Brasil

Projeto de lei aumenta pena para quem sequestrar crianças e adolescentes

O Projeto de Lei 3090/19 altera o Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40) para aumentar a pena do crime de sequestro e cárcere privado praticado contra criança ou adolescente. Pelo texto, o crime será punido com reclusão de 5 a 20 anos.

A lei vigente pune, com reclusão de um ano a três anos, quem privar alguém de liberdade por meio de sequestro ou cárcere privado. Essa pena pode chegar a cinco anos se o crime for praticado contra parentes ou se durar mais de 15 dias, entre outras situações.

Autor do projeto, o deputado David Soares (DEM-SP) argumenta que os comportamentos verificados nesse tipo de conduta demonstram grave ofensa à integridade física e psicológica da vítima. “Leva tempo para que essas crianças e adolescentes voltem ao normal, isto é, se um dia tais condições poderão ser restauradas”, disse.

Tramitação

O projeto será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois, seguirá para o Plenário.

Read More...

Destaques, Plantão Policial

Após sequestro relâmpago, filho de ex-prefeito de Lajes é morto a tiros

Um fato lamentável aconteceu na tarde desta quarta-feira (15) em Natal. É que o filho do ex-prefeito de Lajes, Benes Leocádio, foi morto a tiros durante um sequestro relâmpago na capital do Rio Grande do Norte. Benes Júnior tinha 16 anos.

De acordo com informações da Polícia Militar, o adolescente foi abordado por criminosos enquanto tinha ido buscar documentos dentro do carro que estava estacionado na Avenida Romualdo Galvão, no Tirol. Naquele momento, os bandidos roubaram o veículo e levaram o adolescente como refém.

Ainda segundo informações da PM, os dois bandidos circularam por quase uma hora com o adolescente até que se depararam com uma viatura na Avenida Moema Tinoco, na Zona Norte de Natal. Houve perseguição e troca de tiros com a polícia.

Durante a ação, um criminoso e o adolescente foram baleados. De imediato, o jovem foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Pajuçara, mas infelizmente ele havia chegado sem vida ao local. Um dos criminosos também morreu, enquanto o outro foi preso e levado para a Central de Flagrantes.

Segurança Pública do RN

Em nota, a secretária de Segurança Pública, Sheila Freitas, lamentou o fato e afirmou que “o crime não terá trégua”. Confira na íntegra:

“Vivemos uma guerra. Uma guerra sem tréguas. Todos os dias, milhares de policiais saem de suas casas para enfrentar o crime organizado, o tráfico de drogas e as facções criminosas. Todos os dias prendemos bandidos, desmontamos quadrilhas e exercemos a força da lei e do Estado. Hoje, durante mais uma ação contra o crime, perdemos mais uma vida. A vida de mais um jovem. Mas o crime não vai nos vencer. O crime que toma conta do país, e que aqui se instalou,não vai vencer o Estado do Rio Grande do Norte. Com toda a dor de quem é mãe, mulher e policial, quero aqui dizer que vamos lutar com todas as nossas forças, erguer nossas muralhas e aumentar ainda mais a nossa energia. Em honra ao jovem de hoje e aos potiguares que pereceram nesta guerra e que não conseguimos proteger em sua plenitude. O crime não terá trégua. Não vai me vencer. Não vai vencer as polícias do RN. E não vai vencer um estado inteiro de cidadãos de bem.”

Sheila Freitas.

Secretária de Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Norte.

Quem é Benes Leocádio?

É um político conhecido no Rio Grande do Norte. Ele é ex-prefeito de Lajes, cidade que fica a 133,8 quilômetros de Natal, município importante da região central do estado. Além disso, Benes já foi presidente da Federação dos Municípios do RN (Femurn).

Recentemente ele foi cotado para ser candidato a vice-governador na chapa do PSD, mas seu partido, o PTC, optou pela candidatura dele a deputado federal. Benes Leocádio tem 52 anos.

Read More...

Mundo

Estado Islâmico sequestra cerca de 400 civis no leste da Síria

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) sequestrou cerca de 400 civis, entre os quais mulheres e crianças, depois de um ataque no sábado (16) à cidade de Deir Ezzor, no Leste da Síria. A ofensiva deixou 135 mortos.

O diretor do Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), Rami Abdel Rahmane, disse que os cerca de 400 civis foram levados do bairro de Al-Baghaliyeh e de zonas próximas para regiões controladas pelo Estado Islâmico (EI). Entre os sequestrados, estão mulheres, crianças, famílias e combatentes pró-regime, informou o responsável da organização não governamental

As pessoas raptadas foram levadas para outras regiões sob o controle dos jihadistas no oeste da província de mesmo nome (Deir Ezzor) e para província vizinha de Raqqa, acrescentou Rahmane.

No sábado, o EI lançou uma grande ofensiva em várias áreas da cidade, tomando o controle do bairro de Al-Bagheliyeh. De acordo com o OSDH, pelo menos 85 civis e 50 combatentes pró-regime foram mortos, a maior parte executados.

A agência oficial de notícias síria Sana citou moradores que denunciaram um massacre com 300 civis mortos. Segundo o OSDH, a ofensiva permitiu que a organização jihadista avançasse no norte da cidade de Deir Ezzor, controlando cerca de 60% da área.

Esta manhã, as forças do regime combatiam no noroeste da cidade, enquanto os subúrbios de Al-Bagheliyeh foram alvo de ataques aéreos noturnos de aviação da Rússia, aliada do regime do presidente Bashar al-Assad. O regime mantém o controle de zonas de Deir Ezzor e de um aeroporto militar nas proximidades.

Da Agência Brasil

Read More...

Mundo

Sequestro em hotel no Mali acaba com 27 reféns e dois jihadistas mortos

Fontes da Organização das Nações Unidas (ONU) disseram que o sequestro do Hotel Radisson em Bamako, capital do Mali, terminou com 27 reféns e dois jihadistas mortos. O hotel foi retomado hoje (20) por forças de segurança especiais francesas após ser invadido pela manhã por homens armados que mantinham 125 clientes e 13 funcionários reféns.

Os grupos terroristas Al Qaeda, no Magrebe Islâmico, e Al Murabitun assumiram a autoria do “ataque conjunto” de hoje.

A autoria do ataque foi informada por telefone à agência de notícias privada da Mauritânia, Al Ajbar, que mantém contato com grupos jihadistas da região do Sahel. Esta é a primeira vez que as duas organizações jihadistas declaram ter operações conjuntas. O Al Murabitun, liderado pelo argelino Mokhtar Belmokhtar, é um dos grupos mais ativos na região do Sahel.

Da Agência Brasil

Read More...

Mundo

Homem que mantinha reféns em agência de correios na França, se entrega à polícia

O homem que na manhã desta sexta-feira (16) fez dois reféns numa estação de correios nas proximidades de Paris rendeu-se à polícia. Segundo o canal de televisão BFMTV, a invasão à agência, em Colombes, terminou por volta das 14h30 horas (horário da França), uma hora e meia depois de ter começado.

Uma fonte policial descartou desde o início da operação a possibilidade de se tratar de um ataque terrorista. O homem armado conseguiu deter duas pessoas na agência de correios, após várias pessoas terem fugido, segundo fontes policiais citadas pela agência France Presse.

O suspeito telefonou à polícia “dizendo frases desconexas” e afirmando estar fortemente armado, com granadas e um rifle kalashnikov, segundo as primeiras informações obtidas durante a investigação.

Um helicóptero dos serviços de emergência foi destacado para a área, onde foi instalado um perímetro de segurança.

Read More...