Destaques, Plantão Policial

Taxista suspeito de dar fuga a assaltantes que atiraram em PM é preso em Natal

A Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) informou que o motorista de táxi Romildo do Carmo de Oliveira, 37 anos, foi preso por uma equipe da 4ª Delegacia de Polícia Civil de Natal, após a tentativa de latrocínio contra um policial militar que estava em uma clínica no bairro Barro Vermelho, em Natal. Após o crime, policiais civis e militares começaram a realizar buscas para prender os suspeitos.

Romildo do Carmo confessou que levou a dupla Dowglass John da Silva, conhecido como Gordo, 27 anos, suspeito de ter atirado contra o policial militar e um outro homem ainda sem identificação, para realizar o roubo na clínica. A dupla está sendo procurada pela Polícia.

Investigações da Polícia Civil e imagens das câmeras de segurança mostram que a dupla, a qual estava armada, entrou na clínica e roubou pertences dos pacientes e funcionários. Em um determinado momento, o policial militar tenta entrar na clínica, mas é atingido por disparos de arma de fogo. O policial tentou correr, mas durante uma luta com os suspeitos teve a sua pistola roubada.

Investigações revelam que o motorista de táxi já havia conduzido o “Gordo” e outros criminosos para efetuarem roubos contra estabelecimentos. Romildo confessou que participou de seis roubos, incluindo um cartório, farmácias e a clínica.

Confira confissão do motorista de táxi:

Buscas

A Polícia Civil pede ajuda da população no envio de informações que possam localizar Dowglass John e que ajudem a identificar o outro homem que participou do roubo à clínica. As informações possuem garantia de sigilo e podem ser enviadas para o Disque-Denúncia 181.

Read More...

Destaques, Plantão Policial

Polícia Civil do RN procura dupla que deu golpe de mais de R$ 50 mil em idosa

A Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD) instaurou um inquérito policial para investigar quem são os dois homens que aplicaram um golpe contra uma idosa de 81 anos, que trafegava em uma rua por trás da Catedral Metropolitana de Natal, no bairro de Tirol, Zona Leste da capital, na manhã do dia 28 de novembro deste ano. A dupla conseguiu circular com a idosa por bancos, shopping e deu um prejuízo de R$ 55.355,53, entre saques, transferência e compras realizadas com o cartão e documento da vítima.

A investigação da DEFD descobriu que a idosa foi abordada primeiramente por um homem (baixo, com a boca torta, moreno e cabelo curtinho) que pediu informação sobre o local de um consultório médico. Enquanto ela conversava com esse primeiro homem, um outro homem (alto,
magro, simpático, rosto fino e cabelos alisados) se aproximou afirmando que o primeiro homem teria ganho um milhão de reais na loteria. Durante essa conversa, a idosa foi induzida a entrar em um veículo, de cor branca, com a dupla.

A partir desse momento, a dupla levou à idosa para um banco e conseguiu fazer uma transferência. Um dos golpistas ficou com o cartão bancário da idosa e com o documento de registro geral dela. Do banco, eles seguiram até a casa da vítima e de lá a conduziram para um shopping e depois para outro banco. Após terem circulado com a idosa, os golpistas a deixaram perto de casa e entregaram para ela uma pequena bolsa preta, afirmando que a mesma só poderia ser aberta após alguns dias, mas ela abriu a bolsa e só encontrou um amontoado de papéis.

A DEFD pede ajuda da população para o envio de informações que possam ajudar a identificar quem são os dois homens que praticaram o crime. Informações podem ser enviadas de forma anônima e com sigilo de garantia para o Disque-Denúncia 181.

Confira imagens (em vídeo) da ação da dupla:

Read More...

Concurso Público, Destaques

Comissão inicia projeto básico do concurso da Polícia Civil do RN

A Comissão Especial designada para a realização do Concurso Público que visa repor as vagas de Delegado, Agente e Escrivão da Polícia Civil do Rio Grande do Norte reuniu-se, nesta semana, na Secretaria de Estado da Administração e dos Recursos Humanos (Searh), para dar continuidade aos trabalhos de elaboração do projeto básico do certame.

De acordo com o subsecretário de Recursos Humanos da Searh, Anselmo Cortez, que também está à frente da comissão, o projeto será finalizado e revisado pelos membros nos próximos dias e, em seguida, enviado para as empresas organizadoras de concurso, a fim de que seja escolhida a instituição que apresentar a melhor proposta.

Definida a empresa, esta fica responsável por publicar o edital e estabelecer as datas das inscrições e da realização das provas. A expectativa é que até o final deste mês seja feita a publicação do edital.

Participaram da reunião os demais membros da Comissão: o diretor da Escola de Governo, Teo Tomaz; as servidoras da Searh Cristina Reis, Graça Araújo e Marize Ribeiro; e os delegados da Polícia Civil Carlos Alberto Brandão Júnior, Adson Kleper Monteiro Maia, Júlio César Barbosa da Costa e Karla Viviane de Sousa.

Do concurso

O edital de concurso da Polícia Civil do RN está previsto para ser publicado com 302 vagas, sendo 41 para o cargo de Delegado, 26 para Escrivão e 235 de Agente de Polícia. Para concorrer aos cargos será necessário nível superior em qualquer área, com exceção do cargo de delegado, que exige ainda, formação específica na área de Direito.

Os salários do cargo de delegado chegam a R$ 18.752,13 para delegado especial, R$ 16.876,92 para delegado 3ª classe, R$ 15.189,23 para delegado 2ª classe, R$ 13.670,30 para delegado 1ª classe e R$ 12.303,27 para delegado substituto.

Para a agente e escrivão, os ganhos iniciais são de R$ 6.266,65 para categoria especial, R$ 5.222,20 para 1ª classe, R$ 4.351,84 para a 2ª classe, R$ 3.626,54 para a 3ª classe e R$ 3.022,11 para a 4ª classe.


Se você quer ficar por dentro das novidades de concurso público processo seletivo no Rio Grande do Norte, participe do nosso grupo no Facebook (clique aqui). Agora, se pretende focar nos estudos com os mais variados materiais para concurso, clique aqui.

Read More...

Destaques, Plantão Policial

Polícia Civil descobre “santuário” de animais mortos e doentes em Apodi

Policiais civis da Delegacia Especializada de Proteção ao Meio Ambiente (DEPREMA), com o apoio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), descobriram através de denúncias anônimas um lugar conhecido como “Santuário”, localizado na Zona Rural de Apodi. Lá funcionam três cemitérios com centenas de carcaças de animais: aproximadamente 500 cachorros, 700 jumentos e 150 gatos, todos em situação de maus-tratos. A propriedade pertence a Eribaldo Cosme Nobre, conhecido como “Jesus”, de 55 anos.

As investigações apontam ainda que Eribaldo “Jesus” recebe estes animais de prefeituras de Apodi, Mossoró e cidades vizinhas, mantendo os bichos doentes e alimentados por um tipo de “mistura”. Será aberto um procedimento criminal para investigação das “doações” que o homem recebe através dessas prefeituras.

Eribaldo “Jesus” foi indiciado por maus tratos e guarda ilegal de animais silvestres (sendo 2 papagaios, um tucano e um macaco prego), já apreendidos pelo IBAMA.

Confira vídeo com as fortes imagens do “Santuário”:

Read More...

Destaques, Plantão Policial

Polícia Civil resgata idoso de 70 anos mantido em “cela” por cuidadores

Uma equipe de policiais civis da Delegacia Municipal de Assú, durante a execução da 6ª Fase da Operação 60 Horas, resgatou o idoso Manoel Salustino de Lucena, de 70 anos, que era mantido em um espaço semelhante a uma cela, na cidade de São Rafael. A Polícia Civil chegou até o local após ter recebido informações que foram enviadas para o Disque-Denúncia.

As denúncias informavam que um idoso estava sendo mantido por cuidadores, há mais de um ano, em cárcere privado, em um espaço semelhante com uma cela e que sua aposentadoria estava sendo desviada por tais cuidadores para os mais diversos fins. O espaço onde o idoso era mantido tinha grades e cadeados, além de estar próximo de chiqueiros e galinheiros.

Diante das informações, uma equipe de policiais foi ao local e encontrou o idoso numa pequena construção com dois cômodos, sendo um deles o quarto do idoso, onde também ficava o banheiro com uma torneira, baldes e um sanitário, além de uma cama. Nada mais existia no quarto, como ventilador, televisão ou rádio. Sem janelas, o local era fechado com uma porta, uma grade, corrente e cadeados, muito se assemelhando a uma jaula ou cela.

Confira mais detalhes:

Ao libertar a vítima, a equipe de policiais civis conversou com o idoso. Ele, que estava lúcido, informou aos policiais que estava sendo mantido como se fosse um preso, um criminoso, mas que nenhum mal causou a ninguém. Afirmou também que estaria no local há mais de um ano, contra sua vontade, saindo apenas para ser vacinado, sendo proibido de tomar sol ou ir até a calçada.

O idoso será encaminhado para um abrigo e o procedimento investigatório já foi instaurado para apuração das responsabilidades criminais de todos os envolvidos no caso. “A Polícia Civil agradece as informações recebidas e pede para que a população continue enviando denúncias para os números (84) 999922122 e 981552956.

Read More...