Esporte, Futebol Nacional

Zé Ricardo se enterra cada vez mais no Flamengo

2017 começou e prometia ser o ano do Flamengo, o time que havia feito um bom ano de 2016, começou o ano e contratou o volante Rômulo, o meio Conca e atacante Berrío. Parecia ser o ano do Mengão, e o Campeonato Carioca mostrava isso, o time venceu a competição com folgas. Tudo parecia bem, mas ai veio a Libertadores.

Queda na Libertadores

O Flamengo caiu em um grupo difícil, San Lorenzo, Universidad Católica e Atlético PR, o time não conseguiu nenhum ponto fora de casa, e ainda teve uma eliminação traumática, quando perdeu o jogo para o San Lorenzo com um gol no último minuto. Mas Zé Ricardo se manteve e ainda ganhou reforços como Everton Ribeiro e Geuvanio.

Escolhas e Teimosia

Marcio Araújo !!! Titular absoluto de Zé Ricardo e um nome que causa arrepios no torcedor rubro-negro, embora o Flamengo tenha outros jogadores até que com mais nome como Rômulo e o colombiano Cuellar, Araújo não sai do time. No jogo de ontem ele falhou no segundo gol do Santos além de oferecer pouco no momento ofensivo. Além do volante nomes como o zagueiro Rafael Vaz e o goleiro Alex Muralha tiveram um alto numero de jogos e muitos atribuem aos dois algumas das derrotas do Flamengo. Esses dois saíram do time pelo apelo da torcida, mas Zé Ricardo mostrou várias vezes que gosta dos atletas.

Muitos jogadores poucos resultados

Diego Alves e Alex Muralha, dois goleiros de seleção. Rever, Rhodolfo e Juan todos com passagem por seleção, além de dois laterais por posição. Do meio pra frente uma constelação com Diego, Arão, Éverton e Éverton Ribeiro, Dario Conca, Guerrero, Berrío e sem falar dos meninos como o badalado Vinicius Junior e o centroavante Felipe Vizeu. Com tantos jogadores assim a torcida esperava muito mais do que o modesto quinto lugar no primeiro turno.

Os resultados até agora mostram que o Flamengo talvez tenha sonhos demais para ter um técnico como Zé Ricardo para comandar o elenco. O grande problema é que essa troca de comando pode ser tarde demais, porque hoje o mercado está com poucas opções.

De qualquer forma é bom Zé Ricardo melhorar suas escolhas ou morrerá abraçado com jogadores que não o levarão aos títulos e objetivos que o time do Flamengo almeja.

 

 

Read More...

Esporte

Sexto dia do Mundial de natação tem zebras e show da Rússia

O sexto dia do mundial de natação de Budapeste, foi um dia de surpresas, além de um show dos nadadores russos. Foram três medalhas de ouros e uma de prata. Os brasileiros não nadaram nenhuma final, mas o dia foi bom para nossos nadadores.

100 livre feminino tem surpresa americana

Os Estados Unidos são favoritos em quase todas as provas desde mundial, porém nos 100 livre feminino o favoritismo era da sueca Sarah Sjostrom que havia batido o recorde mundial quando abriu o revezamento sueco. Mas Sarah começou muito forte a prova e cansou no final ficando com a medalha de prata. Quem não cansou e nadou muito bem foi a nadadora americana Simone Manuel, a atual campeã olímpica cresceu na hora da chegada e venceu com o tempo de 52.31. O terceiro lugar ficou com a dinamarquesa Pernille Blume.

200 costas masculino tem surpresa russa

O show russo começou na prova dos 200 metros costa masculino, Evgeny Rylov venceu a prova e o campeão olímpico e recordista mundial da prova Ryan Murphy. Rylov começou muito forte a prova e abriu uma grande distancia nos primeiro 100 metros, no final o russo cansou e viu Murphy chegar perto, porém a distancia era muito grande. O terceiro lugar ficou com o também americano  Jacob Pebley.

200 peito feminino e mais uma medalha russa

Depois de duas zebras, foi a vez de uma favorita vencer, Yulia Efimova mostrou porque é uma das maiores da modalidade e venceu a prova de ponta a ponta, por pouco não quebrou o recorde mundial. A russa terminou a prova com o tempo de 2:19.64, muito a frente da segunda colocada a americana Bethany Galat que ficou com o tempo de 2:21.77, o bronze ficou com a chinesa Shi Jinglin com 2:21.93.

200 peito masculino e filme repetido mais um ouro russo

Apesar de estar com o melhor tempo da prova Anton Chupkov fez a torcida russa ter muitas emoções. O nadador fez uma prova de recuperação, passou os primeiros 50 metros em último lugar, enquanto os japoneses  Yasuhiro Koneki e Ippei Watanabe brigavam pela ponta. Mas nos últimos 50 metros o russo teve uma recuperação sensacional saindo do quarto para o primeiro lugar com o tempo de 2:07.14, seguido por Koneki com 2:07.29 e Watanebe  2:07.47.

Programação de amanhã 29/07

4h30: eliminatórias 1500m live masculino (Guilherme Costa), 50m livre feminino (Etiene Medeiros), 50m costas masculino (Guilherme Guido), 50m peito feminino e 4x100m livre misto – SporTV 2

12h30: final dos 50m livre masculino, semifinal dos 50m livre feminino, final dos 800m feminino, semifinal 50m costas masculino, final 200m costas feminino, semifinal 50m peito feminino, final 100m borboleta masculino, final 50m borboleta feminino e 4x100m livre misto – SporTV 2

Read More...

Esporte

Estados Unidos brilha no quinto dia do mundial de natação. Confira todas as provas

Quinto dia de mundial de natação e mais um dia de domínio americano, domínio esse que foi quebrado pela brasileira Etiene Medeiros ao conquistar a medalha de ouro nos 50 metros costas. Outro brasileiro que caiu na água foi Marcelo Chierighini que ficou em quinto nos 100 metros livre, prova que teve dobradinha americana. 

200 medley prova com DNA americano

Michel Phelps, Ryan Lochte esses são alguns dos nomes que dominaram essa prova nos últimos anos, agora com Phelps aposentado e Lochte suspenso após brigar no Rio de Janeiro, o mundo assiste mais um talento americano nascer, Chase Kalisz. O nadador travou hoje um embate com o japonês Kosuke Hagino. O oriental começou bem a prova liderando no nado borboleta e no nado costas, mas Kalisz recuperou no nado peito, no final o japonês tentou buscar no nado livre, mas o americano estava muito a frente e venceu com o tempo de 1:55.56. O bronze ficou com o chines Wang Shun.

200 borboleta feminino com espanhola jogando “água no chopp de dona da casa”

Katinka Hosszu é a principal atleta da Hungria nos últimos anos, a “dama de ferro” como é conhecida é a principal estrela dos donos da casa no mundial. Porém na prova dos 200 metros do borboleta ela ficou apenas com a medalha de bronze, Hosszu foi superada pela espanhola Mireia Belmonte e pela alemã  Franziska Hentke. A húngara começou na frente passando os primeiros 100 metros na frente, entretanto Mireia manteve-se firme na prova e tomou a ponta sendo pressionada pela alemã. Mas na batida de mão o ouro ficou para ela com o tempo de 2:05.26. seguida por 13 milésimos de segundo a frente da segunda.

4 x 200 fechou o dia dourado para os EUA

No revezamento 4 por 200 metros feminino os Estados Unidos eram favoritos, porém China e Russia deram sufoco para as americanas. As russas começaram forte a prova e as duas primeiras nadadoras mantiveram a ponta. Na terceira nadadora a china tomou a ponta e deu sufoco para os Eua. O sufoco acabou quando Katie Ledecky caiu na água, ai a maior vencedora das história dos mundiais venceu mostrou porque é uma das melhores de todos os tempos e abriu um corpo das chinesas. Ela fechou o revezamento com 7:43.39, seguidas pela China com 7:44.96 e a Austrália acabou passando a Russia e fechou o terceiro lugar com 7:44.96.

Programação de sexta

4h30: eliminatórias 50m livre masculino (Cesar Cielo e Bruno Fratus), 800m livre feminino, 200m costas feminino, 100m borboleta masculino (Henrique Martins), 50m borboleta feminino e 4x200m masculino – SporTV 2

12h30: semifinal dos 50m livre masculino, final dos 100m livre feminino, final dos 200m costas masculino, semifinal dos 200m costas feminino, final dos 200m peito masculino, final dos 200m peito feminino, semifinal dos 100m borboleta masculino, semifinal dos 50m borboleta feminino e final 4x200m masculino – SporTV 2.

Read More...

Esporte

Marcelo Chierighini fica em quinto nos 100 livre; saiba como foram os outros brasileiros no mundial

48.11, esse foi o tempo de Marcelo Chierighini nadador brasileiro na final dos 100 metros nado livre. Curiosamente, esse tempo é o melhor tempo da carreira do atleta e ele já repetiu algumas vezes. Chierighini que havia realizado o melhor tempo da prova toda no revezamento era um dos favoritos, mas não conseguiu subir ao pódio. Em entrevista ao Sportv, o atleta disse que esperava mais. “Tenho que sentar com meu técnico e ver porque não abaixo esse tempo na prova”.

A prova

Com o brasileiro largando com o pior tempo da prova, restou para nosso atleta atacar e ele passou bem lutou até o fim ficando em quinto. Quem largou ainda melhor foi o americano Caeleb Dressel, considerado por muitos dono da melhor saída do mundo ele tomou conta da prova e venceu com o tempo de 47.17 o melhor tempo sem trajes tecnológicos. Na segunda colocação ficou o também americano Nathan Adrian com o tempo de 47.87, o veterano fez uma prova de recuperação e passou nos metros finais o francês  Mehdy Metella que terminou com o tempo de 47.89. É interessante ressaltar que os Estados Unidos não venciam essa prova em mundiais desde 2001 com Irving. O recorde mundial da prova ainda é do brasileiro Cesar Cielo.

Léo de Deus não passa para a final dos 200 costas

Outro nadador brasileiro que caiu na água hoje a tarde foi o nadador Léo de Deus, o atleta que confessou em entrevistas não estar no seu melhor momento já havia ficado no quase na prova dos 200m borboleta. Hoje nas semifinais do costas Léo ficou em sexto na sua série e melhorou seu tempo em relação ao tempo nadado de manhã e ficou com um décimo primeiro tempo. O melhor tempo da prova ficou com o chines Xu Jiayu.

Manuela Lyrio e Thiago Simon não se classificam pela manhã

Outros dois brasileiros que estiveram na água do dia de hoje foram Manuela Lyrio que nadou a prova dos 100 metros livre e Thiago Simon que nadou o 200 metros nado peito. A brasileira ficou com a  22ª posição com o tempo de 55s32, a final acontece amanhã e a sueca Sara Sjostrom é a grande favorita.

Já Simon nadou os 200m peito em 2m14s23 e terminou na 26ª posição, amanhã o favorito é o russo Anton Chupkov, nas semifinais ele quebrou o recode do campeonato com o tempo de 2:07.14.

Read More...

Esporte

Etiene Medeiros: mulher, negra, nordestina e campeã mundial

Na tarde desta quinta-feira (27), a pernambucana Etiene Medeiros conquistou a medalha de ouro na prova dos 50 metros costas no mundial de natação de Budapeste – na Hungria. Etiene que no último mundial ficou com a medalha de prata na mesma prova, superou a rival chinesa Fu Yuanhui e ficou com tempo de 27s14 – um centésimo a menos que a rival.

A prova

Logo na largada a brasileira tomou a ponta, a partir dos 25 metros a chinesa cresceu e a briga foi braçada a braçada, na chegada a medalha parecia que ia escapar, mas na chegada o momento em que as atletas jogam o braço para atrás, Etiene foi mais feliz e conseguiu por um centésimo vencer a chinesa. A medalha de Bronze ficou com a atleta da Bielorrússia Aliaksandra Herasimenia com o tempo de 27.23, a atleta era a mais velha da prova.

Etiene pioneira na natação brasileira

Primeira nadadora brasileira a ganhar medalha em campeonatos mundiais tanto em piscina longa quanto em piscina curta, primeira mulher a conquistar uma medalha de ouro em jogos Pan-americanos, primeira mulher a subir no pódio em campeonatos mundiais, primeira mulher brasileira a bater um recorde mundial (recordista mundial nos 50 metros costas em piscina curta). Enfim são muitas conquistas para a brasileira.

Nadadora polivalente

Muitas pessoas criticam alguns nadadores por não irem bem em provas não olímpicas, já que o 50 metros costas não está no cronograma olímpico. Mas Etiene coleciona conquistas nos 100 metros costas, 50 metros livre e 100 metros livre, além de nadar o 100 metros borboleta em algumas provas. Ou seja se tem prova rápida tem Etiene.

Read More...