Destaques, Negócios

Itaú Unibanco planeja fechar até 400 agências no Brasil

Com o objetivo de se adequar à migração das transações bancárias de clientes para canais eletrônicos e ampliar a rentabilidade, o Itaú Unibanco pretende fechar até 400 agências no Brasil. As informações são da agência Reuters, publicadas pela Revista Exame.

O encerramento pode acontecer em duas etapas, sendo a primeira com metade dos fechamentos nos próximos 12 meses e a segunda até 2020. Este número corresponde a quase 10% dos 4,2 mil pontos físicos do banco no país até final de março, incluindo agências e postos de atendimentos.

Consultado sobre o plano de fechamento de agências, o Itaú Unibanco não quis comentar números, mas afirmou em nota que “a redução do número de unidades físicas é um movimento de reposicionamento da rede de agências, coerente com as novas necessidades dos clientes e o aumento da procura por atendimento em outros canais como internet, celular e agências digitais”.

Nas últimas semanas, o Itaú Unibanco tem avisado os funcionários de agências sobre os planos de fechamento das unidades. O banco tem “indicado que deve aproveitar parte deles (funcionários) nas agências digitais”, nas quais os clientes são atendidos de forma remota, por meio da qual conseguem atender a um número maior de clientes, disse uma das fontes.

No fim de março, o Itaú tinha 195 dessas agências digitais em funcionamento, 35 a mais do que um ano antes.

“O movimento das agências está caindo e o cenário competitivo está mudando rápido”, disse referindo-se a rivais mais recentes, como as fintechs Nubank e Banco Inter, por exemplo.

Read More...

Negócios

Parceria entre Hurb e Nubank rende pontos e benefícios para os clientes

O Hurb, novo nome do Hotel Urbano, e o Nubank Rewards, programa de benefícios do cartão Nubank, promovem uma parceria que vai render pontos e benefícios para seus clientes.

A partir de agora, os usuários do Nubank Rewards podem aproveitar seus pontos para adquirir qualquer produto no site ou aplicativo da agência de viagens online. Além disso, a parceria começa com uma promoção especial: pelos próximos 30 dias, todos os gastos no Hurb acumulam 6 vezes mais pontos no Nubank Rewards. Essa é uma boa oportunidade para quem quiser aproveitar para tirar aquela viagem do papel, já que a parceria entre as duas empresas está com uma excelente pontuação de bônus.

Por exemplo, se um cliente Nubank quiser adquirir uma pacote para Maceió, com sete diárias, aéreo e hospedagem incluso, no Hurb, pagará o valor de R$ 1.099 que serão revertidos em 6.594 pontos no Nubank Rewards. O Hurb, agência online de viagens líder nacional, oferece diariamente mais de 400 mil opções de hotéis e pousadas espalhados por todo o mundo, sendo mais de 8 mil apenas no Brasil. Além disso, registra mais de 1.250 reservas ao dia, em 6.500 destinos mundo afora. Confira mais detalhes: blog.nubank.com.br/hotel-urbano-nubank-rewards.

O Nubank Rewards é um serviço opcional do cartão Nubank que pode ser assinado pelo plano mensal de R$ 19 ou o anual de R$ 190. Pelo aplicativo, o cliente pode acompanhar o acúmulo de pontos, que são creditados instantaneamente (cada R$1 em compras corresponde a 1 ponto). É possível usar os pontos a qualquer momento para “apagar” contas tanto da fatura atual quanto de anteriores – neste último caso, o valor “apagado” será incluso como crédito na próxima fatura.

Read More...

Negócios

PayPal e Nubank poderão ser usados para receber conta-salário

A partir de 1° de julho, os trabalhadores poderão transferir automaticamente o salário, sem pagar tarifas, para contas digitais, como PayPal e Nubank. O Conselho Monetário Nacional (CMN) regulamentou a portabilidade da conta-salário para contas de pagamento (não operadas por bancos), o que inclui contas digitais e pré-pagas.

Atualmente, o trabalhador pode fazer a portabilidade da conta-salário (onde o empregador deposita a remuneração mensal) apenas para uma conta-corrente. As transferências para contas não bancárias também podem ser feitas, mas com a cobrança de tarifas, como ocorre com qualquer transação do tipo.

O CMN também inverteu o procedimento de portabilidade. Em vez de o trabalhador ir ao banco onde o empregador mantém a conta-salário pedir a transferência sem cobrança, ele poderá fazer o pedido à instituição que mantém a conta de destino. O banco ou a instituição não bancária se encarregará de encaminhar os documentos para concluir a portabilidade.

A mudança, que também entra em vigor em julho, iguala a portabilidade das contas-salário ao procedimento praticado na telefonia. Para mudar de operadora telefônica sem trocar de número, o detentor da linha pede a transferência na empresa para a qual quer transferir a linha.

Read More...

Destaques, Tecnologia

NuConta: conheça a conta corrente totalmente gratuita do Nubank

Os clientes do Nubank receberam nesta terça-feira (24) a confirmação que tanto esperavam: a empresa acaba de anunciar a criação da NuConta, que vai permitir transferências em tempo real e sem custo, pagamento de faturas e até investimentos.

Quem já é cliente Nubank poderá abrir uma conta com “dois cliques”, segundo David Vélez, fundador da fintech. Os novos clientes poderão baixar o aplicativo e solicitar a abertura da conta, que em poucos minutos estará ativa. Não é necessário aguardar pela análise de crédito, como no cartão.

“A revolução de verdade começa agora. Nós redefinimos a maneira como as pessoas podem cuidar do próprio dinheiro.Agora, finalmente, todos os brasileiros podem se libertar do peso dessas grandes instituições”, disse David Vélez.

As transferências são feitas entre as NuContas através de um QR code, mostrado no dispositivo de quem receberá o valor. O depósito é feito em tempo real. Elas são ilimitadas e não tem custo nenhum. As transferências entre NuConta e outras instituições bancárias também não têm tarifas ou limites.

Nunconta nubankA princípio, não serão oferecidos os serviços de saque e débito, somente a conta virtual. O pagamento de boletos ainda não é possível, mas será liberado nos próximos meses.

Os clientes do Nubank poderão abrir a conta corrente através do próprio aplicativo, clicando na opção acima da barra lateral esquerda. Para estes, o pagamento da fatura do cartão poderá ser feito através da conta – e o valor será recebido no mesmo instante, tal como a liberação do limite.

Quem não é cliente do cartão, poderá abrir a conta somente ao baixar o aplicativo e fazer seu cadastro.

O produto será “gradativamente distribuído” ao longo dos próximos meses, começando com os clientes do Nubank. A expectativa da fintech é de que a NuConta esteja disponível pra todos os brasileiros até o final do primeiro trimestre de 2018. Ao longo do próximo ano, outros serviços serão acrescentados à NuConta.

Jeito mais simples e transparente de guardar, investir e transferir o seu dinheiro

nubank nuconta

De acordo com o fundador da fintech, “da mesma maneira como fizeram com o cartão de crédito, nós começamos com uma página em branco, e imaginamos como seria uma conta que fosse inventada agora, para um mundo 100% conectado, sem toda aquela burocracia”. E na visão deles, uma conta desenhada para os dias de hoje deveria ser assim:

1 – Você consegue abrir a conta por um aplicativo em menos de 3 minutos (ou menos de 10 segundos, se você já tem o roxinho);

2 – Qualquer dinheiro que entra na conta, já está automaticamente rendendo muito mais do que a poupança e a maioria dos CDBs por aí, sem ter que transferir pra lugar nenhum, nem preencher cadastro pra contratar nenhum produto adicional;

3 – Você pode pagar a fatura do seu cartão de crédito direto da conta e ter o seu limite de volta imediatamente; e
Você pode transferir o seu dinheiro quando quiser sem ter que pagar nada por isso.

Read More...

Economia

Nubank pode sair do mercado caso governo mude regras para cartões

O Nubank pode fechar as portas se o Banco Central confirmar nesta terça-feira (20) uma mudança nas regras de pagamento para lojistas.

Atualmente, quando você faz uma compra no cartão de crédito, o estabelecimento recebe o dinheiro em 30 dias. Com os novos termos, esse prazo pode diminuir para até dois dias, como já acontece nos EUA. Em entrevista ao Estadão, a cofundadora do Nubank, Cristina Junqueira, informa que isso inviabilizaria o negócio da fintech mais querida do País.

O atual prazo de 30 dias funciona porque os consumidores pagam uma compra feita no cartão de crédito, em média, 26 dias depois. Um mês é tempo suficiente para que o Nubank receba os pagamentos das faturas e repasse o dinheiro para as maquininhas de cartões, como Cielo e Rede, que então fazem o pagamento ao lojista.

Caso o governo siga em frente na ideia de reduzir o prazo de pagamento para lojistas, o Nubank teria que captar recursos no mercado, já que precisaria repassar o dinheiro das compras antes de receber os pagamentos das faturas dos clientes. Segundo Junqueira, todos os emissores de cartão de crédito seriam afetados com a mudança, mas os menores seriam os mais prejudicados por não terem a capacidade de financiamento dos grandes bancos, como Itaú e Bradesco.

Mesmo se a nova regra for mais branda que o esperado (redução do prazo de repasse para 15 dias, não dois dias), a existência do Nubank estará ameaçada. “Nós já fizemos algumas simulações. Com dois dias é apagar a luz e fechar a porta. Com 15 dias, a gente precisaria de quase R$ 1 bilhão de capital adicional do dia para a noite”, diz a cofundadora ao Estadão.

Read More...