Destaques, Plantão Policial

Mulher que recebeu por 14 anos salário de tia falecida é indiciada no RN

Uma investigação realizada por policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa do Patrimônio Público (DEDEPP) resultou no indiciamento de Maria Helena Câmara Bezerra pela prática do crime de estelionato previdenciário cometido contra o Instituto de Previdência dos Servidores do RN (Ipern). A investigada estava recebendo indevidamente, há 14 anos, a aposentadoria da tia, uma promotora de Justiça que morreu em 2001.

O benefício destinado à tia de Maria Helena continuou sendo depositado na conta da sobrinha até 2014, quando foi suspenso por ordem do MPRN. As investigações tiveram início em 2015, quando aconteceu o censo previdenciário e a promotora foi o único membro do Ministério Público que não se apresentou para recadastramento.

Durante este período, estima-se que Maria Helena Câmara Bezerra, sobrinha da promotora aposentada, tenha recebido ilegalmente mais de R$ 5 milhões do Ipern. O inquérito policial foi instaurado pela Delegacia Especializada de Defesa do Patrimônio Público (DEDEPP).

Em declarações prestadas à polícia, a investigada alegou acreditar que seria uma pensão por morte que a tia teria deixado para ela e os irmãos.

Read More...

Destaques, Plantão Policial

PM é preso suspeito de integrar quadrilha especializada em explosão de caixas

Policias civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) de Natal deflagraram a 3ª fase da Operação “Alpha Bravo – Conexão”, investigação que resultou na maior apreensão de drogas no Estado do Rio Grande do Norte, em fevereiro deste ano.

Na manhã desta sexta-feira (5), com apoio do Batalhão de Polícia de Choque do RN (BPChoque), a Especializada deu cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de um policial militar suspeito de integrar grupo criminoso voltado ao tráfico de drogas e crimes contra instituições financeiras, atuante em arrombamentos e explosões de caixas eletrônicos.

“O suspeito era parte fundamental do grupo criminoso e tinha a função de realizar a segurança de seus membros, repassar informações privilegiadas, guardar e manejar o material ilícito encontrado na granja. Até o momento, oito membros do grupo criminoso foram presos e um ainda está foragido”, disse a Polícia Civil.

Foragido

PM é preso suspeito de integrar quadrilha especializada em explosão de caixas

A Polícia Civil pede ajuda da população para localizar e prender o foragido Ângelo Reinaldo de Oliveira. Qualquer informação deverá ser repassada para o Disque-Denúncia anônimo da Polícia Civil, através do número 181.

Alpha Bravo – Conexão

O grupo foi desarticulado no dia 06 de fevereiro deste ano, quando houve a prisão de cinco homens e apreensão de mais de três toneladas de drogas, diversos explosivos, munições de uso restrito e coletes balísticos, em uma granja no município de Macaíba. Todo o material apreendido foi avaliado em R$4 milhões, considerada a maior apreensão feita por um órgão de segurança do Estado do RN.

Read More...

Destaques, Plantão Policial

Ex-prefeito de Santana do Seridó é indiciado por desvio de combustível

Uma investigação realizada pela Delegacia Especializada de Defesa do Patrimônio Público (DEDEPP) e pela 3ª Delegacia Regional de Caicó resultou no indiciamento de Adriano Gomes de Oliveira, ex-prefeito de Santana do Seridó, conhecido como “Drill”, por desvio de combustível destinado aos veículos que prestavam serviço público municipal. O crime teria ocorrido entre 2013 e 2016.

As investigações se iniciaram em 2017, quando se constatou que o ex-prefeito abastecia seu carro particular com combustível pago por um convênio da prefeitura de Santana do Seridó, firmado através de suposta licitação, com um posto de combustível da cidade de Parelhas. Segundo a delegada responsável pela investigação, não havia nenhum controle do abastecimento feito com dinheiro público.

O convênio autorizava o posto de combustível a abastecer os automóveis do município: ônibus, carros das repartições, tratores e outros que fossem de propriedade da prefeitura. Entretanto, bastava somente uma ligação do ex-prefeito ou servidor da prefeitura autorizado por ele que qualquer veículo era abastecido pelo convênio.

De acordo com a delegada Karla Viviane, da DEDEPP, o controle era feito apenas com um “vale abastecimento” e depois geradas as notas fiscais para pagamento pela prefeitura. Além disso, durante as investigações, foi constatado que o convênio com o posto foi realizado sem formalização legal, não houve contratação mediante processo licitatório. Apenas eram emitidas notas de empenho pela prefeitura e feito o pagamento ao posto.

Read More...

Concurso Público, Destaques

Secretaria de Administração reformula comissões para organização de 2 concursos no RN

A Secretaria de Administração e Recursos Humanos do Rio Grande do Norte (SearhRN) publicou a reformulação de duas comissões de concurso público para preenchimento de vagas para Polícia Civil e para a Fundação de Atendimento Socioeducativo (FundaseRN). Além disso, outras duas reformulações foram divulgadas no Diário Oficial do Estado: a da comissão de concurso para Pilotos de Aeronaves (inscrições encerradas em janeiro) e para praças da Polícia Militar (realizado em 2018).

“Estamos dando prosseguimento a esses processos em obediência a decisões judiciais que determinaram os concursos. A comissão é quem vai definir a banca, as regras e os prazos, explicou a secretária Virgínia Ferreira.

Todas as comissões são presididas por um mesmo servidor da pasta, além dos membros da própria Searh, conforme Portaria-SEI. A Associação de Delegados da Polícia Civil (Adepol) comemorou o fato em sua página no Facebook e disse que “a formação da comissão é fundamental para as próximas fases do certame, como a contratação da banca organizadora. A Adepol-RN continuará diligente para garantir celeridade desse processo, pois a Polícia Civil e a sociedade potiguar precisam desse concurso”.

A comissão da Fundase (antiga Fundac) também foi formada com servidores do órgão. Vale destacar que existe determinação da Justiça para que servidores temporários sejam substituídos por concursados.

Concurso Fundase-RN 2019

Fundase-RN forma comissão especial para realização de novo concurso público

A comissão organizadora do certame será responsável por contratar uma banca, elaborar o projeto básico e outros trâmites da seleção. A expectativa é que o edital saia ainda neste primeiro semestre de 2019. No entanto, informações como o número de vagas ainda não foram divulgadas.

Considerando que a fundação realizou somente um concurso para efetivos desde sua criação, é esperado que tenhamos um grande número de vagas. Além disso, de acordo com fontes ligadas ao órgão, a recomendação é que sejam providos todos os cargos do quadro permanente.

A abertura de um novo concurso para a Fundase-RN vem sendo estudada há, pelo menos, dois anos. Porém, somente agora foi possibilitado o início efetivo dos preparativos. O principal motivo seria a crise financeira do estado.

Quais cargos existem atualmente na Fundase?

O novo concurso seguirá os moldes da nova estrutura organizacional da Fundase, conforme a Lei Complementar Nº 614 de Janeiro de 2018 (veja aqui). As carreiras existentes são de analista, assistente, técnico e auxiliar.

Com as progressões nas carreiras, os valores dos vencimentos básicos podem progredir, chegando a R$ 5 mil. As vagas do concurso da Fundase-RN 2019 deverão ser lotadas nas dez unidades regionais presentes em Natal, Caicó e Mossoró.

Último Concurso Fundase-RN

A fundação só realizou um concurso público para efetivos desde a sua criação em 1998. Mas em 2018 a Fundação lançou um processo seletivo para temporários com oferta de 400 vagas.

Na seleção, os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva, investigação social e análise de títulos. Na prova objetiva, os candidatos precisaram responder 30 questões, sendo 20 de conhecimentos específicos e 10 de português.

Informações do certame

  • Concurso: Fundação de Atendimento Socioeducativo do Estado do Rio Grande do Norte (Fundase-RN)
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: a definir
  • Número de vagas: a definir
  • Remuneração: a definir
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: PREVISTO PARA 2019

Concurso Polícia Civil do RN

Polícia Civil prende suspeito de ter matado empresário italiano em Ponta Negra Francesco Pescatore

O projeto básico para realização do certame será finalizado e revisado pelos membros da comissão do concurso. Assim que for concluído, ele será enviado para as empresas organizadoras a fim de que seja escolhida a instituição que apresentar a melhor proposta.

Definida a empresa, esta fica responsável por publicar o edital e estabelecer as datas das inscrições e da realização das provas. A expectativa é que até o final deste primeiro semestre seja feita a publicação do edital.

Cargos e salários

O edital de concurso da Polícia Civil do RN está previsto para ser publicado com 302 vagas, sendo 41 para o cargo de Delegado, 26 para Escrivão e 235 de Agente de Polícia. Para concorrer aos cargos será necessário nível superior em qualquer área, com exceção do cargo de delegado, que exige ainda, formação específica na área de Direito.

Os salários do mais alto cargo chegam a R$ 18.752,13 (delegado especial), R$ 16.876,92 para delegado 3ª classe, R$ 15.189,23 para delegado 2ª classe, R$ 13.670,30 para delegado 1ª classe e R$ 12.303,27 para delegado substituto.

Para a agente e escrivão, os ganhos iniciais são de R$ 6.266,65 para categoria especial, R$ 5.222,20 para 1ª classe, R$ 4.351,84 para a 2ª classe, R$ 3.626,54 para a 3ª classe e R$ 3.022,11 para a 4ª classe.

Informações do certame

  • Concurso: Polícia Civil do RN)
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: Nível Superior
  • Número de vagas: 302 oportunidades
  • Remuneração: de R$ 3.022,11 a R$ 18.752,13 (delegado especial)
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: PREVISTO PARA 2019

Se você quer ficar por dentro das novidades de concurso público e processo seletivo no Rio Grande do Norte, participe do nosso grupo no Facebook (clique aqui). Agora, se pretende focar nos estudos com os mais variados materiais para concurso, clique aqui. Quer bolsa de estudo com até 70% de desconto? Clique aqui e saiba mais!

Read More...

Destaques, Plantão Policial

Polícia Civil e Semurb interditam bares em Ponta Negra

Uma ação de policiais civis da Delegacia Especializada em Proteção ao Meio Ambiente (Deprema), realizada em conjunto com servidores da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, resultou na interdição de três bares localizados no bairro de Ponta Negra, na noite desta quinta-feira (07).

As equipes chegaram até o local após denúncias de moradores que alegavam poluição sonora. As denúncias foram protocoladas na Deprema e na Semurb, pois os moradores daquele bairro estavam insatisfeitos com a perturbação do sossego.

Os policiais civis e os agentes da Semurb estiveram nos estabelecimentos realizando monitoramento, momento em que constataram que o ruído emitido pelos eventos de música ao vivo, executados nestes estabelecimentos, apresentaram volumes superiores ao estabelecido pelas normas legais.

Após os monitoramentos de ruído, realizados com equipamento conhecido como decibelímetro, os agentes abordaram os proprietários dos respectivos bares, que tomaram ciência do cometimento de crime ambiental nos termos da Lei 9.605/1998.

O procedimento criminal instaurado na Deprema e que será posteriormente encaminhado à Justiça, resultou em multa e interdição dos estabelecimentos por descumprimento do art. 84 da Lei Municipal 4.100/1992. Tal lei obriga o tratamento acústico de bares e estabelecimentos de diversão noturna em Natal.

As multas aplicadas pelos fiscais da Semurb variam de R$ 390,00 e podem chegar a R$ 2.007,00.

Read More...