Destaques, Plantão Policial

Homem reage a assalto e é morto na frente da filha em Natal

Um homem foi assassinado a tiros na noite dessa quinta-feira, dia 17 de outubro, na BR-101 Norte, perto da rotatória de Extremoz, na Grande Natal. De acordo com a polícia militar, a vítima saía de uma missa com a filha. A adolescente presenciou o crime.

Segundo a polícia, dois criminosos teriam chegado em uma moto e anunciado o assalto. O homem – identificado como João Maria da Silva, de 38 anos, teria tentado fugir, mas ao perceber que os assaltantes iriam atirar, tentou proteger a filha e acabou sendo baleado.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas constatou a morte do homem ainda no local. Os bandidos não levaram nada da vítima.

A Polícia Militar foi acionada, fez buscas, mas nenhum dos vagabundos foi preso. Caso será investigado pela Polícia Civil.

Read More...

Mundo Pet, Natal, Plantão Policial

Polícia Civil resgata 48 gatos vítimas de maus-tratos no Alecrim

Policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa ao Meio Ambiente (DEPREMA) e da Delegacia Especializada em Assistência ao Turista (DEATUR) deram cumprimento, na manhã desta quinta-feira (17), a um mandado de busca e apreensão em desfavor de Gidenilde Maria Alves de Oliveira, 55 anos. Ela foi autuada em flagrante pela suspeita da prática do crime de maus-tratos de animais.

O cumprimento aconteceu na residência da mulher, no bairro do Alecrim, zona leste de Natal. No local, foram resgatados 48 gatos e dois cães em situação de maus tratos. As diligências foram empreendidas após o recebimento de denúncia anônima, informando que todos estes animais estavam amarrados pelo pescoço.

Ela foi conduzida até a delegacia e, após lavratura de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), foi liberada. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Read More...

Plantão Policial

Polícia Civil prende assaltantes de carro-forte com vários explosivos e munição em Parnamirim

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) deflagraram, nesta quarta-feira (16), uma operação com objetivo de prender assaltantes de carros-fortes, atuantes em vários estados da federação. Após trabalho investigativo, foram identificadas duas residências na cidade de Parnamirim, onde estariam escondidos alguns suspeitos, com parte do arsenal usado nas ações praticadas contra as empresas de transporte de valores.

No momento em que os policiais chegaram a uma dessas residências, um suspeito reagiu à abordagem, efetuando vários disparos contra os policiais civis, quando houve confronto. Na ocasião, Frankelin Fernandes Pereira, conhecido como “Galeguinho“, 37 anos, foi ferido e socorrido, sendo levado ao Hospital Deoclécio Marques.

Com Frankelin Fernandes, foram encontrados uma pistola calibre .40 (uso restrito das forças policiais), com numeração suprimida, 47 munições do mesmo calibre intactas e 4 deflagradas, 172 munições calibre .30, 14 munições calibre .50, três rádios comunicadores, além de um veículo Honda Civic novo, 70 emulsões encartuchadas (explosivos), um rolo de cordel detonante e oito espoletas.

Após essa ação, os policiais diligenciaram no outro imóvel, também na cidade de Parnamirim, onde prenderam Sedson Fernandes Lima, conhecido como “Cedinho”, 39 anos. Com ele, foram apreendidos: uma metralhadora de calibre .30, com 105 munições intactas de .50, dois veículos e várias placas de veículos.

Ambos são apontados nas investigações como especialistas em ataques a carros-fortes, tanto no estado do Rio Grande do Norte, quanto na Paraíba, Pernambuco, Ceará, Piauí e, recentemente, atuaram no estado do Maranhão. A última ação do grupo criminoso teria sido na sexta-feira (11), entre as cidades de Peritoró e Coroatá, localizadas no estado do Maranhão. Na oportunidade, eles explodiram o carro-forte da empresa Prosegur, havendo intensa troca de tiros, inclusive com a presença do helicóptero da polícia. Os suspeitos fugiram sem subtrair numerário financeiro.

Segundo informações prestadas por Sedson Fernandes, o grupo, que seria formado por alguns maranhenses e bolivianos, estava planejando uma ação no estado do Rio Grande do Norte e também na Paraíba, razão pela qual o fuzil .30 e a grande quantidade de explosivos estavam sendo guardados na cidade de Parnamirim, por Frankelin Fernandes.

Sedson Fernandes Lima foi autuado em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e de munições de uso restrito, posse ilegal de artefato explosivo, receptação, uso de documento falso e por integrar organização criminosa. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 da SESED, Disque DEICOR (84) 3232-2862 ou do WhatsApp da DEICOR (84) 98135-6796.

Read More...

Destaques, Plantão Policial

Polícia Civil do RN deflagra Operação “Seu Lunga” e prende pai e filho

Policiais civis da Delegacia Municipal de Nísia Floresta, Arez e Goianinha, com apoio da Polícia Militar de Pedro Velho e de Arez, prenderam, nesta quarta-feira (9), José Arnor Lunga de Sena e seu filho: Gabriel Freitas Lunga de Sena.

A prisão de Gabriel Lunga se deu em cumprimento a dois mandados de prisão preventiva em razão da suspeita da prática de crime referente a Lei Maria da Penha, bem como pelos crimes de: lesão corporal grave, desobediência e resistência. O suspeito estava foragido há um mês, e, nesta quarta-feira, foi preso após o recebimento de denúncia anônima na cidade de Pedro Velho, onde estava escondido.

José Arnor Lunga foi preso em flagrante, na cidade de Goianinha, pela prática do crime de posse ilegal de arma de fogo, após o cumprimento de um mandado de busca e apreensão em sua residência, expedido pela Comarca de Arez. Durante as buscas, foram apreendidas: uma pistola calibre .40, com registro vencido em nome de uma outra pessoa, 31 munições, além de um revólver calibre 38 sem registro.

Além dos dois presos, Rafael Freitas Lunga de Sena, também filho de José Arnor Lunga, foi indiciado pela prática do crime de tentativa de homicídio. Rafael Lunga teria esfaqueado uma pessoa no dia 30 de julho deste ano e, em seu interrogatório, admitiu a autoria do crime.

Alaila Lunga de Sena, a irmã de José Arnor, acusada de ser coautora dos crimes de lesão corporal grave, resistência e desobediência, cometidos com Gabriel Lunga, se encontra foragida.

Todos foram conduzidos até a delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Read More...

Destaques, Plantão Policial

Após agredir a própria mãe de 76 anos, mulher é presa em Natal

Uma mulher de 58 anos foi presa nessa quinta-feira (19) após agredir a própria mãe de 76 anos, no bairro de Cidade Nova, na zona Oeste de Natal. A idosa era agredida a pauladas, empurrões e ainda era obrigada a desenvolver atividades domésticas.

A prisão aconteceu após uma denúncia anônima feita à Delegacia Especializada de Proteção ao Idoso (Depi) por meio de um vídeo. As imagens filmadas por cima de um muro mostram as agressões. [Vídeo com imagens fortes no final da matéria]

Segundo a Polícia Civil, a filha pode ser denunciada no inquérito em crimes como lesão corporal, com o agravante de ser familiar, maus tratos e cárcere privado.

A investigação aponta que a idosa dormia em más condições na varanda da residência em que morava com a filha, em Cidade Nova, além de ser obrigada a realizar atividades domésticas. Quando os policiais chegaram, ela estava lavando as panelas.

Na delegacia, a senhora de 76 anos estava bastante debilitada e tinha vários hematomas no corpo. A filha teve a prisão preventiva cumprida e a idosa foi encaminhada para uma casa de acolhimento.

Read More...