Jornalista se demite ao vivo após entrevista de Bolsonaro

(ANSA) – Um jornalista da Rádio Guaíba, de Porto Alegre (RS), se demitiu ao vivo na manhã desta terça-feira (23), após ter acusado censura durante uma entrevista do candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro. Juremir Machado participava do programa do âncora Rogério Mendelski, a quem Bolsonaro concedia a entrevista, mas “foi impedido”