Destaques, Natal

“Startup Day Natal” terá interação através de realidade aumentada

Sabe aquela tecnologia em que se aponta a câmera do celular e na tela aparecem imagens, animações ou informações que normalmente não seriam vistas a olho nu? Esse recurso vai estar disponível para ser conferido neste sábado, dia 18 de maio, durante a quinta edição do Startup Day Natal – ação que será realizada simultaneamente em todo o país. A realidade aumentada será utilizada para lançar desafios e premiar os participantes ao longo do dia. O evento está programado para começar às 8h, na sede do Sebrae no Rio Grande do Norte.

Para participar dos desafios que serão lançados, é necessário baixar o aplicativo Sebrae RN Realidade Aumentada, que está disponível na Google Play Store e na App Stores para aparelhos com sistemas Android e IOS respectivamente. Com o aplicativo, basta apontar a câmera para os marcadores de realidade aumentada com a logomarca do evento que vão estar posicionados em vários pontos do Sebrae.

O uso de realidade aumentada é apenas um dos atrativos do evento. No Serendeepity Lounge, que vai funcionar no estacionamento do prédio, ocorre o desafio The Four Keys Challenge, que vai premiar cada vencedor dos desafios propostos. Tudo isso ao som da banda Fuel for Rock, que se apresenta das 8h às 9h. E tem muitas outras atrações ao longo do dia.

Ao visualizar as animações em realidade aumentada, o usuário poderá participar de desafios

O Startup Day Natal vai reunir donos de startups, potenciais empreendedores e o público interessado em inovação e novas tecnologias. O evento, considerado como um dos mais importantes no segmento de startups no Brasil, é uma oportunidade para a troca de experiências, conhecimento e realização de negócios. No RN, foi montada uma programação que proporciona capacitação compartilhamento de experiências e conexão com o ecossistema de inovação.

A programação contempla bate papo, palestras, games, desafios, dinâmicas e network com empreendedores de várias partes do Brasil e também do exterior. Serão mais de 60 atividades distintas, distribuídas nas 20 estações, que serão estruturadas nos quatro espaços (Learn Space, Attend Space, Business Space, Incubadoras do RN) do Startup Day. A programação é totalmente gratuita e as inscrições podem ser feitas pela internet, através do endereço doity.com.br/startupday2019natal.

As novas tecnologias estão revolucionando as relações de consumo e criando novos mercados a cada dia. Com isso, o crescimento do setor de startups no Brasil tem sido vertiginoso. Em 2012, existiam 2.519 empresas cadastradas na Associação Brasileira de Startups (ABStartups). Em apenas sete anos, esse número já supera a marca de 10 mil empresas. Um crescimento de quase 300%. Apesar de não ter dados precisos sobre a quantidade exata de startups no Rio Grande do Norte, a comunidade de Startups do RN possui mais de 3 mil integrantes é considerada uma das maiores do Brasil a reunir os principais atores do ambiente de inovação digital.

Os setores onde as startups mais têm se destacado são educação (edutechs), agronegócio (agrotechs), finanças (fintechs), internet, propaganda, comunicação, comércio eletrônico e saúde e bem-estar. Também há um número expressivo de startups nos setores de logística e mobilidade urbana, entretenimento, eventos e turismo.

Read More...

Destaques, RN

Uvas no semiárido: uma cultura promissora para o Rio Grande do Norte

Que o Rio Grande do Norte é conhecido pela produção de frutas tropicais irrigadas já não é novidade, mas o que pouca gente ainda sabe é que o estado agora está começando a ser um produtor de frutas não tão comuns para a região. A uva, por exemplo, já é uma realidade em algumas áreas potiguares e é uma cultura promissora. A introdução da viticultura no semiárido ganhou força com a pesquisa de Django Jesus Dantas, aluno do pós-doutorado do Programa de Fitotécnica da Ufersa.

Django iniciou os experimentos com uva no semiárido em 2010 na Fazenda Experimental da Ufersa. Nesses 8 anos, já foram realizadas inúmeras análises com ótimos resultados. O pesquisador iniciou os testes com as variedades de uva Itália, Izabel e Niagara e de uns tempos pra cá começou a experimentar também variedades de uvas sem sementes do tipo Ísis e Vitória, lançadas pela Embrapa em 2013 e atualmente bem produzidas no Vale do São Francisco, entre Pernambuco e Bahia.

No RN, a variedade Ísis começou a ser plantada graças a um Acordo de Cooperação Técnica entre a Ufersa, o IFRN e o SEBRAE. O plantio foi realizado numa área do Instituto Federal, em Apodi, com o acompanhamento do pesquisador Django e também dos professores Glauber Henrique Nunes, da Ufersa, e Renato Alencar, do IFRN. Pelo que foi firmado, as pesquisas com as variedades da uva ficaram sob a responsabilidade da Ufersa,  do IFRN a extensão, e a iniciativa de levar o projeto para produtores, ficou a cargo do SEBRAE.

Uvas no semiárido do rio grande do norte

Plantados em janeiro de 2017, os primeiros parreirais da variedade Ísis no RN já cresceram em média 1,80 metro e estão dando os primeiros cachos. As uvas enchem os olhos dos pesquisadores e de todos os visitantes. Segundo Django, esse experimento testa duas variedades de copa e duas variedades de porta-enxerto. Com os cachos formados, a colheita se aproxima e mais análises também.

As uvas sem sementes estão sendo avaliadas em laboratórios para verificar, entre outras características, o “brix” que é o teor de doçura da fruta. A ideia é deixar as uvas na condição necessária para a exportação.

As pesquisas realizadas logo no início na Fazenda Experimental da Ufersa e agora no IFRN comprovam que o Rio Grande do Norte, mais precisamente o seu semiárido, tem um grande potencial para o desenvolvimento da viticultura, que já é uma realidade em algumas áreas. Em Martins, na Região Serrana, por exemplo, tem produtores plantando uvas com o objetivo de abrir uma vinícola.

Segundo Django, as pesquisas começaram e devem ter continuidade. A produção de uvas no Rio Grande do Norte chega para diversificar a produção e assim mexer na cadeia produtiva onde tem o melão como um dos principais produtos de exportação no momento.

A uva foi a primeira a ser testada, mas o professor da Ufersa, Glauber Nunes, adianta que em breve, novas cultivares também começarão a ser experimentadas no semiárido, a exemplo da maçã, pêra, o pêssego e o caqui. Todas essas pesquisas e análises mostram a importância da ciência para a sociedade e para o Brasil.

Read More...

Destaques, RN

Mais de 16 mil MEIs tiveram registro cancelado no Rio Grande do Norte

A inadimplência ou falta de parcelamento dos débitos fiscais junto à Receita Federal levaram quase 16,7 mil Microempreendedores Individuais (MEI) do Rio Grande do Norte a ter o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) cancelado. No ranking de exclusão, o RN está entre os estados com o menor índice de cancelamento em números absolutos, ocupando a 18ª posição entre todas as unidades da federação. Em todo o país, 1,3 milhão de MEIs foram excluídos dessa categoria jurídica.

O cancelamento dos CNPJs faz parte das estratégias do governo federal de atender melhor os negócios formalizados como MEI no sentido de elaborar políticas públicas que ajudem no desenvolvimento dessas empresas. Os empreendedores irregulares foram notificados pela Receita Federal em outubro do ano passado para regularização dos débitos. Foram notificados aqueles MEIs que não fizeram nenhum pagamento do boleto mensal nos três últimos anos e que estavam com as Declarações Anuais do Simples Nacional (DASN-SIMEI) atrasadas.

O cancelamento é previsto na Lei Geral da Microempresa e Empresa de Pequeno Porte e regulamentado pela Resolução n.º 36/2016, do Comitê Gestor da Rede Nacional para Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios (CGSIM).

Com a baixa de quase 17%, o Brasil passou de 7,8 milhões de MEIs para 6,42 milhões de empreendedores inscritos nessa figura jurídica. Com a redução, o Rio Grande do Norte, que contabilizava 103.794 microempreendedores, agora conta com 87.119 negócios formalizados como MEI.

Na avaliação da coordenadora do MEI no Sebrae-RN, Ruth Maia, esse percentual de MEI que estava inadimplente provavelmente já estava com o negócio fora de operação e, por isso, não impactava na arrecadação de impostos nem influenciava no atendimento do Sebrae a esse público.

Quem se enquadra no MEI?

É considerado MEI aqueles profissionais que trabalham por conta própria e que ganham até R$ 81mil por ano. Para ser enquadrado como MEI, o empreendedor precisa exercer uma das mais de 400 atividades regulamentadas para essa categoria de negócio, não deve ter participação em outra empresa, podendo ter até um empregado.

Um dos principais atrativos do programa do MEI é a tributação diferenciada. O empreendedor pagar um valor mensal fixo que corresponde a 5% do salário mínimo. A maior parte desse recolhimento vai a cobertura previdenciárias, e R$ 5 de ISS para o município, se a atividade for serviço, ou R$ 1 de ICMS para o estado, se for comércio ou indústria.

Com o registro, o trabalhador passa a ter CNPJ e a emitir notas fiscais, atuando como uma empresa, o que também facilita financiamentos e aluguel de máquinas de cartão de débito e crédito. Além disso, o MEI tem garantias de benefícios previdenciários, como auxílio-doença, salário-maternidade e aposentadoria por idade, mediante pagamento mensal de no máximo R$ 53,70.

Read More...

Destaques, Processo Seletivo

Sebrae-RN abre processo seletivo para o Programa Trainee 2018

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Rio Grande do Norte (Sebrae-RN) divulgou a abertura do processo seletivo que visa o preenchimento de vagas no Programa de Iniciação Profissional – Modalidade Trainee, destinado a profissionais de nível superior e recém-graduados entre dezembro de 2015 e fevereiro de 2018.

Serão abertas 11 (onze) vagas, sendo 01 (uma) para pessoa com deficiência (em Natal) e as demais
distribuídas entre os 09 (nove) Escritórios Regionais nos seguintes municípios:

  • APODI – Escritório Regional do Médio Oeste
  • ASSU – Escritório Regional do Vale do Açu
  • CAICÓ – Escritório Regional do Seridó Ocidental
  • CURRAIS NOVOS – Escritório Regional do Seridó Oriental
  • JOÃO CÂMARA – Escritório Regional do Mato Grande
  • MOSSORÓ – Escritório Regional do Oeste
  • NOVA CRUZ – Escritório Regional do Agreste
  • PAU DOS FERROS – Escritório Regional do Alto Oeste
  • SANTA CRUZ – Escritório Regional do Trairi
  • NATAL – Sede (*)

Para participar da seleção, é necessário que o interessado tenha relação com uma das seguintes áreas: Administração de Empresas; Ciência da Computação; Sistema de Informação; Tecnologia da Informação; Ciências Contábeis; Ciências Econômicas; Ciências Sociais (Sociologia); Comunicação Social (Relações Públicas, Publicidade e Propaganda, Jornalismo, Marketing); Direito; Engenharias; Estatística; Pedagogia; Psicologia; Turismo e Serviço Social.

O período de contratação é de 12 meses, podendo ser prorrogado por mais 12 meses. A jornada de trabalho é de 40h semanais, conforme CLT, e a remuneração é de R$ 4.000,00, além de benefícios como: vale alimentação, vale transporte, seguro saúde, seguro de vida em grupo, seguro odontológico e plano de previdência complementar (opcional).

As inscrições serão efetuadas por meio eletrônico no período de 1º de fevereiro, a partir das 8h, até às 23h59 do dia 28, exclusivamente no endereço funcern.br/concursos.

Para formalizar a inscrição, é necessário:

  • Ser brasileiro nato ou naturalizado, ou cidadão português que tenha adquirido a igualdade de direitos e obrigações civis e o gozo dos direitos políticos (Decreto nº 70.436, de 18.04.72 e Constituição Federal);
  • Haver concluído curso de graduação em reconhecida Faculdade/Universidade pelo MEC, no período de dezembro/2015 até 28/02/2018;
  • Estar em dia com as obrigações militares, se do sexo masculino;
  • Ter situação regular perante a legislação eleitoral;
  • Ter CNH na categoria B.
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das especificidades exigidas;
  • Pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 60,00 (sessenta reais).
  • Ter disponibilidade de fixar residência em qualquer um dos seguintes municípios: Pau dos Ferros, Mossoró, Assu, Apodi, João Câmara, Caicó, Currais Novos, Santa Cruz, Nova Cruz, e Natal, no caso da vaga para Pessoa com Deficiência.

Dúvidas e informações devem ser tratadas pelo e-mail traineesebrae2018@funcern.br ou consultando o Edital (clique aqui).


Se você quer ficar por dentro das novidades de concurso público no Rio Grande do Norte, cursos preparatórios e manter o contato com outros concurseiros, participe do nosso grupo no Facebook (clique aqui).

Read More...

Macaíba‏

Prefeitura de Macaíba passa a oferecer assessoria técnica para MEI

A Prefeitura de Macaíba, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SEMDE), está oferecendo assessoria técnica para auxiliar pequenos comerciantes e prestadores de serviços locais na formalização de seus negócios, ou seja, para atuar como microempreendedor individual (MEI). Uma equipe da pasta foi devidamente capacitada pelo SEBRAERN para atender a esse público.

Os interessados em adquirir mais informações sobre o assunto podem comparecer na sede da SEMDE, situada na Rua Frei Miguelinho, nº 178, Centro, de segunda a sexta, das 8h às 12h ou das 13h às 17h.

A documentação necessária a ser apresentada é: RG, CPF, comprovante de residência (de casa e do local de trabalho) e título de eleitor. Os telefones para contato são 3271-2679 e/ou 98151-8705.

Como se formalizar?

Para atuar como microempreendedor individual, a pessoa deverá ter uma renda anual de, no máximo, 60 mil reais – mas, a partir de 2018 essa média poderá atingir até 80 mil. O processo de formalização não tem custo, restando ao Microempreendedor o pagamento do valor fixo mensal de até R$ 50,00, sendo: 5% do valor do salário mínimo (R$ 44,00) de INSS mais R$ 1,00 de ICMS, para indústria ou comércio; e 5% do valor do salário mínimo (R$ 44,00) de INSS mais R$ 5,00 de ISS, para o setor de serviços. O valor é recolhido através do Documento de Arrecadação do Simples Nacional do Microempreendedor Individual (DAS-MEI).

Os valores referentes ao recolhimento mensal (DAS-MEI) são destinados à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS e sofrerão reajustes anuais de acordo com o salário mínimo. Sua quitação deverá ser efetivada através de boletos emitidos no Portal do Empreendedor. Com essas contribuições, o Microempreendedor Individual tem acesso a benefícios como auxílio maternidade, auxílio doença, aposentadoria, entre outros.

Para mais notícias do Rio Grande do Norte, clique aqui!

Read More...