Agenda Cultural, Destaques

Escola realiza encontro gratuito para falar inglês em bar de Natal

A escola The Studio Idiomas realiza neste sábado, dia 9 de fevereiro, sua 12ª edição do “Encontrão de inglês”, que acontece no Quiosque do Chopp Brahma no Praia Shopping. O evento terá início às 18h e o melhor, é totalmente gratuito e aberto a pessoas de todos os níveis, idades e nacionalidades.

O Encontrão é um evento descontraído com objetivo de praticar inglês e ajudando a todos que querem treinar a conversação, fazer amigos e se divertir. Para ajudar os mais tímidos, os professores da escola estarão presentes para organizar dinâmicas e ajudar a desenvolver a conversação. E mais: terá brincadeiras com várias premiações, para dar um estímulo a mais.

Os participantes vão aproveitar a música ao vivo a partir das 19h com o som de Israel Tenório, que traz o melhor do pop rock internacional. Quem gostar de cerveja, vai poder aproveitar 3h de OPEN CHOPP por R$ 39,90!

Para participar é simples, basta acessar o link http://bit.ly/XIIENCONTRAO. Então peça um chopp, “afie” o idioma e se divirta muito no “Encontrão de Inglês”.

XII ENCONTRÃO DE INGLÊS

Data: 09/02/2019

Hora: 18h

Local: Quiosque Chopp Brahma, Praia Shopping

Read More...

Destaques, Educação

Exame de proficiência é o primeiro passo para uma vida no exterior

Se candidatar a uma vaga de graduação no exterior, fazer uma prova de mestrado ou doutorado e até buscar emprego em uma multinacional exige muito mais do que o inglês que aprendemos durante a nossa vida escolar. Nesses casos, é preciso provar que conhecemos de verdade um outro idioma. Para isso, existem inúmeras certificações que atestam que o candidato possui um bom nível de inglês, são os testes de proficiência.

São diversas opções de certificações, cada uma com um objetivo e benefício diferente. Por isso, antes de tudo, é necessário pesquisar bem quais certificados a universidade que você deseja ingressar pede a seus candidatos, para depois, escolher qual dos testes de proficiência você deve fazer. A pontuação mínima necessária também depende da instituição e do país para o qual está buscando uma colocação.

Você pode até ser um autodidata e saber muito sobre as regras da língua inglesa, mas caso esteja com sua compreensão na parte de leitura baixa, isso pode atrapalhar. Os testes de proficiência exigem um nível satisfatório em todas as quatros habilidades da língua: escrita, leitura, fala e audição. Se você não quiser ser pego de surpresa, alguns sites oferecem um teste para conhecer o seu nível. Confira:

  1. Cambridge English Language Center

Cambridge English é uma referência quando inquestionável quando se fala em inglês. Suas provas são aceitas em mais de 20 mil universidades, empresas e governos do mundo todo. O teste on-line é breve e grátis, traz 25 perguntas de múltipla escolha, não há limite de tempo e você pode comprovar as suas respostas no final do teste.

  1. Education First (EF)

EF oferece cursos há mais de 50 anos. Ele possui duas provas on-line gratuitas, que constam de 25 minutos de avaliação de leitura e 25 minutos de compreensão auditiva.

  1. Learn English – British Council

Esse teste possui 25 perguntas e você deve indicar o seu nível de certeza em cada resposta dada. O diferencial desse teste é que você pode escolher o conteúdo que preferir, de acordo com o nível dos seus conhecimentos prévios.

  1. Cultura Inglesa

Escola presente no Brasil há 80 anos. O teste da Cultura Inglesa é bem completo. Oferece aproximadamente 10 questões de múltipla escolha e algumas incluem áudios e especifica o nível da pergunta.

Se você não sabe nada de inglês está na hora de se mexer. Que tal começar um curso e investir tempo para aprender um novo idioma? O Educa Mais Brasil pode te ajudar nesse próximo passo. O programa oferece bolsas de estudo para várias modalidade de ensino – educação básica, graduação, pós e também cursos de idioma. Não perca tempo! Acesse o site do Educa Mais Brasil e confira todas as opções disponíveis na sua região.

Read More...

Destaques, Educação

Veja dicas para a prova de inglês do Enem

A prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pode não ser tão fácil de resolver especialmente quando se considera o fator língua estrangeira, mas obter bom desempenho certamente pode ser um fator diferencial. De acordo com microdados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 55,7% dos participantes do Enem 2017 optaram pelo idioma espanhol: um total de 3,7 milhões entre 6.731.341 pessoas.

Apesar dos números, o inglês é a avaliação que registra o maior desempenho entre os estudantes: em média, são 55% de acertos. A língua inglesa é escolha de 2,9 milhões de pessoas (44,3%). Os participantes precisam responder cinco questões de língua estrangeira. Embora os textos sejam apresentados no idioma escolhido, as questões são formuladas em português. Por isso, algumas dicas podem facilitar a compreensão na hora da prova e ajudar o estudante a garantir a nota do Enem. Confira abaixo:

  1. Identificar as palavras-chaves:

As palavras-chaves são os termos que concentram as ideias principais do texto. Identificá-las permite compreender o tema central, identificar os pontos abordados pelo autor e associá-lo à alternativa correta.

  1. Crie vocabulário

De início, criar vocabulário pode parecer difícil para o estudante que não tem grandes afinidades com o idioma estrangeiro. No entanto, para melhorar os níveis de compreensão e interpretação de texto em inglês, criar o hábito de ler é fundamental. A leitura pode ser feita, inicialmente, por textos simples e curtos, identificando termos essenciais (sujeito e predicado) e acessórios da oração.

Cuidado: evite fazer traduções literais dos termos, o que pode levar a interpretações equivocadas. É importante conhecer os sentidos (polissemia) que podem ser expressos pelo mesmo termo.

  1. False friends: cuidado!

Calma: a expressão em inglês não diz respeito às “falsas amizades” da vida real, mas aos chamados “falsos cognatos” na língua portuguesa. Apesar de existirem palavras similares em ambos os idiomas, é preciso identifica-los para não cometer equívocos na interpretação e cair em possíveis pegadinhas da prova.

  1. Estudar gramática

Compreender a gramática é outro ponto fundamental, apesar do caráter interpretativo do exame. Entre assuntos e conceitos básicos estão: tempos verbais, vozes do verbo (passiva e ativa), discurso indireto (reported speech), pronomes entre outros assuntos.

Read More...

Educação

Falar inglês pode aumentar salário em pelo menos 20%

Antes visto como um diferencial no currículo, falar inglês já é uma exigência básica no mercado de trabalho. Inclusive, o domínio da língua pode significar um incremento de, pelo menos, 20% no salário. O número é de uma pesquisa da Catho, site de busca de empregos, que mostra ainda que, apesar do cenário mais exigente e das vantagens, apenas 5% dos brasileiros é bilíngue e menos de 3% é fluente no inglês. Porém, as oportunidades para aprender inglês podem estar mais próximas e acessíveis do que se imagina.

“Falar outros idiomas sempre foi um diferencial positivo para pessoas que lidam com negócios e querem expandir o alcance de oportunidades. No mundo contemporâneo, isso deixou de ser apenas uma vantagem e passou a ser um pré-requisito essencial na globalização e procura de melhores empregos ou expansões de mercado”, explica o Coordenador do UnP Idiomas, professor Kiev Martins.

Ele acrescenta que, dentro desse novo cenário, o estudante precisa encontrar um curso que seja compatível com sua principal necessidade. No caso daqueles que têm foco no mercado de trabalho, a UnP Idiomas apresenta um diferencial. “Oferecemos o inglês como uma ferramenta com propósito e não apenas uma aquisição cultural. Para isso, é preciso entender os diferentes perfis de pessoas que nos procuram e desenhar para cada um deles uma solução de aprendizagem que melhor o sirva”.

ACESSÍVEL

Também não é preciso um investimento altíssimo para encontrar bons cursos e metodologias. Na UnP Idiomas, por exemplo, a mensalidade custa R$ 230,00 já com o material incluso. Além disso, o curso utiliza a plataforma mais completa do mercado: a Edusoft. Com um layout leve, o sistema é pensado para aqueles que desejam passar mais tempo praticando por semana.

“O uso de plataformas on-line tem sido uma solução elegante para permitir a aprendizagem mais acessível e que atendesse a disponibilidade de tempo diferente de cada pessoa, mas plataformas mal desenhadas podem desestimular estudantes facilmente”, acrescenta Martins.

O UnP Idiomas é oferecido em Natal, nas Unidades Roberto Freire, Salgado Filho, Floriano Peixoto e Nascimento de Castro, e também no Campus Mossoró. As informações sobre o curso podem ser obtidas através do site www.unp.br/idiomas ou pelo Call Center nos telefones (84) 3227.1234 (Natal) e (84) 3323.8200 (Mossoró).

Read More...