Destaques, Educação

Escolha profissional: veja o que precisa saber sobre o teste vocacional

Muitos estudantes quando chegam ao 3º ano não sabem exatamente qual carreira seguir. Além do fechamento de ciclo da vida escolar, este é um momento de grandes mudanças para dar o primeiro passo para um futuro profissional. Afinal ter uma carreira de sucesso é o desejo de todos. E quando você ainda não sabe o que fazer neste momento decisivo? Direito ou Administração? Enfermagem ou Medicina? Humanas ou Exatas?

O teste vocacional é a melhor alternativa. Profissionais especializados podem “ajudar”, mas nunca “decidir” por você, lembre-se disso. Em contrapartida, não é incomum algumas pessoas saírem do processo ainda sem resposta. Algumas vezes, até começam o curso sem a certeza da profissão desejada.

Os últimos dados, divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), com base no Censo de Educação Superior, apontam que mais de 1.392.470 estudantes passaram por situações de instabilidades com a vida universitária, entre os anos de 2010 e 2015.

No Brasil, cerca de 56% dos estudantes que ingressaram em uma universidade acabaram desistindo no meio do caminho ou trocaram de curso no decorrer da graduação. No Nordeste, para os 376. 020 ingressantes, 198.454 universitários desistiram do curso alcançando a porcentagem de 52,8%. Ou seja, mais da metade dos ingressantes abandonam a faculdade antes de conquistar o diploma.

Os cursos com maior incidência de desistência são: Administração (182.591), Direito (128.728), Pedagogia (100.743), Ciências Contábeis (59.002), Enfermagem (43.429) e Serviço Social (34.498).

Como funcionam os testes vocacionais?

Psicólogos, coachs e orientadores são aptos para fazer os testes vocacionais, avaliações com o objetivo de trazer clareza para quem está em busca de qual curso escolher. O objetivo dos testes é analisar o conjunto de características específicas da personalidade para conseguir apontar áreas ou profissões mais adequadas.

Por que os testes vocacionais não são suficientes?

Quando você fizer o teste vocacional, talvez saia de lá com sua carreira quase escolhida mas, se isso não ocorrer, é normal. Os profissionais são aptos a te ajudar mas pode ser que algumas perguntas não consigam alcançar o seu perfil – incluindo sonhos, medos, valores, ambições e propósito.

Como saber minha vocação? E como aproveitar bem o teste vocacional?

A decisão da escolha do curso envolve muitos fatores: interesses, habilidades, talento, objetivo financeiro, entre outros. É possível, por exemplo, listar alguns pontos importantes da sua personalidade. Coloque tudo que te importa e te move no papel da forma que achar melhor. Assim, você pode visualizar o que deve ser levado em conta. Com isso, faz sentido listar áreas, cursos e profissões que se encaixem com o que você busca.

Read More...

Destaques, Educação

5 cursos para quem gosta de matemática concorrer pelo Enem

disciplina que envolve o universo dos números não é nem de longe a queridinha de muitos brasileiros. Porém, ela é a preferida de alguns estudantes, que além de gostar da matemática, pensam em seguir carreira em profissões que exigem um bom entendimento de cálculos, medidas, variações e estatísticas.

Para quem não resiste à ciência do raciocínio lógico e abstrato e quer escolher um curso superior para concorrer a uma vaga na faculdade por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) há opções de carreiras. Conheça algumas graduações para os amantes dessa área do conhecimento.

Confira a lista:

Cursos para quem gosta de matemática

1. Engenharia de Alimentos   

O curso de Engenharia de Alimentos forma profissionais aptos para atuar diretamente ligado ao estudo da produção de alimentos em escala industrial. A titulação é de grau bacharelado e no mercado de trabalho podem atuar em todas as etapas do processo de fabricação e conservação de alimentos, como também no desenvolvimento de técnicas, maquinários e software, definição de métodos de tratamento de resíduos, entre outros. 

Por se tratar de um curso da área da Engenharia, após a graduação os profissionais precisam fazer o registro profissional junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) do estado onde vai atuar.

2. Ciências Contábeis

O contador é responsável pelas contas da empresa ou pessoa física contratante, fazendo o registro e o controle de receita, auditoria e perícia das áreas contábeis. O curso de Ciências Contábeis é uma graduação de nível superior com titulação de bacharelado. A graduação é direcionada para quem tem o perfil voltado para organização e aptidão para lidar com números.

3. Ciência da Computação

curso de Ciências da Computação tem duração média de quatro anos e é disponibilizado na modalidade de bacharelado. Durante a graduação, o estudante é preparado para desenvolver, implantar e manter sistemas de acordo com metodologia e técnicas adequadas, com o objetivo de dar maior qualidade, custos, prazos e benefícios, aos processos e rotinas de trabalho das áreas.

4. Estatística

O curso de Estatística é uma graduação de nível superior com titulação de bacharelado da área das Ciências Exatas. Ao longo dos quatro anos de estudo os estudantes são capacitados para trabalhar com a coleta, análise e interpretação de dados numéricos no estudo de fenômenos naturais, econômicos e sociais. No mercado de trabalho pode atuar com o levantamento de informações por meio de questionários, entrevistas, medições e análise de dados, visando ajudar na tomada de decisões de empresas.

5. Matemática

graduação em matemática conta com duas modalidades de titulação: bacharelado e licenciatura. Independente da habilitação, o curso tem duração média de quatro anos. Quem opta pela graduação com titulação de bacharelado, pode atuar em indústrias e empresas juntamente com equipes multidisciplinares e desenvolver atividades como resolução de problemas que envolvem cálculos e lógica, como desenvolvimento de produtos, por exemplo.

Já o profissional que opta pela licenciatura atua no campo da docência, ministrando aulas, como professor na educação básica ou até mesmo no nível superior – a depender da continuação acadêmica em mestrados.

Fonte: Agência Educa Mais| Géssica Santos

Read More...

Destaques, Empregos e Estágios

Saiba quais profissões oferecem os melhores salários da atualidade

Um levantamento feito pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) apontou que a área de Engenharia e Sistema da Informação registraram as remunerações mais altas até agora em 2018.

No ranking do Caged, que traz as profissões com os maiores salários, podemos observar que a pessoa que ingressa no curso de Engenharia Mecânica, pode obter um salário médio de R$ 9 mil. O curso de Sistema da Informação se encontra em segundo lugar e apresenta um salário médio de R$ 8 mil.

Na hora de escolher essas e outras graduações que são lucrativas, é bom lembrar que o perfil do profissional e os possíveis cargos que ele pode ocupar também influenciam. A remuneração depende também de fatores como região, tempo de carreira e cargo ocupado.

Uma pesquisa realizada pelo IBGE também revelou que o salário é proporcional ao tempo gasto com os estudos. O levantamento descobriu que aqueles com 12 anos ou mais de estudo, ganhavam, em média, R$ 27 por hora. Portanto, quem tinha até quatro anos de estudo ganhava, em média, apenas R$ 7.

Confira dez profissões que apresentam os melhores salários de acordo com o levantamento do Caged:

1. Engenharia Mecânica – R$ 9.245,20
2. Sistema da InformaçãoR$ 8.206,57
3. Engenharia ElétricaR$ 8,140,39
4. Engenharia de ProduçãoR$ 7,870,96
5. Engenharia QuímicaR$ 7,832,92
6. Engenharia EletrônicaR$ 7,552,11
7. Engenharia CivilR$ 7,465,51
8. GeologiaR$ 7,345,90
9. Engenharia da ComputaçãoR$ 6.939,40
10. AgronomiaR$ 6.874, 74

Fonte: Bárbara Maria – Ascom EMB

Read More...

Destaques, Educação

Novas apostas diante das transformações tecnológicas: conheça 3 profissões do futuro

O mercado de trabalho tem se tornado bastante dinâmico. À medida que a tecnologia se desenvolve consequentemente se estabelece uma nova tendência de consumo e novos hábitos. Com isso, muitas profissões precisam se adequar para fazer parte dessas novidades. E não só isso, enquanto algumas vão sendo criadas, outras já foram até extintas como o operador de Telex.

Se você vai fazer o Enem e quer começar uma carreira de sucesso, com certeza quer fazer a escolha certa. Talvez o melhor seja apostar em uma das profissões consideradas do futuro. Confira algumas delas:

Especialista em Direito Digital: para atuar nessa profissão de amplas possibilidades é preciso fazer o curso de Direito e se especializar. A regularização da internet é recente no Brasil e essa especialidade tem evoluído juntamente com o crescente número de delitos cometidos no ciberespaço. Esse profissional é responsável por apontar possíveis implicações legais junto às empresas em ações de marketing digital em sites, e-mails e demais meios de comunicação nesse ambiente.

Gestor de Marketing de Conteúdo: o profissional deve ser formado em Marketing ou Comunicação Social para trabalhar nessa área. Além de já ser atuante essa também é considerada uma das apostas das profissões do futuro. Umas das principais funções são coordenar atividades de criação, publicação e monitoramento de resultado dos conteúdos. Ter domínio de ferramentas digitais é um dos requisitos para exercer o cargo.

Desenvolvedor de Software: a formação deve ser em Tecnologia da Informação, Computação ou Engenharia. A cloud computing e a internet móvel são os fatores que vão determinar muitas mudanças nas profissões nos próximos anos, por isso a importância desses profissionais. São eles que desenvolvem sites, aplicativos e tudo mais relacionado a soluções digitais.

Vai fazer o Enem 2018? Qual curso irá concorrer pelos programas do governo?

Bolsas com até 70% de desconto

Existem várias opções de ingresso na graduação e em especializações, a exemplo das bolsas de estudo, que podem ofertar até 70% de desconto pelo Educa Mais Brasil [clique aqui]. São mais de 240 mil oportunidades para o ensino superior em todas as regiões do país. Não há exigência de comprovação de renda e não requer garantias para a concessão do benefício. Com o desconto, o estudante arca com o valor restante da mensalidade ao longo do curso e, consequentemente, não precisa pagar juros. Os cursos são ofertados nas modalidades presenciais e a distância.

Read More...