Destaques, Saúde

A partir de hoje, toda a população pode se vacinar contra a gripe

A partir desta segunda-feira, dia 3 de junho, toda a população poderá se vacinar contra a gripe, inclusive quem faz parte do público prioritário e que ainda não se vacinou. De acordo com o Ministério da Saúde, a vacinação vai continuar enquanto durarem os estoques.

Até a última sexta-feira (31 de maio), quando terminou a campanha nacional, quase 80% do público prioritário foi vacinado, o que representa 47,5 milhões de pessoas. Os grupos prioritários tiveram entre os dias 10 de abril e 31 de maio para se vacinar com exclusividade.

Durante esse período, foram priorizados 59,4 milhões de pessoas, entre elas, gestantes, puérperas, crianças entre 6 meses a menores de 6 anos, idosos, indígenas, professores, trabalhadores de saúde, pessoas com comorbidades, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade, além de profissionais de segurança e salvamento.

Até agora, seis estados já bateram a meta de 90%: Amazonas (98,5%), Amapá (98,5%), Pernambuco (93,6%), Espírito Santo (91,3%), Rondônia (90,4%) e Maranhão (90%). Os estados com menor cobertura são: Rio de Janeiro (63,7%), Acre (73%) e São Paulo (73,1%).

Segundo o ministério, a escolha do público prioritário no Brasil segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) por serem grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias. A vacina é a forma mais eficaz de evitar a doença.

Read More...

Destaques, Natal

Partage Norte Shopping será posto de vacinação contra Influenza

Dando continuidade ao Movimento Vacina Brasil contra a Influenza, o Partage Norte Shopping se tornará um posto de vacinação para aumentar o acesso da população à imunização. O espaço funcionará aos finais de semana, das 10h às 20h, no 2º piso do empreendimento, próximo à Livraria Câmara Cascudo.

A campanha busca evitar casos graves da doença, que pode levar à óbito, e atenderá a população até o dia 26 de maio. Durante esse período, a população também poderá atualizar a caderneta de vacinação.

A imunização atenderá os grupos prioritários, que incluem idosos, profissionais de saúde, professores das escolas públicas e privadas, pessoas com doenças crônicas ou imunidade baixa, jovens sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

Além do Partage Norte Shopping, Natal conta com 70 salas de vacinação distribuídas nos cinco distritos sanitários da capital para atender a população. A expectativa é que sejam vacinadas mais de 200 mil pessoas na cidade.

Vacinação contra Influenza

Data: 27 de abril e 26 de maio de 2019 (Sábados e Domingos);
Local: 2º piso, próximo à Livraria Câmara Cascudo;
Endereço: Av. Doutor João Medeiros Filho, 2395 – Potengi;
Horário: 10h às 20h;

Read More...

Destaques, Saúde

Ministério da Saúde abre nova fase da vacinação contra gripe

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe entra em nova etapa nesta segunda-feira (22) em todo o país. A primeira fase, que teve início em 10 de abril, vacinou crianças, gestantes e puérperas. A partir da próxima segunda-feira (29), o Ministério da Saúde abrirá ao restante do público-alvo.

A partir desta segunda, também podem receber a vacina trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

De acordo com o ministério, 41,8 mil postos de vacinação estão à disposição da população. Além disso, 196,5 mil profissionais estão envolvidos, com a utilização de 21,5 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais.

A doença

A influenza é uma doença sazonal, mais comum no inverno, que causa epidemias anuais, sendo que há anos com maior ou menor intensidade de circulação desse tipo de vírus e, consequentemente, maior ou menor número de casos e mortes.

No Brasil, devido a diferenças climáticas e geográficas, podem ocorrer diferentes intensidades de sazonalidade da influenza e em diferentes períodos nas unidades federadas. No caso específico do Amazonas, a circulação, de acordo com o ministério, segue o período sazonal da doença potencializado pelas chuvas e enchentes e consequente aglomeração de pessoas.

Até o fim de março, antes do lançamento da campanha, foram registrados 255 casos de influenza em todo o país, com 55 mortes. Até o momento, o subtipo predominante no país é influenza A H1N1, com 162 casos e 41 óbitos. O Amazonas foi o estado com mais casos registrados: 118 casos e 33 mortes. Por isso, a campanha foi antecipada no estado.

Read More...

Destaques, Natal

Secretaria inaugura nova sala de vacinação em shopping de Natal

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal, em parceria com a Clínica do Shopping, inaugura mais uma sala de vacinação. O novo ponto de imunização será entregue à população nesta sexta-feira (19), às 11h, na clínica localizada no Midway Mall. Esta é a 70ª sala de vacina do município.

No local, serão disponibilizadas todas as vacinas que são encontradas em salas de vacinas da rede pública, sendo ofertadas gratuitamente para o público indicado pelo Ministério da Saúde. A nova sala funcionará aos sábados, das 10h às 22h.

“A nossa intenção é a de atender ao público que não pode comparecer aos postos de vacinação nos horários convencionais da semana”, destacou André Sudário, CEO da Clínica do Shopping – que está localizada ao lado do supermercado Extra. Segundo o empreendedor, a sala de vacinação da clínica ficará aberta permanentemente, aos sábados.

O secretário Municipal de Saúde, George Antunes, ressalta que a parceria com a Clínica do Shopping durante a Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo foi bastante exitosa. “Para melhorar os nossos índices de vacinação estamos buscando estratégias para ampliar o acesso à população. Durante a Campanha, ampliamos o acesso e a resposta foi extremamente positiva. Agora, a nossa parceria vai ser permanente e nossa meta é ampliar cada vez mais o acesso”.

Read More...

Destaques, Saúde

Atenção: campanha de vacinação contra sarampo e pólio termina na sexta

A campanha nacional de vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo termina na próxima sexta-feira, dia 31 de agosto. Todas as crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 anos devem receber as doses, independentemente de sua situação vacinal. Dados do Ministério da Saúde revelam que 4,1 milhões de crianças em todo país ainda precisam ser imunizadas.

De acordo com o ministério, até a última sexta-feira (24), 62% do público-alvo havia sido vacinado. Foram aplicadas, ao todo, mais de 14 milhões de doses – cerca de 7 milhões de cada. A meta do governo federal é vacinar pelo menos 95% das 11,2 milhões de crianças na faixa etária estabelecida e criar uma barreira sanitária de proteção da população.

Este ano, a vacinação será feita de forma indiscriminada, o que significa que mesmo as crianças que já estão com esquema vacinal completo devem ser levadas aos postos de saúde para receber mais um reforço.

Confira também5 razões pelas quais o sarampo é uma doença muito grave

Vacina contra poliomielite está disponível nas unidades de saúde de Natal

No caso da pólio, as crianças que não tomaram nenhuma dose ao longo da vida vão receber a vacina injetável e as que já tomaram uma ou mais doses devem receber a oral. Para o sarampo, todas as crianças com idade entre um ano e menores de 5 anos vão receber uma dose da tríplice viral, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

Entre os estados com menor cobertura estão Rio de Janeiro, com 40,15% do público-alvo vacinado para pólio e 41,45% para sarampo, e Roraima, que tem 44,61% para pólio e 41,09% para sarampo. Já os estados com as melhores coberturas vacinais são Amapá, com 90,33% para pólio e 90,14% para sarampo, seguido por Rondônia, com 89,86% para pólio e 88,44% para sarampo.

Casos de sarampo

Atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo, em Roraima e no Amazonas. Até o último dia 21, foram confirmados 1.087 casos no Amazonas, enquanto 6.693 permanecem em investigação. Já Roraima confirmou 300 casos da doença e 67 continuam em investigação.

Há ainda, de acordo com o ministério, casos isolados e relacionados à importação nos seguintes estados: São Paulo (2), Rio de Janeiro (18), Rio Grande do Sul (16), Rondônia (1), Pernambuco (2) e Pará (2).

Read More...