Educação

Universidade oferece bolsas para graduação e mestrado na Itália

A Università Commerciale Luigi Bocconi oferece bolsas de estudo para graduação e mestrado na Itália com o intuito de atrair os melhores talentos para a instituição. Os candidatos podem optar por concorrer as bolsas de mérito ou de necessidade financeira, que exige comprovação da situação das finanças da família. As inscrições seguem até o dia 5 de junho.

As oportunidades são válidas para os cursos de graduação em Administração, Finanças e Ciências Políticas. A bolsa Merit Scholarship leva em consideração o desempenho escolar do estudante no momento da seleção. O público-alvo do programa de bolsas são os estudantes que não possuem cidadania italiana e nem tenham diploma de ensino médio em uma escola italiana.

Para efetuar a sua candidatura é necessário enviar currículo acadêmico, certificado de idiomas, carta de motivação e notas em testes como o SAT ou o Bocconi Test, promovido pela própria instituição. Entre os benefícios para os selecionados estão quitação de custos com anuidade e acomodação gratuita no campus. A inscrição para graduação está disponível no site da Bocconi.

Bolsa de estudo para mestrado na Itália

A universidade também oferta bolsas para mestrado na Itália em cursos nas áreas de Economia, Administração, Finanças e Ciências Sociais. Ao todo são dez cursos, dos quais nove possuem aulas ministradas totalmente em inglês. Assim como acontece para a graduação, na pós-graduação é possível concorrer por mérito e situação financeira.

Interessados devem enviar resultados do GMAT ou GRE, histórico escolar, currículo acadêmico e carta de motivação. Além disso, a instituição exige comprovação de proficiência no idioma do curso. A inscrição pode ser feita no site da instituição.

Read More...

Mundo

Itália: professora tem filho com aluno de 15 anos

(ANSA) – Um exame de DNA pedido pela Justiça da Itália confirmou que uma professora de 35 anos teve no fim de 2018 um filho com um aluno de 15. O caso ocorreu em Prato, na Toscana.

A mulher é acusada de realizar atos sexuais com um adolescente que fazia aulas de reforço de inglês com ela a partir de 2017. A amostra de DNA do bebê, que havia sido reconhecido pelo próprio marido da docente, foi extraída com autorização da mãe.

Segundo fontes investigativas, o resultado comprova que o pai biológico da criança é o jovem de 15 anos com quem a professora teria tido relações sexuais. A denúncia partiu da família do adolescente, após a mulher ter revelado para ele a existência do bebê.

Em seguida, o jovem teria entrado em crise e decidido se abrir com os pais. A lei italiana considera que um menor de idade não tem maturidade psicológica para consentir uma relação sexual com um adulto.

Read More...

Mundo

Por que Cesare Battisti não passou pelo Brasil antes da extradição?

Itália preferiu buscá-lo diretamente na Bolívia

(ANSA) – Muito se cogitou sobre a possibilidade do italiano Cesare Battisti passar pelo Brasil antes de ser extraditado no domingo (13). O governo de Jair Bolsonaro chegou a enviar um avião da Polícia Federal para buscar Battisti na Bolívia e até anunciou que o italiano faria uma escala no Brasil antes de ser enviado à Itália.

No entanto, o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, anunciou no fim da tarde que as autoridades buscariam Battisti diretamente em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, em uma decisão que pegou de surpresa o Brasil e a imprensa internacional. Em entrevista exclusiva à ANSA, o embaixador italiano em La Paz, Placido Vigo, explicou que foi uma decisão estratégica. “A ida direta da Bolívia para Itália, sem passar pelo Brasil, permitiu que o governo italiano não ficasse restrito à pena de 30 anos de prisão que Brasília tinha solicitado no acordo de extradição”.

Os dois países, na época da autorização da extradição e na formulação do acordo, tiveram de acertar diferenças no sistema penal. Como a pena máxima no Brasil é de 30 anos, a Itália teria que aceitar esse limite em Battisti, que, por sua vez tinha sido sentenciado à condenação perpétua.

“Além disso, a extradição via Bolívia evitou um risco de uma outra detenção de Battisti no Brasil, que poderia requerer um novo pedido de extradição”, contou o embaixador italiano. A Bolívia, por sua vez, aplicou uma ordem de “expulsão obrigatória” a Battisti, negociada com o ministro das Relações Exteriores Diego Pary.

O governo de Evo Morales aplicou a Lei 370 de Migração, a qual dispõe sobre saída obrigatória por sua condição ilegal. Battisti entrou na Bolívia ilegalmente via Brasil, onde residia desde 2004.

Read More...

Destaques, Mundo

Inspirado em Harry Potter, Itália sedia Mundial de Quadribol

(ANSA) – A Copa do Mundo de Quadribol, esporte praticado pelos bruxos da saga “Harry Potter”, será disputado entre os dias 27 e 1º de julho, em Florença, na Itália.

Organizado pela Associação Internacional de Quadribol (IQA, em inglês), em parceria com o grupo Human Company e a Prefeitura de Florença, o campeonato contará com a presença de 29 países e comemorará o aniversário de 20 anos do lançamento do primeiro livro da série.

Adaptado dos livros de J.K. Rowling, o Quadribol combina o rugby e a queimada, em um esporte que visa a velocidade e o contato.

Apelidado de Quadribol dos “trouxas”, que são os seres não-mágicos de Harry Potter, os atletas sobem em vassouras e devem acertar os “balaços”, bolas de queimada, nos outros jogadores, e as “goles”, bolas de vôlei murchas, nos alvos. O jogo termina quando o “pomo de ouro”, representado por uma bola de tênis dentro de uma meia, é pego.

A cerimônia de abertura, no dia 27 de junho, será no centro histórico de Florença e as disputas oficias durante os seis dias de torneio serão no Campo de Marte. O Brasil e a Itália começam a Copa ambos no grupo C.

Ao longo da semana, eventos como caça ao tesouro e visitas relacionadas ao tema invadem Florença para festejar o mundo de Hogwarts. A Human Company é o principal organizador do calendário do evento, além de hospedar os times e as equipes técnicas no novo Firenze Camping in Town, a poucos quilômetros do centro histórico.

Read More...

Mundo

Mafioso italiano manda matar filha apaixonada por policial

(ANSA) – Um chefe da máfia de Bagheria, no sul da Itália, foi preso após mandar matar a própria filha por ela ter se apaixonado por um carabinieri (polícia italiana).

De acordo com as autoridades locais, Pino Scaduto, que já havia sido preso anteriormente, afirmou que o o caso amoroso da filha, Catherine, estava relacionado com seus problemas com a justiça.

Desta forma, o mafioso pediu para que seu filho executasse a jovem. “Ela virou informante”, teria dito Scaduto ao filho, que não aceitou cometer o crime porque temia que fosse preso. O homem, de 30 anos, também responde acusações na justiça.

Após o jovem recusar o pedido do pai, o mafioso tentou contratar um matador de aluguel, que também negou o serviço por se tratar de uma disputa familiar.

Segundo Scaduto, Catherine teria repassado informações ao namorado, o que levou à prisão do seu padrinho de batismo em 2008. “Eu estava com raiva”, disse o pai às autoridades.

O chefe da máfia foi detido durante a operação batizada “Nuova alba”, que levou à prisão de mais 16 pessoas acusadas de associação mafiosa.

Read More...