Mundo

Governo do Irã ameaça enriquecer urânio até 20%

(ANSA) – O governo do Irã estuda enriquecer urânio até 20% caso as potências mundiais não encontrem uma forma de contornar as sanções econômicas unilaterais impostas ao país pelos Estados Unidos.

A ameaça chega um dia depois de o Irã ter anunciado que começaria a enriquecer urânio até 5%, rompendo um dos pactos do acordo nuclear de 2015, assinado por Alemanha (representando a União Europeia), China, França, Reino Unido e Rússia – os EUA deixaram o tratado no ano passado.

Segundo o porta-voz da Organização Iraniana para Energia Atômica, Behrouz Kamalvandi, citado pela agência oficial Irna, o próximo passo poderia ser enriquecer urânio até 20%, o limite do nível usado para produção de energia nuclear, mas ainda distante do necessário para fabricação de bombas, ao redor de 90%.

O ultimato de Teerã, voltado sobretudo à União Europeia, é de 60 dias. “Estamos extremamente preocupados pelos anúncios de que o Irã enriquecerá urânio além do limite previsto no acordo nuclear”, disse um porta-voz da Comissão Europeia nesta segunda-feira (8).

Já a China afirmou que a atual crise é fruto do “bullying unilateral dos EUA” contra o Irã. O governo da Rússia, por sua vez, disse que é preciso “diálogo” para reverter a situação.

O país persa já havia superado os limites de armazenamento de urânio de baixo enriquecimento e água pesada estabelecidos pelo acordo de 2015, uma vez que as sanções dos EUA inviabilizaram a exportação desses materiais, segundo Teerã.

Read More...

Mundo

Irã ameaça enriquecer urânio acima do limite

(ANSA) – O presidente do Irã, Hassan Rohani, anunciou nesta quarta-feira (3) que pretende produzir urânio enriquecido acima do limite previsto no acordo nuclear de 2015 a partir do próximo dia 7 de julho.

“A partir de 7 de julho nosso grau de enriquecimento deixará de ser 3,67%. Deixamos de lado este compromisso. Vamos elevar acima de 3,67% tanto quanto desejarmos e na quantidade que necessitarmos”, declarou o mandatário. No entanto, o novo percentual de enriquecimento não chegou a ser revelado. No último dia 1º de julho, Teerã já havia confirmado que havia excedido o limite permitido de 300 kg de estoque de urânio de baixo enriquecimento após fontes locais levantarem a suspeita, violando pela primeira vez o acordo nuclear assinado em 2015, durante o mandato do ex- presidente dos Estados Unidos Barack Obama.

O Irã chegou a anunciar no mês passado que aumentaria seu estoque de urânio enriquecido, como forma de pressionar a comunidade internacional. “Se a Europa não agir a tempo contra as sanções dos EUA, o Irã dará o próximo passo no próximo domingo”, acrescentou Rohani.

A declaração é dada no momento em que o Irã e os Estados Unidos trocam acusações e ameaças, em um clima crescente de tensão, principalmente depois que Washington saiu do acordo nuclear e anunciou sanções econômicas contra os iranianos.

Teerã, por sua vez, quer que a Europa e outros signatários do tratado façam um esforço para mantê-lo. O aumento das reservas e o nível de enriquecimento pode ser usado para a produção de armas nucleares.

Read More...

Saúde

Doença misteriosa atinge moradores de pequena cidade do Cazaquistão

Das doenças todas que podem vir a existir na face da terra, a que atinge atualmente os moradores de uma pequena cidade de Kalashi, situada ao nordeste do Cazaquistão disparadamente é a mais estranha delas. Os moradores passam vários dias seguidos dormindo, e até agora os médicos não encontraram o motivo exato que faz com que isso ocorra.

O primeiro caso dessa doença considerada misteriosa foi registrado em 2010, e desde essa época, o total de 14% da população já recorreu a hospitais com os sintomas da doença que são tontura, incapacidade de ficar em pé, cansaço e problemas de memória, entre outros.

A única coisa que se sabe dessa doença é que um líquido encontrado dentro do cérebro é o responsável pela sonolência nas pessoas. A desconfiança principal de todos é que a doença era causada pelo Urânio encontrado em algumas das regiões da cidade, mas  é uma possibilidade quase descartada, pois os mineradores que trabalhavam por lá não foram afetados.

Com isso foram levantadas outras duas possibilidades para tentar se explicar como a doença é transmitida. A população desconfia que seja através da inalação da fumaça tóxica do Urânio contido na cidade, outra possibilidade para explicar essa doença é o lixo tóxico que vem sendo lançado na cidade.

A real causa para essa doença misteriosa ainda não foi descoberta, e isso consequentemente faz com que as pessoas tenham medo de em uma crise da doença, dormir e não acordar mais.

Que seja encontrado o que faz a doença ser transmitida logo, pro bem da população que atualmente convive com o medo, todo ele proporcionado por essa doença misteriosa.

Read More...