minha família, a Joana e meus filhos. Algumas vezes a gente cai, mas cai olhando pra cima”, declarou Vitor ainda dentro do octógono.

O início cauteloso entre os lutadores não indicava o que estava por vir. Mas em seu primeiro ataque, Belfort derrubou Henderson com um chute de esquerda na cabeça e, após uma forte sequência de golpes sobre o adversário, viu o juiz encerrar a luta e decretar a sua vitória por nocaute técnico.

“Ir devagar era a estratégia desde o início. Ele estava esperando que eu fosse partir para cima com muita intensidade. Esperei o momento certo e ataquei. Tive paciência. O que eu não fiz na última luta, fiz agora”, explicou Vitor.

Derrotado no combate, Dan Henderson tratou de afastar qualquer polêmica com relação a decisão do juíz em parar a luta. “O Vitor me acertou um chute e eu cai apagado no chão. Eu acordei logo em seguida, mas o árbitro tomou a decisão certa e fez o seu trabalho corretamente”.

Confira todos os resultados dos cards principal e preliminar do UFC SP

CARD PRINCIPAL
peso-médio: Vitor Belfort nocauteou Dan Henderson aos 2’07” do primeiro round.
Peso-meio-pesado: Glover Teixeira nocauteou Patrick Cummins no segundo round.
Peso-galo: Thomas Almeida nocauteou Anthony Birchak no primeiro round.
Peso-leve: Alex Cowboy venceu Piotr Hallmann por nocaute no terceiro round.
Peso-leve: Rashid Magomedov venceu Gilbert Durinho por decisão unânime.
Peso-meio-pesado: Corey Anderson venceu Fábio Maldonado por decisão unânime.

CARD PRELIMINAR
Peso-leve: Gleison Tibau finalizou Abel Trujillo no primeiro round.
Peso-leve: Johnny Case venceu Yan Cabral por decisão unânime dos juízes.
Peso-pena: Thiago Tavares finalizou Clay Guida aos 39 segundos do primeiro round.
Peso-pena: Chas Skelly venceu Kevin Souza por finalização no segundo round.
Peso-meio-médio: Viscardi Andrade venceu Gasan Umalatov por decisão unânime dos juízes.
Peso-galo: Jimmie Rivera venceu Pedro Munhoz por decisão dividida dos juízes.
Peso-galo: Matheus Nicolau venceu Bruno Korea por finalização no terceiro round.

Read More...

Esporte

Rankings UFC: Spider cai duas posições e Weidman sobe no peso-por-peso

A última atualização do ranking oficial do Ultimate trouxe grandes novidades. Ex-campeão dos médios, Anderson Silva caiu duas posições no ranking peso-por-peso e agora está em 12º lugar, ficando atrás do ex-campeão dos leves, Anthony Pettis, e de Renan Barão. Outro lutador que ganhou destaque foi o campeão dos médios, Chris Weidman, que ultrapassou o campeão dos moscas, Demetrious Johnson, e ocupa a segunda colocação. A liderança ainda é de José Aldo, campeão dos penas.

O UFC Goiânia também foi responsável por algumas mudanças. Charles do Bronx subiu uma posição após a finalização sobre Nik Lentz e agora está em sétimo lugar no ranking dos penas. Já Jussier Formiga subiu um degrau com a vitória sobre Wilson Reis e ocupa a terceira colocação no ranking dos moscas.

Outras mudanças importantes ocorreram nos médios. Ex-desafiante ao cinturão da categoria, Vitor Belfort subiu uma posição e agora está em terceiro, lugar que antes era de Lyoto Machida. Outro atleta brasileiro que teve destaque foi Thales Leites, que ganhou uma colocação e ocupa o nono lugar, à frente de seu futuro adversário, Michael Bisping, que está em décimo.

Confira o ranking completo:

1

2

3

4

Com informações do UFC

Read More...

Esporte

“Derrotei três lendas brasileiras”, comemora Weidman

Campeão dos médios, Chris Weidman venceu Vitor Belfort no UFC 187, no último sábado (23). Ele já tinha passado por Demian Maia, no UFC: Evans x Davis, Em Janeiro de 2012, uma vitória-chave em sua carreira e vencido por duas vezes o Anderson ‘Spider’ Silva – a primeira por nocaute no UFC 162 e a segunda no UFC 168.

A LUTA CONTRA BELFORT

O duelo começou bem estudado, até que Belfort acertou uma joelhada em Weidman, que sentiu. O brasileiro partiu com tudo pra cima e desferiu diversos golpes no adversário, que apenas se defendida. Mesmo com um corte na sombrancelha, Weidman se recuperou e derrubou Belfort, montando no desafiante e aplicando um ground and pound agressivo com cotoveladas e socos. Apesar de ter tentado se livrar da posição, Vitor foi completamente dominado e não conseguia se defender dos golpes, o que obrigou o árbitro Herb Dean a interromper o combate.

UFC

Read More...

Esporte

Chris Weidman brinca com fãs brasileiros: “Vou dividir o título com eles”

Visto com certa antipatia por muitos fãs brasileiros, especialmente por ter derrotado duas vezes de Anderson Silva e ter conquistado o cinturão em cima do Spider, o norte-americano Chris Weidman encara as provocações da torcida do país com bom humor. Em entrevista a jornalistas após os treinos abertos do UFC 187, o lutador comentou sobre o fato de só ter enfrentado lutadores brasileiros desde a conquista do título, e que pretende “dividir” o título com os fãs do país.

“Não estou cansado dos brasileiros. Acho que o país tem alguns dos melhores lutadores de todos os tempos na categoria dos médios. São muitos anos lutando contra atletas do país, estou acostumado a receber xingamentos em português no Twitter. Vou sentir falta disso. Tenho vários objetivos na vida, e devolver o cinturão para o Brasil não é um deles. Eu adoro os fãs brasileiros, então vou levar o cinturão ao Brasil, e vou dividi-lo por alguns dias.”

Weidman também comentou sobre a diferença de enfrentar Anderson Silva e Vitor Belfort, duas lendas do MMA. “Na primeira luta foi uma loucura, pois ninguém acreditava que eu venceria, a não ser que fizesse parte do meu time. Mas era um objetivo muito grande para mim, ser campeão e vencer Anderson Silva. Foi um sonho se tornando realidade de maneira muito rápida. Uma sensação muito peculiar. Com o Vitor, é muito diferente. Ele está na minha mente há um ano, enquanto que o Anderson esteve por seis (anos)”.

UFC

Read More...

Esporte

‘Melhor momento da minha vida’, diz Belfort antes da luta contra Weidman

Aos 38 anos, o brasileiro Vitor Belfort participou de mais um treino aberto na tarde da quarta-feira (20), em Las Vegas, junto com o seu rival Chris Weidman, Daniel Cormier e Anthony Johnson. Em um ritmo mais lento, o carioca parecia esconder os golpes que deve mostrar na noite deste sábado (23) no UFC 187.

“Estou no melhor momento da minha vida. Quais outros lutadores conseguirão deixar um legado parecido com o meu?”, disse ele, para depois lembrar de quando venceu o torneio dos pesados em 1997. “Quantos anos o Chris Weidman tinha há 19 anos atrás? Estava em qual série? Sou muito grato por estar aqui e poder dar o meu melhor”.

Pupilo de Belfort e um dos principais companheiros de treino, Gilbert Durinho acredita que a combinação entre felicidade e confiança é a chave para o sucesso do ex-campeão. “O Vitor confiante é muito perigoso, acho que vem um nocaute rápido por aí”, vibra ele.

O brasileiro Vitor Belfort enfrenta o campeão dos médios Chris Weidman na noite deste sábado, com transmissão ao vivo exclusiva pelo Canal Combate. Será que teremos outro cinturão para o Brasil?

UFC

Read More...