Mossoró

Estudante de Mossoró recebe medalha de ouro em Olimpíada de Astronomia

As Escolas da Rede Municipal de Ensino participaram no mês de maio da XVIII Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Os resultados foram divulgados recentemente e os alunos mossoroenses conquistaram medalhas de bronze, prata e ouro. A OBA é organizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e pela Agência Espacial Brasileira (AEB), com recursos principalmente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Na edição 2015, participaram 838.156 alunos de mais de 9 mil escolas. O trabalho realizado por alunos e professores da Rede Municipal conquistou 13 medalhas de bronze, prata e ouro. O destaque foi da Escola Municipal José Benjamim, do Inocoop – Alto de São Manoel, com o aluno Luiz Eduardo da Silva Gonzaga, que conquistou medalha de ouro. Outro destaque foi para a Escola Municipal Professor Manoel Assis, do bairro Boa Vista, que conquistou 7 medalhas de bronze e prata.

A OBA é um evento aberto à participação de escolas públicas ou privadas, urbanas ou rurais. Podem participar alunos de qualquer ano escolar do Ensino Fundamental ou do Ensino Médio. Os alunos inscritos na competição não precisam sair de suas cidades para mostrar seus trabalhos. “Não é a primeira vez que escolas da Rede Municipal de Ensino se destacam nessa olimpíada. Neste ano, ficamos muito honrados com os resultados dos nossos alunos que conquistaram medalhas de bronze, prata e ouro”, disse a secretária municipal da Educação, Iêda chaves.

No total, cinco escolas municipais conquistaram 13 medalhas: Escola Municipal Professor Manoel Assis, com 7 medalhas; Escola Municipal Celina Guimarães Viana, com 2 medalhas; Escola Municipal Vereador José Bernardo, com 1 medalha; Escola Municipal José Benjamim, com 2 medalhas; e Escola Municipal Joaquim Felício de Moura, com 1 medalha.

Read More...

Educação

Brasileiros participam de Olimpíada Internacional de Astronomia na Indonésia

Com a participação de cinco estudantes brasileiros, começa neste domingo (26), na Indonésia, a Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica. Além do Brasil, 17 países se inscreveram para participar dos jogos, entre os quais os Estados Unidos, a China, a Bolívia, a Colômbia. As provas internacionais ocorrem na província de Central Java e vão até o dia 2 de agosto.

A seleção brasileira que participa da nona edição da olimpíada é formada pelos estudantes Carolina Lima Guimarães, Felipe Roz Barscevicius, João Paulo Krug Paiva, Pedro Henrique da Silva Dias e Yassin Rany Khalil. Em junho, os jovens participaram de um treinamento com especialistas no Laboratório Nacional de Astrofísica, em Brazópolis (MG). A preparação contou a participação de mais cinco alunos que compõem a equipe reserva, já que em setembro haverá a 7ª Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Aeronáutica.

Os estudantes participaram, durante os treinamentos, de oficinas de observação do céu noturno de maneira panorâmica, a olho nu e com telescópio. De acordo com informações do site da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, os brasileiros foram selecionados para as provas internacionais após obterem ótima pontuação na prova nacional, participarem de provas seletivas objetivas e de prova final presencial. A Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica ocorre desde 2007. Em 2012, o Brasil sediou uma edição da olimpíada.

Read More...