Destaques, Educação

IFRN abre 240 vagas para especializações

A Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) divulgou três editais para Pós-Graduações lato sensu em nível de Especialização, com vagas para turmas presenciais e à distância. Ao todo são 240 oportunidades, distribuídas entre os campi Apodi, Canguaretama, Currais Novos, Natal-Cidade Alta e Parnamirim.

As inscrições para os três processos seletivos, referentes aos editais n° 15/2019, 16/2019 e 17/2019, têm início nesta segunda-feira, dia 15 de abril, e seguem até 6 de maio no Portal do Candidato.

Oportunidades

Nos campi Apodi, Currais Novos e Parnamirim estão sendo disponibilizadas 120 vagas para o curso de Especialização Ensino de Ciências Naturais e Matemática, conforme o edital nº 15/2019. Podem se inscrever portadores de diploma de graduação em Física, Química, Biologia ou Matemática, e professores das áreas de Ciências Naturais (Física, Química ou Biologia) e Matemática, desde que sejam portadores de diploma de curso superior, tendo prioridade os com diploma de licenciatura, e que estejam atuando em sala de aula nas áreas de formação do curso. As aulas serão nas terças e quintas-feiras, no turno da noite.

Ainda segundo o edital, para o Campus Canguaretama do IFRN existem 40 vagas disponíveis para a Especialização em Ensino de Educação de Jovens e Adultos (EJA) no contexto da diversidade. Estão aptos a concorrer à vaga portadores de diploma de graduação que atuam como professores e/ou gestores. As aulas serão nas quintas-feiras, nos turnos vespertino e noturno. Já para o Campus Currais Novos do IFRN também há disponibilidade de 40 vagas para a Especialização à distância em Ciência e Tecnologia de Alimentos, para portadores de diploma de formação superior em Engenharia de Alimentos, Ciência e Tecnologia de Alimentos, Agronomia, Engenharia Agrícola, Zootecnia, Engenharia de Pesca, Medicina Veterinária, Engenharia Química, Química Industrial, Nutrição, Farmácia e áreas afins.

Os editais nº 16/2019 e 17/2019 são referentes ao processo seletivo para a Especialização em Gestão de Programas e Projetos de Esporte e de Lazer na Escola, do Campus Natal-Cidade Alta (Unidade Rocas) do IFRN, e é aberto aos portadores de diploma de graduação em licenciaturas, psicólogo, assistente social, profissionais de saúde que trabalhem no ambiente escolar, profissionais de educação física e gestão desportiva e de lazer e áreas convergentes. São 36 vagas para o público geral, conforme o primeiro edital e 4 exclusivas para servidores do IFRN, conforme o segundo, para aulas que ocorrerão nas segundas-feiras, nos turnos matutino e vespertino.

Para mais informações, clique nos links abaixo:

Read More...

Notícias

Governo inicia parceria com IFRN para fortalecer ensino profissional no Estado

O Governo do Estado e o IFRN vão criar a rede Rio Grande do Norte de Educação Profissional, Ciência, Tecnologia e Inovação. O primeiro protocolo de intenção, discutido pelos gestores na governadoria, norteará a parceria e as ações de inovação que têm como objetivo fortalecer a oferta de educação profissional pública no Estado.

“Vamos juntar os esforços e expertise do IFRN, que tem mais de 100 anos de educação profissional, com o que temos hoje na rede estadual. Ao mesmo tempo em que faremos toda essa interligação do Instituto aos nossos Centros Estaduais vamos também dar um grande salto para o desenvolvimento com a implantação de parques tecnológicos vocacionados para cada região”, afirmou Fátima. Ela disse ainda que a Fundação de Apoio à Pesquisa do RN (Fapern) e a Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do RN (Funcern) vão ser fundamentais para os avanços da rede.

De acordo com o reitor do IFRN, Wyllys Abel Farkatt Tabosa, o instituto apoiará no campo administrativo, financeiro e didático-pedagógico. Inicialmente seriam ofertados cursos de educação a distância, previstos para o próximo semestre, enquanto um projeto mais amplo é construído, envolvendo recursos financeiros, e programada oferta para 2020.

“Em uma perspectiva de rede, construiremos um currículo que possa ser articulado entre as duas instituições, entre a oferta de educação básica e profissional, de tal forma que tenhamos as escolas num mesmo nível de formação profissional. Em uma outra perspectiva, mais ampliada, elas funcionarão como centros de inovação e desenvolvimento tecnológico e futuramente possam envolver outras entidades e atores que fazem a educação em nosso Estado”, frisou.

Também participaram da reunião o vice-governador, Antenor Roberto; os secretários Jaime Calado (Sedec), Getúlio Ferreira (SEEC) e Fernando Mineiro (SegaiRN); a secretária adjunta Márcia Gurgel (SEEC); a subcoordenadora Sayonara Rêgo (SEEC); a coordenadora Glaucia Pinheiro (SEEC); Sérgio França; o superintendente da Funcern, Jairo José dos Santos; o coordenador de comunicação da Funcern, Teotônio Roque e o professor Francisco das Chagas (IFRN).

Read More...

Notícias

IFRN abre 1.256 vagas em cursos Técnicos Subsequentes e ProEJA

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) publicou os editais nº 11/2019 e nº 12/2019, referentes aos processos seletivos para os cursos técnicos de nível médio na forma Subsequente e na forma Integrada na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), respectivamente. Ao todo, são oferecidas 1.256 vagas em 21 cursos distribuídos em 16 campi. As aulas terão início no semestre letivo em 2019.2.

Técnico Subsequente

A seleção para os cursos desta modalidade acontece nos diversos campi do IFRN, abrangendo os conhecimentos comuns às múltiplas formas de escolarização do nível médio, em conformidade com as diretrizes do Edital. Podem participar portadores de certificado de conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente. Ao todo, são mais de 1.300 vagas ofertadas por todo o Estado.

ProEJA

Este processo seletivo tem como objetivo atender à política pública de Educação de Jovens e Adultos (EJA) por meio da oferta de educação profissional técnica de nível médio na perspectiva de uma formação integral, objetivando a elevação do nível de escolaridade do trabalhador. Com base na política pública vigente, o processo estará aberto exclusivamente aos portadores de, no máximo, certificado de conclusão do Ensino Fundamental (ou de curso equivalente), que desejem cursar o ensino médio integrado a uma formação profissional e que tenham, até o último dia de matrícula, 18 anos completos. São 40 ofertadas para o curso de Edificações, no Campus Mossoró do IFRN.

Inscrições

As inscrições dos interessados devem ser realizadas exclusivamente via internet, no Portal do Candidato, a partir das 17h do dia 20 de março até às 17h do dia 8 de abril. O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 30,00, deve ser efetuado até o dia 09 de abril.

Para saber quais cursos estão ofertando vagas, além das cidades e horários, acesse:


Se você quer ficar por dentro das novidades de concurso público e processo seletivo no Rio Grande do Norte, participe do nosso grupo no Facebook (clique aqui). Agora, se pretende focar nos estudos com os mais variados materiais para concurso, clique aqui. Quer bolsa de estudo com até 70% de desconto? Clique aqui e saiba mais!

Read More...

Destaques, Educação

IFRN abre 1.032 vagas em cursos de nível superior via Sisu

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) divulgou nesta segunda-feira (10) o edital  de processo seletivo com 1.032 vagas em cursos de Graduação com ingresso no primeiro semestre letivo de 2019.

No total, há 366 vagas para os cursos superiores de Licenciatura em Química, Física, Informática, Biologia, Geografia e Matemática; 626 vagas para os cursos superiores de tecnologia em Design de Moda, Gestão de Turismo, Alimentos, Sistemas para Internet, Agroecologia, Energias Renováveis, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Gestão Pública, Redes de Computadores, Comércio Exterior, Construção de Edifícios, Gestão Ambiental, Produção Cultural, Marketing, Processos Químicos e Logística; além de 40 vagas para o curso superior de Engenharia de Energias.

Os cursos são oferecidos nos campi de Apodi, Caicó, Ceará-Mirim, Canguaretama, Currais Novos, João Câmara, Ipanguaçu, Macau, Natal-Central, Natal-Cidade Alta, Natal-Zona Norte, Nova Cruz, Parnamirim, Pau dos Ferros, Santa Cruz e São Gonçalo do Amarante.

As vagas serão preenchidas por meio das notas do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e serão efetuadas exclusivamente pela internet, por meio do portal eletrônico sisu.mec.gov.br . Inscrições ficarão disponíveis para os estudantes no período de 22 ao dia 25 de janeiro de 2019, até às 23h59, de acordo com o horário oficial de Brasília-DF

Avaliação

Para efeito de cálculo da nota final do candidato serão utilizadas as notas obtidas nas avaliações de cada uma das áreas de conhecimento do Enem 2018 (Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e Redação), não sendo atribuídos pesos diferenciados.

O candidato que desejar participar da lista de espera deverá obrigatoriamente confirmar no Portal do SiSU o interesse na(s) vaga(s) durante o período especificado pelo Ministério da Educação, no Edital nº 83/2018. O processo seletivo do Sisu referente à primeira edição de 2019, será constituído de 1 (uma) única chamada regular, que será divulgada no dia 28 de janeiro de 2019.

Para mais informações, clique aqui e confira todo o edital.


Se você quer ficar por dentro das novidades de concurso público processo seletivo no Rio Grande do Norte, participe do nosso grupo no Facebook (clique aqui). Agora, se pretende focar nos estudos com os mais variados materiais para concurso, clique aqui.

Read More...

RN

MEC libera R$ 28,56 milhões para instituições federais no Rio Grande do Norte

O Ministério da Educação liberou nesta semana um total de R$ 28,56 milhões em limite de empenho para as universidades federais, instituições da rede federal de educação profissional, científica e tecnológica e hospitais de ensino vinculados à pasta no estado do Rio Grande do Norte. No total, em todo o País, o valor foi de R$ 729,1 milhões.

Com essa verba, o MEC assegura às instituições federais de ensino 100% de execução das despesas de custeio e investimento em fontes do Tesouro. Até o momento, foram liberados limites de empenho no valor de R$ 8,2 bilhões para as despesas discricionárias, sendo R$ 7,5 bilhões em custeio e R$ 702,1 milhões em investimento.

Os recursos das despesas discricionárias são geridos pelas próprias universidades, no âmbito de sua autonomia administrativa. É com o limite de despesas discricionárias que as entidades de ensino superior efetuam os gastos com o seu funcionamento, com as suas obras, contratam seus serviços de terceirização de mão de obra e executam as despesas com assistência estudantil.

De 2016 até hoje, o MEC tem garantido 100% da dotação orçamentária das despesas de custeio, algo que não ocorreu em 2015.

Em 2015, as universidades federais não receberam sequer a totalidade da verba de custeio e atingiram somente 40% da verba de investimento disponível para o ano. Em 2016, o MEC retomou a liberação de 100% do que estava previsto no orçamento de custeio para todas as universidades do país. Em 2017, o percentual liberado das despesas com investimento foi de 70%. Cabe lembrar que em 2016 e em 2017, o Ministério da Educação também assegurou 100% do orçamento de custeio para todas as universidades e institutos federais.

Read More...